Marcada - P. C. Cast & Kristin Cast

Sinopse


Os vampiros nunca estiveram tão em alta, e neste mês chega ao Brasil, por meio da Editora Novo Século, a série The House of Night, um dos maiores sucessos da atualidade nos Estados Unidos e no mundo. A série já é best seller no The New York Times, com mais de 3 milhões de livros vendidos. Em The House of Night você vai conhecer um mundo parecido com o nosso, exceto pelo fato de que nele os vampiros sempre existiram e convivem tranqüilamente com as pessoas normais. No primeiro volume, Marcada, Zoey, uma garota de 16 anos, acaba de receber uma marca que vai transformar a sua vida por completo. Zoey terá que se afastar de seus amigos e de tudo aquilo que fazia parte da sua vida até então. A menina vai se transformar em vampira e usufruir de poderes que ela nem imaginava possuir. Mas para isso ela precisa suportar o difícil período de transformação, caso contrário morrerá. Marcada já vendeu mais de 700 mil cópias, sendo reimpresso 28 vezes, até o momento.


Existem livros que ultrapassam a barreira da simples história e se engendram pelo simbolismo antigo, com crenças pagãs e o divinismo da deusa. The House of Night se enquadra nessa categoria.

Bom, por mais que vampiros sejam modinha, não há como negar que algumas obras possuem, de fato, uma história. Para ler essa série de Kristin e P. C. Cast (sim, elas são mãe e filha), você deve tentar parar de comparar séries, porque alguns elementos de Crepúsculo, Vampiros Sulinos e Harry Potter estão presentes.

O livro fala de um mundo paralelo onde vampiros co-existem com humanos desde sempre. Isso porque eles são vítimas de uma anomalia genética que modifica seus DNA’s e os torna criaturas da noite. Quando isso acontece, um Buscador (qualquer semelhança com “A Hospedeira” é mera coincidência) marca o adolescente com um fino desenho de meia lua sem preenchimento.

Zoey era uma garota comum quando um Buscador chega a sua escola e a marca. Desesperada, ela deixa o seu namorada Heath e corre para sua casa, tentando buscar apoio da família e se decidir se deveria ir ou não para a Casa da Noite (todo adolescente marcado deve ir para a Casa da Noite, uma espécie de escola onde os vampiros são preparados para suportar a Mudança, que é o processo de transfiguração de calouro em um vampiro completo). Ao contrário, sua mãe e seu padrasto (um pastor, uma “pessoa de fé”) estão mais preocupados em manter a aparência de família perfeita e tentam escondê-la.

Sem ninguém para contar em sua casa, Zoey dirige para a casa da sua avó e quando chega até lá, sofre um grave acidente e tem uma EQM (experiência quase-morte). Durante esse estado de transe, ela encontra a “mãe” dos vampiros, Nyx, e a mesma lhe diz que ela terá sérios desafios na Casa da Noite, beijando sua marca logo em seguida. Quando Zoey recupera a consciência, já na escola, percebe que sua marca está preenchida. Isso é absolutamente impossível, visto que a lua dos vampiros só se completa quando eles completam o processo de Mudança e suas tatuagens (reflexo da personalidade vampírica, um presente dado pela deusa àqueles que resolvem seguir o seu caminho).

Neferet, a Alta Sarcedotisa de Nyx, uma espécie de guia espiritual da Casa da Noite, de imediato se oferece para ser a mentora de Zoey para ajudá-la a se adaptar a sua nova vida.   Logicamente, a garota chamará a atenção na escola e várias espeulações sobre seus poderes  surgirão. Com o tempo, Zoey vai se revelar a única filha de Nyx com o controle de todos os   cinco elementos (água, terra, ar, fogo e espírito) e isso conferirá a ela, posteriormente, o título  de Alta Sacerdotisa em formação.

Não se engane com a aparente futilidade de Heath e Afrodite e atente para os personagens bonzinhos demais. O primeiro livro serve de “prólogo gigante” da série. Nada de muito interessante acontece em Marcada e a obra poderia muito bem estar junto com Traída em um único volume.

A história pode desagradar a alguns por possuir diálogos um bocado fúteis, cenas eróticas logo nos primeiros capítulos e um torpor que parece girar em torno das gêmeas Shaunee e Erin. Você também terá ódio de Zoey muitas vezes, já que ela não se decide de forma alguma com quem ficar (Heath, Eric, Stark e Kalona). A passagem de tempo de um livro para outro também desagrada: em alguns, se passaram apenas alguns dias, em outros apenas alguns minutos e aí, quando você termina um volume e o sucessor ainda não foi lançado, é custoso acompanhar o ritmo. A obra é escrita em primeira pessoa, mas não é entediante (exceto por alguns comentários da Zoey que eu não deveria ser obrigado ler).

De verdade, a trama só começa a ficar boa em meados do terceiro livro. É quando os mistérios surgem e a reencarnação passada de Zoey começa a influenciar suas escolhas. É também no terceiro livro que a simbologia dualista se manifesta e aí eu aconselho a você ler com mais cuidado.

Para quem gosta de Hush Hush, tentem prestar atenção a Kalona e tirem suas próprias conclusões.

O que mais emociona são, sem dúvidas, as mortes repentinas. Calouros que não suportam a Mudança sucumbem à anomalia genética, falecendo logo em seguida. Isso é recorrente na série e os estudantes são cruelmente preparados para perderem seus colegas de quarto repentinamente. Mas só aviso que se você tiver um ímpeto repentino de matar as autoras quando estiver lendo Traída, pense duas vezes. Nem tudo está perdido.

A série já possui seis livros (Marked - Marcada, Beyatred - Traída, Chosen - Escolhida, Untamed - Indomada, Hunted - Caçada & Templed - Contemplada) sendo que quatro deles já foram lançados no Brasil pela Novo Século. Burned, o sétimo, já está escrito e logo será lançado. São previstos 10 volumes. E devo dizer que as capas americanas são muito mais bonitas que as brasileiras, então, se você for como eu, do tipo que fica horas admirando uma capa de um livro e não compra o Kindle porque ele não reproduz as capas em cores, compre a versão original.

Resumindo, se você tiver paciência para relevar comentários de Shaunee, Erin, Damien, Steve Rae e Eric, de fazer vista grossa a cenas eróticas que não acrescentam em nada à história, se não se importar com personagens ambíguas e indecisas (e um pouco vadias também), e se conseguir vencer o primeiro e o segundo livro para chegar ao terceiro, The House of Night pode ser bom para você. Sobretudo se gostar de romances sobrenaturais.

Livro: Marcada — Livro #1
Série: House of Night 
Autoras: P. C. Cast & Kristin Cast
Páginas: 327
Editora: Novo Século
- Resenha escrita por: Igor Silva 

6 comentários:

  1. Gentem, House of Night é muito bom, apesar de vampiro ser modinha total! Tipo, eu gosto mas não é algo que agrada a todo mundo

    ResponderExcluir
  2. Eu amoo essa série. Totalmente diferente de outras histórias de vampiros. Me roendo esperando por "Caçada".

    ResponderExcluir
  3. HUSAHUSAHUSAHU esse final ai da resenha foi super empolgante ein kkkk nao mas serio, eu to com 3 dos livros aqui em casa, começei o primeiro e parei na parte que avó dela leva ela pra Morada da Noite, eu to lendo mais pq minha amiga jah leu e disse que eh mto legal mas eu to com mo medo de ler que eu sei que esse livro vai me estressar mto ainda, odeio romances indecisos. Por isso na epoca que li Twilight (a mto tempo atras) e agora lendo Vampire academy eu adorei os livros, pq sao protagonistas legais, decididas em seus romances (por mais que a Rose - de VA - é extremamente mais legal do que qlq outra protagonista, principalmente do que a Bella) elas tem em comum que amam um cara e sabem disso, e amam mesmooo, por mais que eu adore o Adrian e adoro o Jacob, torço para a Rose dar uma chance ao Adrian e isso ela faz no livro 5 entao to louca para lê-lo mas no fundo ela sabe e n esconde que o amor da sua vida é e sempre será dimitri *-* Adoro isso, em Vampiros Sulinos a Sookie passa por varios, mas sao epocas diferentes e sao entendiveis, sinceramente nao me estressaram mto rs

    putz to qse escrevendo uma resenha aqui kkkkkkk
    Hoje a noite vo ve se desencalho House of Night da minha estante rsrsr depois dessa resenha fiquei mais curiosa

    ResponderExcluir
  4. ceci acho realmente que voce deveria termina-los para depois formar um opinião se vai se estressar ou não!! meu a série é ótimaaaaa...adorei...todos os dias acesso pra saer alguma novidade sobre eles... voce deveria ler diario do vampiro pra ver realmente o que é algo confuso!!!

    ResponderExcluir
  5. poxa, com essa modinha de sagas de vampiros até a capa enjoa ;p

    ResponderExcluir