O Baile De Máscaras (Blue Bloods #2) - Melissa De La Cruz

Sinopse

Schuyler Van Alen deseja uma explicação para as mortes misteriosas de jovens vampiros. Ao lado de Oliver, ela viaja a Itália na esperança de encontrar seu avô, o único homem que pode ajudá-la a encontrar as respostas. Entretanto, de volta a Nova York, todas as atenções estão voltadas para o Baile dos Quatrocentos, uma festa exclusiva em que jovens Blue Bloods – entre eles, os gêmeos Jack e Mimi Force – serão apresentados à sociedade dos vampiros. O Baile de Máscaras preparado por Mimi, por sua vez, irá desviar o foco de Schuyler para outros problemas mais urgentes – como as complicações de sua natureza meio humana, meio Blue Blood e a paixão de Jack – e lançá-la em outro mistério que, por trás de uma máscara, colocará a sua vida e a de outros Blue Bloods em risco.

Eu recebi o segundo livro da série Blue Bloods faz algum tempo, mas como ainda não tinha lido o primeiro livro não havia muito que eu podia fazer então fui passando alguns livros na frente dele, até que na semana santa eu tomei vergonha e comprei o primeiro volume da série, que para mim é bem chatinho, mas não vou me reportar a ele mais que o necessário.

A narrativa ainda gira em torno das mesmas personagens (Schuyler, Oliver, Jack, Mimi e Bliss) e a forma de escrever da autora não mudou muito, apesar de ela ter diminuído bastante as descrições de roupas, locais e marcas, que na verdade me irritou bastante quando eu estava lendo o primeiro volume, não aguentava mais tanta coisa fútil e completamente desnecessária ao desenvolvimento da narrativa!

Schuyler e seu melhor amigo Oliver vão para Veneza à procura do seu avô, que segundo Cordélia, é o único ser no mundo que pode ajuda-la a encontrar e vencer as criaturas mais temíveis e cruéis, os Sliver Bloods, antigos Blue Bloods que se corromperam em busca de um poder ainda maior, somente um Sliver Blood pode destruir por completo um Blue Bood. Quando finalmente encontra seu avô, Schuyler descobre que todas as suas esperanças era em vão pois ele não quer ajuda-la.

Enquanto isso em Nova Iorque, a fútil e mimada Mimi Force e seu amiga Bliss, estão ajudando com a preparação do Baile dos Quatrocentos, onde são apresentados os novos Blue Bloods são apresentados a toda sociedade de vampiros. Mimi planeja um baile de máscaras depois do evento exclusivo e na segunda festa surge um misterioso garoto, que mais tarde nós descobrimos quem é.

Algumas passagens são realmente interessantes, por exemplo o fato de que nossa protagonista é uma híbrida, filha de um Red Blood com uma das mais poderosas Blue Bloods, o que faz de Schuyler um ser único, a atração insistente que Jack sente por ela também acaba causando alguns problemas para a garota, já que Jack e Mimi renovam sua união em cada uma de suas vidas, e espera-se que isso aconteça novamente nesta vida.

Minha opinião é que assim como o primeiro livro da saga, a estória ainda podia ser desenvolvida melhor, sem o uso de tantos artifícios irrelevantes, como por exemplo a marca da roupa, do sapato, da bolsa, quem usou, ou quem já vestiu algo parecido, ou o nome do estilista que fez... Enfim, acho que ela podia enxugar um pouco mais o livro e focar no que deve realmente ser focado, porque novamente, a parte realmente boa do livro, só começa depois da página 100, o que para mim é um tremendo desperdício.

Blue Bloods - O Baile De Máscaras é sim melhor que o primeiro exemplar da série, nós conseguimos perceber um clímax e ação de verdade, e o acréscimo de novas personagens torna a trama ainda mais surpreendente.

O final do livro é bem frustrante, bem típico de novela, quando o marido chega em casa e está com a mão na maçaneta da porta, enquanto a mulher está o traindo (não que termine assim, só um exemplo) o problema todo é que eu adivinhei um monte de coisas do livro bem antes de tudo acontecer, e não me fez viver aquele turbilhão de emoções que eu adoro sentir quando estou "devorando" um livro.

O trabalho que a iD fez ficou especialmente bonito, eu amei a capa do livro e definitivamente é melhor que a original, que a meu ver ficou estranha e muito feia. Comparem o trabalho da capa brasileira e tirem suas próprias conclusões!


Apesar de eu ter gostado bastante do livro, assim como o primeiro, ele merece três estrelas, espero que continue melhorando, quero poder dar cinco estrelas em alguma resenha.


Para ler a resenha do primeiro livro clique aqui.

Classificação final:









Livro: Blue Bloods - O Baile de Máscaras — Livro #2
Autora: Melissa De La Cruz
Páginas: 335
Editora: iD

19 comentários:

  1. No quesito capa, SEM COMENTÁRIOS né? Que coisa horrenda essa capa gringa. (Olha esse nariz! O.o') A ID sem dúvidas foi super feliz na mudança.

    Agora em relação ao livro, não me interesso muito. Não gosto de livros que só ficam interessantes no final -.-' Fica chato, e é isso que me faz desistir de um livro.

    Mas enfim, vejamos pelo lado bom, pelo menos ele fica bom em alguma parte né? \o/ haha..

    Beijos! ^^

    ResponderExcluir
  2. não vi muita graça nessa série, pra ser honesta. pretendo ler puramente pra tirar a dúvida, mas sabe aqueles livros que você lê a sinopse e pensa "que chato"? pois então.
    mas a capa é realmente um absurdo de linda.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com a Mandinha que disse que a iD deu um banho na capa gringa. A brasileira é beeeeeeem mais bonita, mas a história desse livro, não tenho certeza se me interessa.
    Até interessaria, mas aí você comentou das marcas e tal. Nada contra as grifes, as roupas, adoro tudo isso. Mas acho que o cenário em si do livro não é adequado para abordagem.
    Espero lê-lo para tirar as minhas próprias conclusões!

    Obrigada por me seguir!
    É bem legal ver como vocês, com blogs grandes e vários seguidores, ainda se importam em comentar e serem legais com os outros. Valeu pela simpatia, haha =)

    Beijos,
    Ana - Na Parede do Quarto

    ResponderExcluir
  4. Olá, Jessie!!
    Adorei a resenha do livro!! Pena que ainda nem pude conferir o primeiro livro da série rs. Mas, cnvenhamos que essa capa é bem medonha!! Bm, de qualquer forma pretendo colocá-lo na minha lista de desejados assim que possível.
    Bom findi.
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  5. Paulo César Almeida Durães6 de maio de 2011 15:37

    Oi!!

    Bom, vamos por partes. Eu li o Blue Bloods #1. Comprei-o logo no início da iD e o preço era um verdadeiro assalto (R$42,90 + frete). Contudo, por ser uma série que os blogueiros estavam comentando há algum tempo, minhas expectativas eram grandes de modo que não liguei para o preço.

    Mas... O livro era péssimo. Tem outra resenha da série aqui e eu concordo com quem escreveu (não tinha assinatura como essa): a autora só fica falando de marca de roupa e o livro só melhora no final.

    Quando a iD lançou o Baile de Máscaras, eu realmente queria lê-lo. Mas agora... Não sei se vale a pena pagar para ler algo que não evolui. De fato, me decepcionei por ter pagado tanto por tão pouco e não vou cair nessa de novo. Baixarei um e-book e, se a história for boa, eu compro.

    A propósito, o blog está lindo!!

    Abçs

    P. C. Almeida Durães

    P.S.: Eu tenho medo da mulher da capa da iD

    ResponderExcluir
  6. Essa capa é meio bizarra, mas tô louco pra ler essa serie!

    Parabéns pela resenha

    Beijos

    Duh Araujo - Boys e Livros
    http://boyselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Eu acho a capa desse livro extremamente linda e expressiva, apesar de ainad nao ter lido. Claro, está lá no meu Skoob pra eu nao esquecer! Vou ler assim que possível.

    Bjos!! :*

    Raphaela
    Equalize da Leitura
    @EqualizeLeitura

    ResponderExcluir
  8. Oi, Jessie :)
    Não conhecia essa série Blue Bloods. Gostei muito da resenha. E a capa do livro tbm é linda. *.*
    Geralmente o primeiro livro decepciona um pouco e os demais chegam a ser melhor. Difícil é se sentir estimulado pra continuar a leitura mesmo assim.
    Que bom que vc conseguiu! :D
    Bjs ;)

    ResponderExcluir
  9. A capa desse livro é muito linda, linda mesmo! JASKLJDKSA Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro dessa série, pretendo ler em breve.
    Estou seguindo o blog aqui ok? ;) Adorei tudo, estão de parabéns.


    Beijos, Kamila.
    http://vicio-de-leitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Poxa, ainda não li o primeiro e fiquei um pouco confusa na resenha, acho que tem muito a ver com o primeiro ainda né? Sempre é assim, um ou outro livro que se desprende do primeiro!
    Adorei a capa, nossa, maravilhosa!! Preferi a nossa e você??? ;)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Tb achei a capa brasileira sem dúvidas melhor que a americana!

    E concordo com vc no que se refera a história ter muitas coisas desnecessárias. Estava realmente empolgada para ler o 1º livro da série, mas qd finalmente comprei achei a história chatérrimaaa, e qd vi a continuação ñ me empolguei nem um pouco para ler. Esse 2º livro está bem no final da minh lista!

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Ahh gente que bom que vocês gostaram. o segundo livro é melhor sim que o primeiro, mas ainda não é aquilo tudo que poderia ser...
    Jeh Asato, de verdade, eu fiquei muito fã do trabalho da iD, eles tem mandado muito bem com as capas, de uma forma geral.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Não tive oportunidade de ler essa série, mas parece que vale a pena, só fiquei triste em saber que o final é frustrante. Até hoje fico babando nas capas desse e do primeiro livro. Excesso de descrições nos livros ficam massantes quando não falam coisas importantes para a estória.

    ResponderExcluir
  14. Nossa eu também achei o primeiro livro chato, até resenhei ele essa semana. E odiei as descrições fúteis de marcas de roupas, carros e nome de lugares. Mas o que mais me irritou, foram as marcas de roupas.

    E justamente hoje terminei de ler esse segundo livro da série. E como você, reparei que as descrições horríveis diminuiram bem hehehe.

    Eu já não achei tão parado, mesmo sendo no começo. Me prendeu do começo ao fim. E o final me deixou bem curiosa para ler a continuação, apesar de eu meio que suspeitar de quem se trata o tal do Silver Blood rs.

    A capa da iD deu um show na original, que acho bem estranha, mas a nacional é maravilhosa, chama bem a atenção.

    Adorei a resenha!

    Beijinhos,

    Ler e Almejar

    ResponderExcluir
  15. Terminei de ler esses dias e até gostei principalmente porque aquele monte de descrição fútil acaba.
    Concordo com tudo o q vc escreveu Jeh!
    O final foi bem isso de novela mesmo

    ResponderExcluir
  16. Eu fiquei bem interessada por essa serie a uns meses atras, mas como nao encontrei o primeiro aqui no Brasil, acabei desistindo, mesmo assim eu gostaria de ler. Pode me dizer qual eh o primeiro titulo no Brasil e em que ano foi publicado?
    beijinhooos

    ResponderExcluir
  17. Olá Ana Leticia, o primeiro título da saga é "Blue Bloods - Vampiros Em Manhattan", foi publicado no ano passado pela Editora iD
    Obrigada pelos comentários na resenha pessoal! Isso me deixa muito feliz... :D

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Nossa a capa brasileira realmente,ficou muuuuito melhor!
    Eu já tenho o livro um da série,agora só falta o money pra comprar o segundo haha
    ótima resenha!

    ResponderExcluir
  19. Assim que ví a capa brasileira pensei OMG eu tenho que comprar esse livro, então vim aqui dar uma olhada na resenha... Não fiquei muito entusiasmada para lê-lo, mas fui em frente procurar, uma amiga minha me emprestou o livro e não consegui ler até o final. Simplesmente porque o livro não me motivou. Espero que o livro 2 melhore ( e que eu crie coragem para ler).

    Parabéns pelo blog e pelas resenhas! Vocês são d + ;)

    ResponderExcluir