Antes que eu vá - Lauren Oliver

Acredito que todo mundo, pelos menos uma vez na vida, já esteve enganado sobre alguém. Que já odiou uma pessoa sem nunca ter conversado com ela, já acreditou em boatos e os levou adiante, já riu do outro com alguma piadinha de mau gosto... Sim, eu sei que você já fez isso, e sim, eu sei também que você não foi o único. Infelizmente isso é bem corriqueiro, eu sei disso, você sabe, todos sabem. E todos continuam fazendo, mesmo sabendo das conseqüências que isso pode trazer.

Brincadeiras, aparentemente inofensivas pra quem faz, abalam e muito a pessoa que é o alvo daquela “chacota”. Nós não nos conhecemos 100%, vira e mexe nos surpreendemos com atitudes que tomamos e imaginávamos nunca capazes de tomar. Então, como podemos pensar que conhecemos alguém a ponto de “tirar sarro” dos seus defeitos e esperar que ela aceite e leve na brincadeira? Nós não conhecemos o íntimo do outro, não sabemos até onde podemos entrar, por isso, é preciso cuidado. Viver... Conviver... É complicado.

Estremeço, pensando em como é fácil se enganar completamente a respeito dos outros — de ver uma pequena parte deles e confundir com o todo, de ver a causa e confundir com o efeito e vice-versa. — Página 292

O livro traz a história de Sam. Uma adolescente, que tem, aparentemente, a vida perfeita: um namorado bonito e amigas populares — pois é, para adolescentes, felicidade parece se resumir a isso. E como é de se esperar, garotas populares se divertem fazendo pouco dos outros alunos, e é nessa leva que somos apresentados a vida de Sam.

Mas calma, a história ainda não começou de verdade. Voltando de uma festa com suas amigas, ela sofre um acidente e morre. Simples assim, sem prévio aviso, do mesmo jeito que acontecerá comigo e com você, afinal, nunca se sabe quando chegará a nossa hora. Pode ser amanhã ou pode ser daqui a 50 anos.

Talvez você possa se dar ao luxo de esperar. Talvez para você haja um amanhã. Talvez para você haja mil amanhãs, ou três mil, ou dez, tanto tempo que você pode se banhar nele, girar, deixar correr como moedas entre os seus dedos. Tanto tempo que você pode desperdiçar. Mas para alguns de nós só existe hoje. E a verdade é que nunca se sabe. — Página 205

Podemos dizer que o livro começa quando a vida de Sam termina. Ela tem a oportunidade de reviver o dia de sua morte 7 vezes. E nessas “chances extras” ela vai amadurecendo e tentando consertar as bobagens feitas durante sua vida. Nesse curto espaço de tempo, ela revê vários de seus conceitos e passa a dar valor às coisas e às pessoas que realmente importam.

Falando assim, pode soar clichê, mas a Lauren soube conduzir muito bem a história. A leitura não é cansativa e nos prende de um modo incrível. Você passa o livro inteiro na expectativa, torcendo pra que naquele novo dia, Sam tome as decisões certas.

E ela toma as atitudes certas? Quem sabe? Existe o certo? O que é certo pra mim é certo pra você? Essas são perguntas que serão respondidas quando você ler o livro. “Antes que eu vá” é pessoal é íntimo... Tocará a todos — ou a maioria — os leitores, mas de forma diferente.

Algumas coisas se tornam lindas quando você realmente olha. — Página 261

Tirei uma estrelinha do livro devido ao final. Não foi um final frustrante, mas eu fiquei com aquela sensação de: “faltou alguma coisa!” Não sei dizer o que nem porque — legal, não é? — mas na minha cabeça o livro não foi encerrado com aquela última frase. Poderia ter durado um pouco mais.

Pra encerrar, digo que recomendo o livro. É uma leitura totalmente válida. A história é linda, comovente e bem escrita. Com personagens incríveis, como Juliet Sykes e Kent, que vão, com certeza, te ensinar alguma coisa. Impossível passar pelas páginas de “Antes que eu vá” e não tirar algo de bom que você levará consigo durante muito tempo.

Título: Antes que eu vá
Título Original: Before I Fall
Autora: Lauren Oliver
Tradução: Rita Sussekind
Páginas: 368
Editora: Intrínseca

19 comentários:

  1. Mandita, eu amei sua resenha!
    Sério, não é só mais um comentário, é real! Lá no fundo, o que pareceu pra mim, é que você mais do que nunca usou palavras vindas do fundo do coração! Seus comentários me fizeram relembrar uma época da minha vida que eu realmente nem me importava, e isso me fez refletir sobre certas coisas.
    O livro simplesmente me encantou desde que eu o vi, e então foi parar direto na minha lista e não me arrependo de ter feito isso! Ainda não havia lido nenhuma resenha, mais a sua me fez ver que ele vale muito, mais muito a pena! Essa sua ideia de colocar trechos durante a resenha me deixou ainda mais encantado, parabéns!
    Sem dúvidas minha resenha preferida até agora!

    Beijos
    Elder Koldney

    ResponderExcluir
  2. Olá, Mandinha!
    Adorei a sua resenha!!
    Eu também gostei do livro e só no comecinho que achei que fosse ficar chato essa coisa de repetir as ações do dia em que a Sam morreu, mas pelo menos cada vez ela tentava consertar as coisas de forma diferente rs.
    Espero gostar também de Delirium que será publicado no ano que vem pela Intrínseca. A autora tem um estilo de escrita que me agradou muito.
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  3. Oi! Amei sua resenha, está muito boa mesmo!

    Estou muito interessada nele, afinal é uma estória diferente e cativante! Nossa, você absorve muito do livro, e isso é legal.
    Beijos

    http://so-soline.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua resenha!

    Estou muito louca para ter esse livro! Já estava, mas depois dessa resenha, eu PRECISO dele. Parece ótimo =)

    Beijos,
    Nati.

    http://meninadelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Mandinha, ótima resenha!

    Já faz um tempo que eu não venho aqui para comentar, mas aqui estou eu, rs.

    O que você escreveu no começo da resenha é verdade, ficar fazendo piadinhas dos outros infelizmente já se tornou algo rotineiro e às vezes falamos sem querer ofender, mas ofende.
    Quero muito ler esse livro, parece ser muito bom, adoro livros desse tipo!

    Beijos!
    Sonhos de Garota

    ResponderExcluir
  6. Este, sem dúvida alguma, é um dos meus livros preferidos, e com certeza nos ensina algo, que fica em nosso coração pra sempre. É muito bonito ver como a Samantha cresce e amadurece... o livro é lindo sim! Eu amei! *-*

    Adorei sua resenha, ficou perfeita, e diz tudo o que o livro representa ;)

    Beijos
    Livy
    nomundodoslivros.com

    ResponderExcluir
  7. Mandinha sua linda! Eu amei a resenha. "Antes que eu vá" se tornou um dos meus livros favoritos, amei a narrativa de Lauren Oliver, e o quanto Sam cresce no decorrer do livro!
    Maravilhoso ;)

    Beijos!
    Livros e blablablá

    ResponderExcluir
  8. Oi Mandinha!
    Eu adorei sua resenha!
    Estou doida há tempos pra ler esse livro, ele parece ser lindo!
    Pena que você não achou o final tão bom!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  9. gente eu preciso ler esse livro ! *-*

    Já várias resenhas sobre ele e a cada resenha aumenta mais e mais a curiosidade *0* .. rsrs'

    A sua resenha ficou bem legal (:

    Bjim,

    Cantinho de uma garota
    http://cantinhodeumagarota.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Nossa, amei a resenha! Nunca vi nenhum comentário ruim sobre este livro e confesso que estou com uma tremenda vontade de lê-lo! ;)


    Beijinhos,
    www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  11. O começo da resenha deu a impressão que o livro fala sobre bulinyg. Bem... eu sei pelo o resumo que nao é sobre isso, mas desde que a Intrinseca lançou o livro que eu quis muito le - lo. Parece ser interessnte esse lance de voltar e voltar para saber cmo tudo aconteceu.

    Beijokas! :*

    Raphaela
    Equalize da Leitura
    @EqualizeLeitura

    ResponderExcluir
  12. Essa autora é o cumulo do genial!

    Ainda não tive a oportunidade de ler Before I Fall, mas já li Delirium, e é impressionante!

    A autora tem o dom de criar um história totalmente diferente, amei!

    Parabéns pela resenha!

    Beeijos

    http://aoinfinitoealem.com/

    ResponderExcluir
  13. Amanda <3
    Eu necessito desse livro, e eu n estou brincando. (cadê aquelas super promos do submarino quando eu preciso delas?)
    Sabe aquele livro que vc se emociona a cada resenha que lê? pois é, é esse D:
    Esse lance de a Sam poder reviver o dia da sua morte por 7 vezes me deixa angustiado. Isso pq eu n estou lendo o livro kkkk
    E posso dizer que descordo de muitos finais, e se esse for um deles, só vai aumentar minha lista. Mas eu espero n me decepcionar em nenhuma parte com esse livro, quero que ele seja aquele que eu coloque 23892938 tags com as frases que eu mais goste e que eu o indique pra todo mundo!
    A foto da autora me lembrou a Marina Person O.o
    Adorei a resenha, espero te-lo o mais rápido possivel em minhas mãos *-*
    bjs!

    ResponderExcluir
  14. Mandinha, eu estou louco por esse livro!!!!! Achei sensacional o tema e acredito que a história comova o leitor. Afinal, acompanhamos aí a evolução e o amadurecimento da protagonista.
    Ouvi dizer a autora é muito inteligente.
    É! Eu preciso ler antes que eu vá...

    Beijos!
    @Jonathan_HGF

    ResponderExcluir
  15. Oi Mandinha acabei de comprar esse livro e estou anciosa pra comecar a leitura. No inicio fiquei em duvida entre comprar ou nao, a maioria dos leitores amaram, outros falaram que o fato dela reviver tudo 7 vezes deixou as coisas um pouco cansativas, mesmo assim assim eu resolvi arriscar e agora pela sua resenha sei que valeu a pena.

    Caline
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  16. Ainda não li esse livro mas minha mães está lendo e adorando, ou pegar emprestado com ela =)
    adorei sua resenha parabéns Amanda =)

    ResponderExcluir
  17. Ainda não li mas minha mãe tem esse livro e esta terminando sua leitura, vou pedir emprestado.
    Adorei sua resenha =)
    Parabéns amanda e obrigada pela visita ao meu blog esses dias, vc é sempre bem vinda!!!!

    ResponderExcluir
  18. Olá Mandinha!

    Sabe de uma coisa? Eu já acreditei em boatos e me enganei sobre algumas pessoas. Não no colégio, mas em emprego. Foram duas vezes que aconteceram isso comigo, mas quando percebi que era inveja e dor de cotovelo, e que não passava de calunias, eu tive a humildade de me aproximar dessas pessoas, perdi desculpa por ter passado tanto tempo sem ter dado a chance de conhecê-las e por ter ido pela conversa dos outros. E sabe, foi ótimo. Uma dessas pessoas se tornou uma das minhas melhores amigas. Amo como uma irmã.

    Eu senti muito nojo dos personagens de Antes Que Eu Vá, pois eu já passei por situações parecidas, como a de Juliet. A época do colégio eu fui muito perseguida. Tirada como a esquisita, e infelizmente conheci algumas Lindsays. Por isso a detesto com todas minhas forças. Nem mesmo sabendo os motivos dela para ser daquele jeito, eu não consegui sentir nem pena, só raiva e repúdio.

    Realmente a Lauren soube conduzir muito bem a história. Adorei sua escrita, e quero muito ler outras obras dela.

    Eu tirei uma estrelinha pelo começo e também pelo final ter ficado um pouco vago. Também achei que faltou alguma coisinha hehehe. De qualquer forma, esse livro se tornou muito especial pela bela mensagem que ele consegui me passar.

    Os trechos que você utilizou em sua resenha me agradaram e muito. Como você mesmo comentou na minha, postamos uma parecida. Mas ela é muito boa mesmo, forte.

    Sua resenha ficou excelente flor, eu amei!!!!


    OBS: Desculpa pelo sumiço, mas ultimamente tenho trabalhado até muito tarde. Chego sem pique algum. As vezes crio os posts sem coragem, pois é sempre a noite que faço hehehe. Anda complicado, mas as coisas irão melhorar. Final de ano sempre trabalho que nem uma mula rs. Saiba que adoro seu cantinho, adoro você e a Jessie, e sempre que fico muito tempo sem aparecer por aqui, fico triste, pois é sempre um prazer comentar por aqui. ;)

    Beijinhos

    Ler e Almejar

    ResponderExcluir
  19. 1 - A capa é perfeita
    2 - A resenha é perfeita XD
    3 - T_T eu não posso comprar T_T

    Por mais que eu não esteja participando do desafio Hunger Games eu não posso mais gastar, eu já tive que repor meu pc devido ao PEQUENO incidente auauhahauhauah.

    Parabéns pela resenha.
    Bjos

    Matheus Braga - @MatheusBragaM

    http://www.vidadeleitor.com/

    ResponderExcluir