Anna e o Beijo Francês - Stephanie Perkins

Sinopse


Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada. Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?


Este livro está aqui em casa há sei lá quanto tempo e vi pessoas como o Nicholas e o Kold falarem maravilhas dele em suas respectivas resenhas, foi assim que eu resolvi ler Anna e o Beijo Francês e se posso dizer algo é que me arrependo de duas coisas: a primeira de não tê-lo lido antes e a segunda de ter devorado o livro em dois dias! Com certeza esse é um dos livros que eu mais gostei esse ano!

Anna é mandada para a França pelo seu pai, um famoso escritor de livros não tão bons assim, para cursar seu último ano do que nós conhecemos como ensino médio, ela não teve qualquer escolha, ao ser aceita na Scholl of American in Paris (SOAP) seu último ano seria em Paris, a cidade mais romântica do mundo, onde as luzes nunca se apagam, lar dos maiores pensadores do mundo, da Tôrre Eiffel, do Arco do Triunfo e, principalmente, do romantismo. Mas Anna não se importa com isso tudo, o que ela mais queria era continuar na sua antiga escola, com sua antiga amiga, seu antigo emprego e com seu colega de trabalho, que se tornaria, talvez, um namorado.

Com todo mundo de volta para a suas respectivas vidas ela se vê sozinha em seu quarto até que Meredith vai até lá, se apresenta e a convida para tomar um chocolat chaud (chocolate quente)  e com a amizade de Mer vem também a de Josh, Rashimi e a de St. Clair suspiros e então, a França não parece um lugar tão ruim quanto ela pensava, ainda mais com o Étinne por lá...

A nossa personagem principal começa a se apegar demais ao charmoso St. Clair  eu também e no decorrer da história começamos a perceber que não é só amizade, mas há alguns problemas: ela deixou Toph ( futuro-talvez-namorado) em casa, ou no que antes era a sua casa, St. Clair tem namorada e o mais grave de todos, uma pessoa que é importante para ela também é completamente apaixonada por ele, complicada a situação certo?

St. Clair deita-se ao meu lado respirando pesadamente. Está deitado tão perto que o seu cabelo toca o lado do meu rosto. Nossos braços quase se tocam. Quase. Tento respirar, mas parece não sei mais como fazê-lo. E então me lembro que não estou usando sutiã.

Anna é uma personagem que eu realmente gostei mesmo ela é uma personagem nova no sentido de ser apaixonada por cinema de uma forma que me lembrou uma pessoa (e consequentemente momentos) que é muito especial par mim... Ela idolatra a atriz/diretora/produtora/roteirista Sofia Coppola filha de um renomado diretor de cinema (Francis Ford Coppola), vai ao cinema sozinha ou acompanhada, companhia não é importante, e vê filmes antigos e que já viu milhares e milhares de vezes (lembra até a mim mesma nesse aspecto).

Antes de mais nada, eu simplesmente amei o livro, ele é bem aquele tipo de romance água-com-açucar, mas que fez com que eu não quisesse parar de lê-lo, foram quase 300 páginas em dois dias! Ele é super bem escrito e proporciona várias gargalhadas, como eu ri com ele... A autora foi muito feliz em sua obra e os romances, rixas e desencontros se fazem presentes o tempo todo. Anna e o Beijo Francês é uma leitura leve e agradável e que recomendo a todos aqueles que precisam se distrair. 

Um dos pontos negativos do livro é que, o romance não é tão explorado, explicando melhor, tem todo o clima rolando entre eles, mas absolutamente nada acontece, nadinha, nem um beijo! Isso é um saco, mas também é bom porque, creio eu, que foi um dos motivos de eu não ter conseguido parar de ler, mesmo assim eu acho que devia ter sido mais explorado. Outra coisa que me chamou a atenção para o lado negativo é que existem várias expressões em francês, relevante já que o livro se passa em Paris, mas elas não tem qualquer explicação no contexto e fui obrigada a parar diversas vezes para poder descobrir do que se tratava, isso seria facilmente resolvido com uma nota da editora.

― Para de olhar!
― O quê?
― Meus dentes. Você está olhando para os meus dentes.

A diagramação do livro é simples, mas um ponto a favor é que os capítulos nunca começam na mesma página. No que diz respeito a capa, eu não sou a maior fã daquelas que apresentam rostos de pessoas, porque de uma forma ou de outra acaba influenciando como vamos imaginar a personagem, acho melhor quando eles não aparecem. Ainda falando da capa, estava procurando na internet algumas capas do livro e vi algumas maravilhosas, só não sei se realmente foram usadas (acho que a editora poderia ter se inspirado em uma delas), abaixo estão as que eu mais gostei e a brasileira, que não gostei tanto assim. De qual mais gostou?

 

Eu simplesmente amei o livro, e como o Nic falou numa conversa via twitter entre mim, ele, Amanda (aqui do blog) e o Kold, mas é um clichê super bem escrito e, eu acrescento, super divertido. Esse livro leva quatro estrelas pelo fato de a autora ter deixado de explorar melhor o romance e a Novo Conceito não ter colocado notas, se você não leu vai perceber como isso seria importante, se já leu, acho que provavelmente concorda comigo.

Classificação final:                                                                                         

   

Livro: Anna e o Beijo Francês
Autora: Stephanie Perkins
Páginas: 288
Editora: Novo Conceito

13 comentários:

  1. Olá,
    Parabéns pelo blog! Estou seguindo.
    Segue lá também..

    http://estanteseletiva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ah, Jessie, lá vem você me tentando, né? Hihihihihi... Todas as resenhas que li desse livro diziam só coisas boas!!!! A sinopse me chama bastante atenção, e claro que a sua resenha me deixou com "água na boca".
    Mesmo sendo um romance açucarado, senti que o livro é muito bem arquitetado, traz situações que se identificam com o leitor. Talvez seja esse o principal fator que conquistou o pessoal.
    Quando o Nick resenhou o livro e disse a ele e agora vou dizer pra você: não sei se você já sabia, mas beijo francês é o conhecido beijo de língua.

    Mil beijos!
    @Jonathan_HGF

    ResponderExcluir
  3. Jeeeeeeeeeessie linda.
    Acho que nem a minha resenha ficou tão boa assim (babando aqui pela sua). Mais realmente, você perdeu muito tempo, deveria ter lido antes. Eu como já disse simplesmente A-M-E-I o livro e um certo personagem, mais eu não posso gostar mais dele porque se não o Nick me trucida, então é melhor eu parar de falar dele!
    Eu achei os personagens muito bem feitos, e a carga emocional de cada um combinou muito bem, a autora fez uma espetáculo. A capa brasileira eu não achei tão bonita assim não, dessas ai de cima eu prefiro a segunda, que é muito, mais muito fofa. ;)))))
    Sobre sorrir, eu dei ótimas gargalhadas, a Anna é uma palhaça nata!
    E sua resenha ficou muito boa, uma de minhas preferidas, mais também, acho que tudo que relacionar-se com o livro, vai se tornar algo que eu vou gostar muito!
    É isso, acho que falei tudo, mais sempre eu só lembro se esqueci algo quando já mandei o comentário.
    Beeijos...
    Elder Koldney ;*
    Desta vez vou terminar meu comentário de uma forma diferente, com uma frase:
    - Só havia uma coisa que eu não gostava nele. Ela!

    ResponderExcluir
  4. Tbm adorei esse livro qndo li! Primeiro, pq sou apaixonada pela França e, a cada página q lia, tinha uma vontade enorme de estar na pele de Anna! Segundo, pq o St. Clair é, simplesmente, apaixonante! Adorei e, com certeza, tbm recomendo!
    Bjos
    Débora
    Introducing you a Book

    ResponderExcluir
  5. Oi Jessie!

    Sabia que eu estou para ler esse livro há algumas semanas? Acho que vou sentir o mesmo que você: Me arrepender por não ter lido antes.

    Hum... que pena que o romance não foi muito explorado, pois tudo levar a crer que seria algo de maior destaque nesse livro.

    Ah eu amo a França, apesar dos franceses serem meio arrogantes. Lugar lindo, romântico. Com certeza vou ficar fascinada com as descrições de Paris.

    Que bom que a leitura flui muito bem. Acho que vou devorá-lo tão rápido quanto você.

    Talvez até o final de outubro eu consiga lê-lo. Adorei a resenha.

    Beijinhos

    Ler e Almejar

    ResponderExcluir
  6. Não é muito o tipo de livro que eu gosto de ler, mas parece bastante divertido pela historinha. Parece ser fofo, aliás!
    Beeijo.

    ResponderExcluir
  7. É, temos que admitir que é um clichê sim, mas realmebte bem escrito. Bem divertido, eu gostei bastante. Aquela primeira capa ali é lindissima! Boa resenha, ressaltou pontos importantes. :)

    Beijos
    Mulher gosta de falar

    ResponderExcluir
  8. OI!

    Eu li e me apaixonei pelo livro. Concordo com vc, eu me diverti mto e tb devorei de um dia para o outro. Depois fiquei com DPL por ter terminado. Quanto a capa, tb não gostei tanto da nacional, mas como a história compensa, eu perdoei esse detalhe.rsrs

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e livros

    ResponderExcluir
  9. Eu sou apaixonada por esse livro! Quando eu o comprei, eu não esperava que fosse gostar tanto. Eu tambem o devorei, e até hoje sonho com St. Clair! UAHSOUIAHSIHUI
    Anna é uma personagem simpática e que sabe te cativar.
    Mesmo que seja meio clichê, é uma história que te prende. Adorei o modo com a Stephanie Perkins escreve, acho que esse foi seu livro de estréia né? Enfim, espero que ela faça mais livros, eu seria uma das primeiras a comprar USAIHSI
    É a primeira vez que entro aqui no blog, e estou adorando! Sua resenha foi muito bem feita, e também concordo com a falha da editora em não explicar as expressões francesas. Estou arrependida de não ter encontrado este blog antes, é maravilhoso!
    Parabéns.. bjs :*

    ResponderExcluir
  10. Olá, Mandinha!!
    Eu sempre tive curiosidade para ler esse livro, mas não tanta como a maioria dos blogueiros rs. Já vi resenhas bem positivas a respeito, mas não sabia que a história aborda pouco o romance entre os protagonistas. Uma pena porque sou uma romântica inveterada! hauhauah
    Além disso, essa questão de ter determinados termos em outro idioma poderia ter sido facilmente resolvido se colocassem notas de rodapé com a tradução. Também não falo francês e teria dificuldades em saber do que se trata rs.
    Adorei a sua resenha!
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  11. Oi Jéh <3
    Você se rendeu as encantos da Anna *-* (MENTIRA QUE FOI DO St.Clair) kkkkkkkk
    E por falar nele, como você ousa se jogar nele a resenha inteira? U_______U HAHA
    Eu como você, amei o livro! A estória é divertida e envolvente, do jeito que eu gosto.
    Realmente o lance do romance é meio fraco, é aquele negócio do HSM,que vc espera até o final pra ver um beijo e pronto G_G
    Por isso eu sou a favor de ter uma continuação onde só narra pegação/melação do St. Clair com a Anna Banana <3 kkk
    Vc n gostou da capa brasileira? Acho tão bonita.
    Mas eu adorei essa primeira, que dever ser a original né?
    Obrigada pelas menções durante a resenha <3
    Só por isso eu vou perdoar sua azaração ao St. Clair haha
    bjs!

    ResponderExcluir
  12. AIAI, cheguei a pouco tempo nesse blog e minha lista de compras só se reorganizando, não digo aumentando, porque já queria, mas agora ta lááá em cima...
    Matheus
    Livros e Biscoito

    ResponderExcluir
  13. Amo demais esse livro. St. Clair é tão... Fofinho. Não gostei muito do "beijo quase no final do livro", mas esse livro é bom. gosto dessa autora.

    ResponderExcluir