Dedo, de Justum

Sinopse: Abordando o realismo fantástico, a crítica social, o lirismo, o humor, a fábula, a ironia, o chulo. O livro Dedo é um conjunto de pequenos contos que ora se aproximam, ora se distanciam na narrativa e no estilo, fazendo com que o leitor percorra uma viagem por caminhos nem sempre paralelos. As mulheres, os homens, os bichos, deus, anjos, ricos, pobres, governantes, governados, a moral, os hábitos... tudo se mistura — ou seria nunca se mistura? Numa narrativa enxuta que costura mundos complexos. Em poucas palavras e brincando com certa esquizofrenia no conjunto, o autor monta um mosaico que vai do onírico e fantástico a um olhar denso e irônico sobre a condição humana e os papéis sociais.

O lago das sanguessugas - Desventuras em série #3 - Lemony Snicket

O Lago das Sanguessugas é o terceiro livro da série Desventuras em série escrita por Lemony Snicket. Nos livros acompanhamos a história dos irmãos Baudelaire que, após a morte dos pais em um incêndio, vivem uma jornada de dor e sofrimento em seus novos lares.

O novo lar dos irmãos fica no alto de um penhasco e próximo ao lago das sanguessugas. Dessa vez, sua nova tutora é Tia Josephine — uma viciada em gramática que tem medo de absolutamente tudo. Apesar dos medos irracionais de Tia Josephine dificultarem um pouco a convivência entre eles, ela não é má com os órfãos. 

Porém, a vida dos Baudelaire se complica quando o Capitão Sham aparece em suas vidas. Demonstrando — falso — afeto por Tia Josephine para conseguir se aproximar e infernizar a vida — já sofrida — dos irmãos.

Ninguém vira adulto de verdade, de Sarah Andersen

Ninguém vira adulto de verdade é um quadrinho — livro de tirinhas — da ilustradora e cartunista americana Sarah Andersen, publicado recentemente no Brasil pela editora Companhia das Letras pelo selo Seguinte.

As tirinhas da Sarah retratam várias situações do cotidiano da vida de um adulto. Mesmo quando atingimos certa idade — e passamos a nos considerar e ser considerados como adultos — é comum ainda nos sentirmos inadequados para algumas situações e, a Sarah nos mostra algumas delas com muito bom humor nas páginas que compõem esse livro.

No vídeo abaixo mostro a edição com um pouco mais de detalhes e falo sobre as minhas impressões dessa leitura.

A Sala dos Répteis - Desventuras em série #2 - Lemony Snicket

A Sala dos Répteis é o segundo volume da série Desventuras em Série escrita por Lemony Snicket. No final do primeiro livro, os irmãos Baudelaire não estão mais sob a tutela do temível Conde Olaf, pois seu plano de se apossar da fortuna dos irmãos foi descoberto e isso fez com que ele perdesse a tutela dos Baudelaire.

No início desse livro, os irmãos estão na expectativa para conhecer o seu novo tutor — Tio Monty. E, devido a experiência um tanto traumática com o primeiro, eles estão apreensivos pensando em como será o novo lar. Será tão horrível quanto o anterior? Mas os irmãos têm uma grata surpresa: o novo tutor é bastante amável.

Porém, a felicidade dos órfãos em sua nova casa não dura muito, pois um ajudante do Tio Monty aparece para infernizar a vida dos irmãos.

Mau Começo - Desventuras em série #1 - Lemony Snicket

Mau Começo dá início a história de Desventuras em série escrita por Lemony Snicket (pseudônimo de Daniel Handler). A série conta com 13 livros, tendo o primeiro sido publicado em 1993.

No primeiro livro somos apresentados a história dos irmãos Baudelaire que, ao perderem seus pais em um incêndio, vão morar com — o temível — Conde Olaf. O tutor dos irmãos não possui nenhum afeto por eles e as trata da pior maneira possível. Só aceita cuidar das crianças para tentar se apossar da fortuna que seus pais deixaram.

No vídeo abaixo falo um pouco mais sobre a triste e sombria jornada desses órfãos e as minhas impressões dessa leitura.

A Metamorfose, de Franz Kafka

Escrito em 1912, publicado em 1915. A Metamorfose foi uma das obras do Kafka publicadas quando ele ainda estava vivo. Grande parte de seus livros foram publicados postumamente. Kafka morreu jovem — aos 41 anos de idade — e tempos antes ele tinha feito um pedido pra um amigo (que era o seu testamenteiro), Max Brod, que quando ele morresse destruísse tudo que ele tivesse escrito, que ainda não tivesse sido publicado. Felizmente esse seu amigo não atendeu ao seu pedido, não queimou os livros e vários que ainda não tinham sido publicados, foram.

Li pela primeira vez em 2012, reli agora em 2016. E com essas duas experiências de leitura, digo pra vocês que não é um livro difícil de ser lido (não tem palavras difíceis ou um vocabulário difícil de entender), mas é difícil de ser compreendido. É difícil descobrir tudo que essa história pode trazer, todas as camadas. No vídeo abaixo falo um pouco das minhas impressões dessa leitura curta em páginas, mas grandiosa nas ideias e questionamentos.

O fim da eternidade, de Isaac Asimov

O fim da eternidade foi minha primeira leitura de 2016 e minha segunda experiência com o Isaac Asimov. Do autor também li Eu, Robô, no ano passado e, até o momento, minha experiência com suas obras foi extremamente positiva.

Isaac Asimov, muito conhecido por suas histórias de robô e pelos livros da série Fundação, traz em O fim da eternidade uma história sobre viagem no tempo com um pouco de romance e suspense. Mescla que, a meu ver, deu muito certo. No vídeo que se segue falo um pouco sobre minhas impressões de leitura.

Somente Sua - Crossfire #4 - Sylvia Day

A resenha de hoje é do penúltimo livro da série Crossfire, que foi lançada pela editora Paralela aqui no Brasil. Se estiverem interessados em saber a minha opinião sobre esta obra continuem lendo o texto.

Gideon Cross e Eva Tramell agora são marido e mulher, casaram-se em segredo em uma praia, e tudo parece estar finalmente se encaminhando para uma vida sossegada e cheia de paz e felicidade para os dois.

Filmes baseados em livros do Stephen King

Stephen King, por mais que tenha ficado conhecido por suas histórias de terror, escreveu contos e romances que não são do gênero e, vários deles foram adaptados para o cinema. Nesse vídeo indico alguns filmes que foram baseados em obras do King e, se você não gosta de terror, venha ver as dicas, pois alguns deles não são desse gênero.

Dicas de documentários | pena de morte, diferentes culturas, etc.

Documentários, algo que gosto muito de assistir e ainda não tinha indicado pra vocês em vídeo. Então, neste vídeo separei alguns documentários que ampliaram minha visão de mundo em diferentes aspectos: diferentes culturas, pena de morte, estupro, sistema carcerário brasileiro, reciclagem. Continue lendo para saber um pouco mais sobre cada um deles.