Entrevista - Lisa McMann


 Ela criou um livro ousado, perigoso e quase sensual. Janie, sua protagonista, é capaz de adentrar os sonhos de outras pessoas: na verdade, ela é sugada pelos sonhos de outras pessoas. Lançada pela Simon Pulse, um selo da enorme editora Simon & Schuster, Lisa foi para lista de mais vendidos do The New York Times. Agora, uma adaptação para os cinemas produzida pela Paramount/MTV Filmes tem Miley Cyrus como atriz mais cotada para o papel principal. Em decorrência do lançamento do livro no Brasil, pela Editora Novo Século, ela cedeu uma entrevista para o blog Lendo & Comentando.


Igor Gostaríamos de agradecer por conceder essa entrevista. Para começar, fale um pouco sobre o início de sua carreira literária, seus gostos e suas influências.
Lisa - É muito legal falar com você, Igor! Eu venho escrevendo profissionalmente desde 2002, mas eu sempre quis ser uma escritora, desde que tinha dez anos de idade. Eu amo a literatura fantástica e sou muito influenciada pelos meus autores favoritos como Madeleine L’Engle, C.S. Lewis, Lois Lowry e Chris Crutcher.

Igor - Wake é um livro complexo, que versa sobre o mundo etéril dos sonhos. A forma como o texto é escrito é única. Como surgiu a idéia da história? Foi difícil criar um texto mecânico e com um POV tão individualista?
Lisa - Eu tive a idéia da história durante um sonho. E o estilo do livro apenas veio naturalmente. Eu não escolhi escrever desse jeito propositalmente, o estilo simplesmente surgiu. Os sonhos são realmente importantes para mim.

Igor - Você usou Wake para discutir sobre as relações familiares americanas e sobre as “estratificações sociais” escolares. Este “engajamento social” é evidente em seu livro quando você fala do deboche às roupas de Cabel e quando descreve a mãe de Janie. Você acredita que os males da sociedade americana são decorrentes de um sistema educacional opressor? O apoio familiar é crucial para que um jovem se torne suscetível ao bullyng?
Lisa - Eu acho que a classe social, por vezes, desempenha um papel importante no High School (sistema de ensino americano similar ao Ensino Médio brasileiro). O ambiente também afeta o modo como as pessoas tratam uns aos outros. E enquanto eu acho que o apoio familiar é importante para os adolescentes, também acho que os adolescentes que não têm esse apoio são muito fortes e têm a capacidade de superar as suas dificuldades sociais e econômicas, se optarem por tentar. Eu tenho muita fé em adolescentes que são forçados a superar os obstáculos.

Igor - Quando você começou a pensar sobre a idéia de WAKE, Janie e Cabel sempre tiveram a mesma personalidade? A mudança na forma de Janie se comportar e se relacionar com todo o texto reflete uma interpretação da personagem de outro ângulo, ou é apenas uma maturação progressiva dela? Existe algum personagem que não faria parte da história e que só apareceu quando você estava escrevendo?
Lisa - Como qualquer livro, os personagens têm que crescer, se desenvolver e mudar ou então o livro fica chato, né? Nós, como leitores precisam começar a ver os personagens em um só lugar e terminar em um lugar diferente ou a história não faz sentido. Eu costumo pensar meus personagens por um longo tempo antes de escrever sobre eles.

Igor - Você teve liberdade de escolha nas capas de Wake, Fade e Gone? Qual delas você mais gostou?
Lisa - Não, os autores não têm qualquer escolha em suas capas na maior parte do tempo. Eu tive sorte que a editora esoclheu essa belíssima capa e eu amo todos elas! Quando nós estávamos falando sobre a capa que GONE terua, minha editora dos EUA, a Simon Pulse (da Simon & Schuster) perguntou se eu poderia tirar fotos de cadeiras e eles realmente usaram uma de minhas fotos para a capa da GONE. Isso não acontece muitas vezes, eu tive muita sorte!

Igor - Agora vamos falar um pouco sobre o filme. Quando começaram as negociações da venda dos direitos de filmagem? Filmes adaptados quase sempre são diferentes dos livros – como você está lidando com essa possibilidade?
Lisa - As negociações começaram muito rápido, muitas semanas antes do anúncio oficial. Estou muito animada sobre um filme de WAKE em potencial. Claro que o filme não será exatamente como o livro, porque algumas das cenas não são podem ser traduzidas de forma satisfatória para as telonas. Estou bem com isso.

Igor - Você terá um papel ativo na escolha do elenco? Quais atores estão mais próximos do que você imaginou para Melinda, Carrie e Cabel? Na sua opinião, Miley Cyrus (a opção mais cotada para o papel principal) é uma boa opção para interpretar Janie?
Lisa - Não farei parte da escolha do cast. Mas autores não costumam participar disso. Eu não tenho qualquer atores/atrizes em mente para qualquer um dos personagens adolescentes, porque os atores adolescentes tendem a mudar e crescer rapidamente, o que os torna velhos para fazer o filme. Então, eu confio nas boas escolhas que o diretor de elenco fará. Eu acho que Miley Cyrus está em processo de crescimento como atriz , que vai fazer bem papéis sérios e estou muito animada que ela esteja interessada.

Igor - CRYER’S CROSS será lançado em breve. O que podemos esperar dessa nova série?
Lisa - Ela será lançada em Fevereiro de 2011. Cryer's Cross é romance paranormal assustador. Vou deixar os leitores descobrirem além disso.

Igor - Você tem novos projetos literários para 2010/2011?
Lisa - Além de Cryer'S Cross, vou escrever uma fantasia distópica, um livro novo no outono de 2011 chamado THE UNWANTEDS.

IgorSeu livro acaba de ser lançado no Brasil. Contudo, vários fãs já conheciam o seu livro desde que ele fora lançado em inglês.
Lisa - Os fãs do Brasil são os melhores! Eu amo vocês! Obrigado por me encontrar no Twitter e Facebook. E eu sou tão grata que vocês está espalhando suas opiniões no Brasil sobre os livros. Muito obrigado!

PERGUNTAS RÁPIDAS

Um dia especial –> Meu aniversário, 27 de Fevereiro.
Uma música -> Human dos The Killers.
Um livro –> O Conde de Monte Cristo de Alexander Dumas.
Um filme -> Love, Actually.
Uma frase –> Não! (Meus filhos acham que essa é a minha frase favorita)
Um sonho –> Quando eu era pequena, sonhava em ter um carrinho de sorvetes em minha garagem.

Igor - Novamente, agradecemos a oportunidade. O Brasil espera vê-la em breve!
Lisa - Muito obrigado pela entrevista! Talvez, se WAKE vier a se tornar um best seller no Brasil, a editora me enviará para conhecer todos os meus fãs!
*.*.*


E para fazer uma invejinha básica em vocês, queria mostrar o presente que a Lisa mandou para mim. (a qualidade da foto está péssima porque minha câmera tá dando pau e tirei a foto com a web cam do notebook).
Lembrando a todos que o primeiro livro da série Wake já está disponível no Brasil, pela Editora Novo Século. O próximo volume, Fade, deve chegar ainda no próximo semestre!

Espero que tenham gostado!
Até a  próxima!

7 comentários:

  1. Adorei essa entrevista!!!
    Gosto muito dessa série, apesar de achar que a história fica bem melhor em Fade!!!
    E que coisa... to com inveja dessa assinatura no seu livro! Puxa... *.*
    Legal conhecer um pouco mais da Lisa!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que chique guri! adorei a entrevista e o presentinho. Eu comprei wake por 9.99 no submarino, mas ainda não li tenho que ler*
    Parabéns pela entrevista

    ResponderExcluir
  3. amei a estrevista! Li e adorei wake, mal posso esperar para ler o 2!
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Nossa, adorei a entrevista!
    você fez perguntas realmente pertinentes *-*

    ResponderExcluir
  5. Amei a entevista. *-* To louca pra ler a da Lauren agora. /o/

    beijos :*

    ResponderExcluir
  6. A entrevista foi maravilhosa!!!!!
    Tem se superado Igor P. Silva!!!

    Obs: Depois que você terminar de catalocar os seus livros quero um dela emprestado!!!

    Adorando o Blog!!!
    =*

    ResponderExcluir
  7. hahaha
    eu acho que todos os filhos acham que a frase favorita dos pais e' "nao" =P
    Aihn ela te mando um livro autografado, como voce e' sortudo! Parece que todo mundo te manda livros autografados! hahaha Voce deve ser bem legal.

    Ficou otima a entrevista, parabens!
    (desculpe pela falta de acentos, o meu pc mudou para EUA e to com preguica de mudar...)

    ResponderExcluir