A Esperança - The Hunger Games #3 - Suzanne Collins

Sinopse
 
Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais de lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra? Acompanhe Katniss até o fim do thriller, numa jornada ao lado mais obscuro da alma humana, em uma luta contra a opressão e a favor da esperança.


Acho que esta será uma das resenhas mais difíceis que farei, primeiro porque sou apaixonada pela série, segundo porque tenho que falar sobre esse livro e não posso revelar o que me desagradou nele, já que isso seria um tremendo spoiler e não quero fazer isso com vocês.

Depois do fim de Em Chamas eu fiquei muito, mas muito curiosa mesmo para saber como as coisas iam se desenvolver em A Esperança (depois vou comentar esse título), tanto que li em inglês uns seis meses atrás, mais ou menos, enquanto uma amiga estava lendo o segundo. O que posso dizer e que ele me decepcionou muito mas muito mesmo.

Após se oferecer no lugar da irmã para ir aos Jogos Vorazes, evento criado pela Capital para punir os doze distritos pelo levante contra a mesma, onde são sorteados o nomes de crianças entre doze e dezoito anos para guerrearem umas contra as outras até que apenas uma sobreviva, Katnis e Peeta conseguem sobreviver fazendo a 74ª dos jogos terem dois vencedores, e isso começa a fazer surgir na população de Panem um sentimento de inconformidade com as leis impostas pela Capital, a garota que cometeu um ato quase insignificante (para ela), acabou dando esperanças para toda uma nação.

No segundo livro, ela é mandada de volta aos jogos, na "edição comemorativa" que acontece de 25 em 25 anos e possui regras especiais. Em Chamas termina com Katniss sendo resgata da arena que foi projetada para que ela morresse e descobrindo que o seu lar, o Distrito 12, havia sido completamente destruído pela Capital e é aí que começa o último livro da trilogia. Após o bombardeio que deu fim ao 12, a população remanescente é levada para um lugar que a maioria acha que não existe mais, eles vão para o Distrito 13.

Como se não fosse o bastante as regras do novo lar são rígidas, há uma programação diária para pessoa por pessoa que vive ali, além de quantidades exatas de comida calculada de acordo com o peso e a idade de cada um. Mas quem realmente está sofrendo é Katniss e quando eu falo sofrendo quero dizer completamente perturbada. Primeiro, ela não acha justo que tenha sido resgatada, mas que Peeta e mais dois tributos tenham sido deixados para trás e isso a impede de cumprir seu cronograma diária; segundo, o fato de haver uma cobrança insistente para que ela se torne o símbolo da revolução pesa sobre seus ombros, Katniss precisa se tornar o tordo para que esta guerra não fracasse como a anterior.

O problema é que ela não sabe se quer isto, se quer participar de maneira tão ativa deste combate, para a garota é como se os jogos não tivessem acabado, e o fato de decidir se tornar o tordo coloca as pessoas que ama no topo da lista do Presidente Snow, um homem que fez de tudo para chegar a esse cargo e que não medirá esforços para continuar nele. Será que vale mesmo a pena aceitar ser o símbolo e colocar sua mãe, Prim, Gale e Peeta e as outras pessoas que ela ama em tamanho perigo?

O fato de eu ter que julgar esse último livro me deixa um pouco deprimida porque os outros dois são maravilhosos e, com certeza, entram na minha lista de favoritos, mas como eu disse a decepção é tamanha que eu nem sei se a nota que eu dei é justa. Algumas pessoas acharam que a trilogia terminou muito bem, a minha opinião é que parecia que a Suzanne Collins não queria mais escrever esse livro, a Katniss está meio morta-viva e isso a torna praticamente irreconhecível, e por tabela, o livro muito tedioso (pelo menos para mim), assim ela não faz praticamente nada durante um bom número de páginas, aliás ela fica se lamentando e se escondendo dentro de um armário o tempo todo.

Quando, enfim, a garota resolve tomar uma atitude tudo começa a melhorar, a ação começa aparecer e ela deixa de ser aquela coisa entediante do começo do livro. O problema é que mais para o final do livro a autora começa a matar personagens, eu entendo que em uma guerra pessoas morrem, mas o fato de um amigo meu morrer perto de mim, para me salvar, faria com que eu sentisse uma dor dilacerante, coisa que não acontece com Katniss, ela vê um de seus companheiros morrendo para salvá-la e não senti nada! Isso foi uma das coisas que me desagradaram muito, mas nada supera o que aconteceu no fim do livro, outra morte (não vou contar quem) que fez pensar que todo o esforço da Katniss foi em vão. Essa última morte fez toda a trilogia parecer sem sentido!

Também achei o fim da Katniss muito forçado, tipo "e viveram felizes para sempre..." nunca gostei disso, mas é o que agrada boa parte das pessoas. Tem (também) o fato de uma das personagens simplesmente sair do narrativa como se a presença dela não fosse importante, a tal personagem se muda do 12 e fica por isso mesmo. Algumas pessoas falaram que o fim do livro foi medíocre, eu discordo, mas também não fez justiça ao sucesso estrondoso dos livros.

Essas falhas na história já seriam bastante ruins sem que fossem somadas ao título do livro! Quando a Rocco anunciou que seria "A Esperança" eu quase surtei (junto com outras pessoas). O que a tradutora tinha na cabeça para traduzir Mockingjay para isso? Durante as outras obras eles traduziram para tordo, e faria muito mais sentido, porque ele (o tordo) é o símbolo da revolução. Mas eles preferiram colocar algo mais puxado para o lado auto-ajuda, do que traduzir isso direito! Quanto a diagramação, continua igual a dos outros dois livros.

Sei que a minha nota vai desagradar muitas pessoas, porque o livro que fecha a história da trilogia não foi nada mais que bom para mim, algo bem razoável. Por isso a minha nota para ele é três estrelas. Se você ainda não leu a resenha de Jogos Vorazes e estiver interessado clique aqui, para ler a de Em Chamas clique aqui. O L&C está sorteado os três livros da trilogia em parceria com a Jeh Asato e com a Rê (Ler & Almejar), você pode conferir aqui.

Classificação final:


51 comentários:

  1. Eu simplesmente entrei em pânico lendo esse livro. SINCERAMENTE. o d i e i. o resumo desse livro é. Quem não fica louco, morre. ponto. Argh, me dá raiva até hoje. O final da Katniss, ficou muito estranho e filosófico. hahahaha o Gle merecia algo BEM, melhor. e essa morte no final do livro me deixou em choque. vou me controlar para não falar besteira, mas é tipo isso que aconteceu.

    Otima resenha,

    Beijoos,
    Natália Quintão
    Bagunça de Garota

    ResponderExcluir
  2. Jessie, concordo com você.
    Eu achei A esperança totalmente morno e sem ação. Eu que já não tinha me simpatizado muito com a Katniss, neste livro fiquei com ódio mortal dela, até pelos pensamentos que ela tinha em relação a Peeta no começo.
    A parte final foi confusa pra mim, e achei que a autora enrolou demais e no final quis colocar tudo em 20 páginas e pronto acabou.
    Eu confesso que gostei do desfecho em si, mas achei que poderia ser bem mais elaborado.
    Jogos Vorazes foi meu favorito da trilogia, e uma pena ter acabado dessa maneira.
    Bjos

    Jack

    ResponderExcluir
  3. Vamos por partes! (eu falei q ia adorar ler sua resenha *o*)

    Depois de enfrentar 2 arenas, ver muita gente morrer, saber q seu amigo esta preso onde cortar a lingua eh normal, sua casa foi destruida e querem q vc lute por um ideal como vc queria q ela tivesse??? Ela nunca quis lutar. Seu unico objetivo de vida era n morrer de fome junto com a familia, de repente ela eh o simbolo de uma revolução e tem um homem com halito de sangue ameaçando sua familia. Ela foi p a arena p proteger Prim e o Snow vem e ameaça isso. Acho normal ela estar confusa e arrasada. Coisa q ela ficou o tempo todo, ateh mesmo qd ela foi de fato a luta ela ainda n tava bem.

    Pessoas morrem na guerra #fato. (Vc lah leu Guerra dos Tronos? eu qs parei de ler por causa de uma das mortes, aquele autor n tem coração! mas ele me ensinou q p morrer basta tha vivo). Ela sentiu mt dor mas tinha um objetivo. se recolher e parar (de novo) n ajudaria em nada e a morte dele seria em vão.
    A ultima morte eh, como posso dizer, dramtaica! N q eu concorde ou discorde da autora, ela achou necessario. Ajudou a acabar mais ainda com a Kat (eu adoro essa personagem e tive mt pena dela)

    Eu fui a unica q n achou o final: e viveram felizes p sempre??? Só faltou a Kat se suicidar! Mais isso seria incoerente, ela eh melhor q isso.
    O personagem q vc reclamou tb achei melhor ele partir. A ajuda nele na guerra foi muito intensa e ele queria continuar ajudando, n dava p ele ficar.

    Qt ao titulo, sinceramente, eu n leio ingles (to tentando pq preciso aprender esse maldito idioma) entaum se n fosse o milháo de reclamações no Skoob eu nem saberia disso.... por algum motivo insano eu associei bem a capa azul com o titulo A Esperança, pq acho q era td q os rebeldes tinham, esperança e seria mt estranho um titulo "o tordo" p terminar a trilogia....

    To ateh com vergonha da minha propria resenha. tha tão pequenininha, tão simpleszinha.... meu comentario aki tha maior q minha resenha o.O

    ResponderExcluir
  4. Oii Jessie!
    Quer saber? Tua resenha tá MUITO bem escrita.
    Eu nunca li essa série e definitivamente, não me chama a atenção. Li o primeiro capítulo de Jogos Vorazes e sei lá, achei a escrita da autora muito estranha.
    Teus argumentos estão válidos, apesar de eu ter ficado curiosa ao mesmo tempo que não quero ler (#alok) Eu já tenho raiva da P.C Cast que começa a matar personagens a torto e a direito, imagina eu lendo esse livro?
    Ia querer que a autora ardesse no mármore do inferno.
    Beijãão :*
    @pirulitolimao

    ResponderExcluir
  5. Agatha_Borboleta Obrigada pelo comentário... Vamos por partes também. Eu queria que a Katniss estivesse tentando salvar o Peeta e não se escondendo e ficando deprimida pelos cantos, ele fez muito por ela, acho que foi isso que me irrtou, ela simplesmente espera que os outros tomem a iniciativa de resgatá-lo. Sempre gostei da Katniss porque ela fazia o que precisava ser feito, ela se ofereceu no lugar da Prim, ela matou os competidores na arena com as teleguiadas para sobreviver, ela tentou conter a revolução para tentar salvar sua família, vê-la apática nesse livro me desanimou muito.

    Também concordo que as pessoas morrem em guerras, mas achei o fato da Katniss ver pessoas se sacrificando por ela e simplesmente deixar pra lá estranho, ela e oo bonitão (sem nomes por causa de spolier) eram amigos, um ajudava o outro a aguentar todos os problemas, na verdade tentavam. Aí ela vê que ele está se entregando a bestantes por ela, para salvar a vida dela e fica por isso mesmo? Quando a Rue morreu na arena foi comovente e eu esperava algo assim, ela também estava em uma "guerra".

    Ela ficou atormentada, mas aí vem aquele final (que para mim é meio que uma cola de HP) foi o muito ruim, para mim é o felizes para sempre. "Um dia vou ter que contar para eles porque acordo no meio da noite gritando", eu esperava que ela tivesse algo diferente. Além disso, ela aceita que os jogos aconteçam de novo! Isso é um absurdo! Ela perdeu pessoas por causa disso e simplesmente faz o mesmo? Vingança? O que as crianças da capital tem a ver com as atitudes dos pais e avós?!
    Não gostei mesmo desse livro ):

    ResponderExcluir
  6. Ficou claro q eles n iam ajudar o Peeta, ela n podia sair sozinha, o q mais ela podia fz? Prioridades! Mamae e Prim seguras, Peeta depois...
    Na arena n tinha ninguem perseguindo ela, na morte da pessoa citada ela tinha q correr! N podia fz mais nada...
    [Spoiler] Ela n aceitou os Jogos começando de novo, a graça eh essa! Eu achei foda o q ela fez p impedir isso! *o* eu nunca imaginei!! Na hr q ela "aceitou" eu fiquei puta, n acreditei e tal mas o jeito q ela encerrou a questão! My God! pq vc acha q ela fez aquilo com a unica flecha q ela tinha?

    ResponderExcluir
  7. Aí... Quem morreu? O.O
    Vc é má, fiquei na maior curiosidade agora. Roendo as unhas aqui. Ixi, quem será que morreu? Por favor só não me diga que foi ele... Ó céu, ele não... Tá, tá, parei de dá pití aqui ashuahsuas

    Bom, eu simplesmente amo essa serie. Katniss se tornou uma das minhas personagens preferidas por ser extremamente humana, e por trazer sentimentos, muitas vezes reprováveis, que vem com isso. E fiquei meio triste porque o livro não te agradou tanto. Isso dá uma apreensão, pois pelo jeito vc é fã da serie :/ Mas sua resenha só me deu mais curiosidade para ler, espero não me sentir assim tbm com o final da serie. Poxa, ela é tão boa para acabar tão ruim :/
    Mas ótima resenha, amei a sinceridade e fiqeui LOUCA DE VONTADE DE SABER QUEM MORREU, rs.
    Bjão!

    -Amigas Entre Livros-

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Confesso que não li a resenha com medo de spoilers (ainda não li nenhum dos livros... :-( ).
    Gostaria de ler antes de ver o filme!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá, Jessie!
    Não li ainda nenhum dos livros da série Hunger Games, embora eu tenha lido a resenha e não tenha percebido spoilers rs. Entendo a sua angústia, eu também ficaria decepcionada com um desfecho morno de uma série que tanto fez a cabeça dos leitores a ponto de ter uma adaptação para os cinemas. Mas, ainda quero muito ler Jogos Vorazes e assim poder tirar as minhas próprias conclusões.
    Adorei a sua resenha!!
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  10. Meninas, morro de vontade de ler 'jogos vorazes' antes que estréie o filme no cinema, porque depois que eu vejo o filme, a vontade acaba :S
    Já ouvi criticas negativas sobre o livro, mãaas.. cada um te um gosto e ser influenciado desse jeito sem tirar a sua própria opinião não dá muito certo, não é mesmo? rs

    Beijos,
    Caroline, do http://criticandoporai.blogspot.com (tem postagem nova, viu?! rs)

    ResponderExcluir
  11. Esse livro estragou tudo pra mim... Eu nem considero ele como parte da serie, pq parece que a autora so queria acabar com tudo logo, sem interessar a estrutura q ela ja tinha feito.
    Gale jamais teria desistido da Katniss da forma como ele fez, Katniss nao era a mesma dos livros anteriores, era um chata egoista. No final ela ficando com o Peeta parece q ela fez obrigacao.
    Enfim... quem sabe no filme eles nao arrumam??

    ResponderExcluir
  12. Oi Jessie <3
    Olha, A Esperança também não é meu favorito da série, a partir da hora que a tal personagem sai do 12 assim, sem mais nem menos é perceptível a preguiça que Suzanne Collins teve de traçar um conflito que era necessário. Quanto ao título, também tenho vergonha alheia por terem colocado esse aí, mas quando vejo o de Portugal fico até feliz, lá é A Revolta O__o
    Eu perdoo a Katniss por ter sido songa monga e depois ter tirado o véu da cigana, afinal ela realmente é louca de pedra, ninguém fica em seu juízo perfeito após sofrer tudo o que ela sofre nos três livros, e ela é realmente muito burra.
    Eu não vou mais dizer que adoro as resenhas, porque fica chato de tanto repetir isso né?!

    Beijo
    Matheus

    ResponderExcluir
  13. Oi Jessie <3
    Olha, A Esperança também não é meu favorito da série, a partir da hora que a tal personagem sai do 12 assim, sem mais nem menos é perceptível a preguiça que Suzanne Collins teve de traçar um conflito que era necessário. Quanto ao título, também tenho vergonha alheia por terem colocado esse aí, mas quando vejo o de Portugal fico até feliz, lá é A Revolta O__o
    Eu perdoo a Katniss por ter sido songa monga e depois ter tirado o véu da cigana, afinal ela realmente é louca de pedra, ninguém fica em seu juízo perfeito após sofrer tudo o que ela sofre nos três livros, e ela é realmente muito burra.
    Eu não vou mais dizer que adoro as resenhas, porque fica chato de tanto repetir isso né?!

    Beijo
    Matheus

    ResponderExcluir
  14. Concordo com a Livia, eu tive a mesma impressao no final do livro, que ela ficou com Peeta por nao ter sobrado opcoes ja que Gale nao estava mais la e a convivencia acabou juntando os dois.
    Eu esperava mais demonstracoes de amor dela por Peeta, mas o que acontece no livro inteiro eh que ela deseja a morte dele o tempo todo, senao desejo quer mata-lo em nenhum momento ela o defende. No final quando Boggs diz que ela tem que mata-lo ela nao tem nenhum pensamento contrario.
    No meu modo de ver, quem ama nem pensa na hipotese do seu amor morrer, e em nehum momento ela demosntra isso, nem um pensamente e nem atitude.Ela em nenhum momento diz que o ama, nem no final quando ele pergunta ela responde mas nao com as letras e sim com um VERDADE.
    Fiquei dias pensando no livro e como o final poderia ser melhor.
    Tomare que eles melhorem isso na adaptacao pro cinema.
    Eu esperava mais romance ja que a capa diz ser um romance.

    ResponderExcluir
  15. Hum, eu sou uma entusiasta dessa série! li o primeiro acho que em 2010, amei, mas não continuei com os restantes, vê se pode.

    Estava esperando um desfecho muito bom, mas pela sua resenha, talvez minhas espectativas não sejam supridas =S É uma pena pois a série é maravilhosa...

    Beijos =*

    ResponderExcluir
  16. Eu li a série a pouco tempo e concordo que este livro acaba tendo um tom diferente, mas não achei decepcionante.
    A Katniss neste livro está muito mais reflexiva, se questionando mesmo, mt mais do que nos livros anteriores. Acho que isso por si só já deixou o ritmo da história bem diferente. Preciso dizer que eu esperava algo tão horrível pro final que acabei ficando satisfeito com a forma que acabou, mas achei que demorou bastante para que o casal fosse definido, foi até os 45 do segundo tempo, o que não ajudou muito a convencer, ainda que eu tenha ficado bem feliz pela 'escolha'.

    ResponderExcluir
  17. Ainda não li A esperença, estou esperando concluir a troca no Skoob, mas tenho que terminar outros livros antes, rs.
    Enfim, amei Jogos Vorazes, mas achei que teria muito mais "sangue", não sou psicopata, se é que me entende, mas todo mundo falava do quão horrível e brutal o livro era em questões e lutas e tudo o mais. Mas fora isso, a história é incrível!!! Não vejo a hora de ler a continuação! Agora só nos resta aguardar ansiosamente o filme né? beijos! Ah, você escreve MUITO bem! E seu blog é muito fofo!! ;D

    ResponderExcluir
  18. Eu não sei o que dizer sobre o final desse livro. Eu gostei e eu odiei. Gostei do final final mesmo e odiei porque foi corrido. O livro todo parece meio corrido e sem sentido pra falar a verdade, não deixando, é claro, de ser bom. Mesmo assim deixou a desejar. Ah deixou. Esperava mais do final da trilogia!

    ResponderExcluir
  19. Jessie
    Sua resenha descreve como eu me sentir sinceramente ela não merece ele,aquele final me deixou com uma cara de ''merds" a noite inteira,e todo mundo falava que adorou o final!

    ResponderExcluir
  20. Ah, eu quero tanto ler esta trilogia!
    Nem li a resenha para não estragar a expectativa!
    Espero ler, pelo menos, o primeiro antes do lançamento do filme!
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Louca para ler esse livro! To na expectativa para ver o filme

    ResponderExcluir
  22. Ahhhhhhhhhhh eu nem li a resenha, pois ainda não li essa série e estou doida querendo ler....ma stenho mtos livros pra ler e eles estão caros pra comprar, sendo assim to participando de algumas promoções em q eles estão sendo sorteado, vai que eu tenha sorte néh?
    BjOs!!!

    ResponderExcluir
  23. Jéssie,

    acho que a sua resenha disse tudo que estava intalado em mim.

    A começar, primeiramente pela tradução deste titulo, que tristeza. Eu gostei muito da serie, mas esse livro final foi decepção total.

    Eu terminei o livro com a sensação de: ‘É isso?! O final dessa trilogia mega foda vai ser assim?!’ Posso dizer? Acho que a autora se perdeu um pouco no caminho. Eu tbm achei as cenas de lutas perdidas – eu nao conseguia me situar ou tentar imaginar realmente onde eles estavam.

    Eu nem vou comentar a morte do final. cara, essa pra mim foi a mais podre de todas, sério! Tipo, luta luta luta luta luta e acaba daquele jeito. E tipo, mais uma vez, como vc diz, não teve nenhum drama. Não teve emoção não teve nada. Apenas a morte. Sabe do que me lembrou? Da morte do Fred em HP PII em que so colocaram o ator deitado lá no chão ¬¬

    Eu esperava muito mais do final desse livro. O outro lá que nao foi ‘escolhido’ pela Kat não colocaram nenhum final do pobre coitado e teve muitas outras coisas que me incomodaram. Gostaria tbm de ler alguma coisa pelo POV do Peeta, que eu acho que seria realmente muito legal.

    A última morte foi a a mais podre de todas, sério. Foi terminar com a série de livros destruindo tudo, pouco a pouco.

    Ótima resenha! :*

    ResponderExcluir
  24. Acho que sou o único ser que ainda não li nada dessa série...rs Mas pelo que andam falando desse último livro, acho que vou continuar sem ler...rs

    Parabéns pela resenha e pelo blog! :)

    Depois passa lá no meu pra conhecer! www.murmuriospessoais.com

    Beijos

    Gleic
    @MPessoais
    www.murmuriospessoais.com

    ResponderExcluir
  25. Eu ainda nao li os livros da serie mas estou bem animada pra ler afinal, tanta gente leu e gostou né?!
    Mas sua resenha me deixou um pouquinho desanimada agora! :(
    Mas tudo bem ainda vou me arriscar :D
    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Que pena que o último livro não foi tão bom,estava tã animada para ler a trilogia,mas ainda sim acho que vale a pena eu ler
    Bjs

    ResponderExcluir
  27. Quero tanto esse livro e os outros dois da serie também *-*
    Me apaixonei pelo trailer do filme que eu vi e gostei bastante da sua resenha. Parace ter uma ótima estória!

    Beijinhos, Bia.
    velha-estante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. O que vc falou é pura verdade, lendo outras resenhas que as pessoas só falaram bem, fiquei com a sensação de ser a única pessoa que achou o livro fraco, com uma Katniss perdida, a todo o momento enfraquecida e a leitura relaxa, sem muitas novidades. Transformar Peeta num monstro foi demais pra mim, achei absurdo, e a morte de Prim junto com o sumiço da mãe foram ridículos, pareceu até que de certa forma a mãe a culpou, já que em momento algum depois da morte de Prim elas se reencontraram...
    Achei o livro medíocre, ela passou o livro todo sofrendo não sendo ela mesma, sendo excluída das conversas e decisões mais importantes... Ela (a autora) teve as dez últimas páginas para se redimir de todo o sofrimento dos três livros causados principalmente a Katniss e Peeta e ainda assim falhou, fiquei com a sensação de estar faltando alguma coisa, como se o final da trilogia ainda estivesse por vir!

    ResponderExcluir
  29. Bem eu li os três livros duas vezes e achei que os dois primeiros livros levantam esperanças que algo bom está guardado para o final da saga, não um simples feliz para sempre, mas algo que você leia e fique feliz por tudo que Katniss e Peeta passaram.Mas o livro não faz isso ele te deixa confuso, sobre o que acontece com Gale ?, e Peeta ele um dia volta a ser o garoto forte e apaixonante que nós vemos ao longo da história?, como Katniss que passa tanto tempo negando o seu amor por ele finalmente se entrega.E a Prim porque ela tinha que morrer eu até aceitava o Finnick morrer mais a Prim, tudo o que a Katniss fez não foi por ela, para que ela pudesse ter um futuro melhor?E simplesmente a Katniss mata o Snow e depois ela está confinada em casa depois de 6 meses o Peeta aparece e eles ficam juntos.Só.Ele nem a ajudou quando eles estavam em combate. Eles não estavam dispostos a se sacrificar um pelo outro e agora ele não faz nada. ele parece um doente sem noção das coisas. Cadê o foco de paixão que tem entre eles eu acho que foi desastroso e que o marido da Sazanne deveria te dormido muitos dias de calça pra ela terminar a história assim . Ela é uma ótima escritora mais francamente ela destruiu a história.

    ResponderExcluir
  30. Resumindo tudo? a resenha é ótimo e o livro é uma droga.
    Mortes desnecessarias, sofrimento além do limite, ações sem explicações e a morte de Prim.
    Acredito que a autora deixou muitas coisas a nossa imaginação.
    Como no caso da flecha que ela lanço não foi porque ela estava louca, e nada foi esclarecido a esse respeito.
    Eu queria mesmo que ela ficasse com Peetra, apesar de achar que ela nunca mereceu ele.Ele sofreu demais por ela e não teve o reconhecimento ao decorrer da triologia, mas que ela amava ele isso era claro.
    Enfim.... vamos esperar o filmes e ver se realmente seguirão os livro(coisa que raramente acontece)
    Mas gostei da triologia, apresar de tudo, porem meu preferio é jogos vorazes.
    jessie, sua resenha esta otima.

    ResponderExcluir
  31. Resumindo tudo? a resenha é ótimo e o livro é uma droga.
    Mortes desnecessarias, sofrimento além do limite, ações sem explicações e a morte de Prim.
    Acredito que a autora deixou muitas coisas a nossa imaginação.
    Como no caso da flecha que ela lanço não foi porque ela estava louca, e nada foi esclarecido a esse respeito.
    Eu queria mesmo que ela ficasse com Peetra, apesar de achar que ela nunca mereceu ele.Ele sofreu demais por ela e não teve o reconhecimento ao decorrer da triologia, mas que ela amava ele isso era claro.
    Enfim.... vamos esperar o filmes e ver se realmente seguirão os livro(coisa que raramente acontece)
    Mas gostei da triologia, apresar de tudo, porem meu preferio é jogos vorazes.
    jessie, sua resenha esta otima.

    ResponderExcluir
  32. Caramba o livro todo foi um completo desapontamento para mim, que palhaçada tudo o que eu gostava e admirava na katniss simplemente desapareceu nesse livro aonde ela ta locona de pedra, SPOILERS !

    Caranba a Prim morre foi absurdo e meio bobo tambem, por que descreve que ela teve tempo apenas de ver o cabelo trançado e não sei o que poderia ser qualquer um da historia, eu fiquei assim na cabeça será que ta falando da prim ?

    depois de quase 2 paginas que confirma que a prim morreu

    QUE IDIOTICE fez perder todo o sentido da serie que era proteger a irma dela, nada a ver esse ultimo livro

    simplesmente destruiu a serie.

    ps : deixar o finifick morrer daquela forma foi pior ainda
    ela nem se preocupou com a morte do amigo dela e o gale sumindo no finla indo pra outro distrito, affff.

    ResponderExcluir
  33. Nossa, sem palavras. Odiei o livro tanto quanto amei os dois primeiros. De tudo, o que mais me revoltou foi o que aconteceu com Peeta. Ele era a melhor personagem da série, a pessoa que fez todos os sacrifícios para ficar ao lado de Katniss, e é esse destino que é dado para ele? Ele passa a maior parte do livro ausente - ou pq está sendo torturado na Capital ou pq está louco e não é mais ele, e aí a gente fica esperando que ele se recupere, ou que a Katniss pelo menos demonstre que ama ele de verdade, e nada acontece. Ela se torna uma louca egoísta, preocupada só consigo mesma, a ponto de querer ver ele longe qdo vê q ele está doente. Nem um pouco de amor, depois do quanto ele amou ela. É que nem o Haymitch diz, nem em um milhão de vidas ela vai merecer ele. Aí, quando todos aquele desfile de torturas, batalhas enlouquecidas, mortes e insanidade, você espera um final que resolva um pouco as coisas, que mostre que aquilo tudo valeu realmente a pena, mas a gente só continua tendo uma Katniss louca, um final raso para Peeta, sobre o qual a gente nem sabe direito do processo de recuperação. E qdo ela fica com ele, não parece por amor, mas sim por necessidade de ter alguém ao lado dela. Sinceramente, a autora foi muito cruel e muito injusta para com o Peeta. Eu queria mais para ele!

    ResponderExcluir
  34. eu to de acordo com vc, fiquei noites sem dormir pra ler os dois primeiros livros, e nesse ultimo ele me dava sono, realmente odiava ver Katniss se escondendo em armários e tomando remédios o tempo todo, o ultimo saiu totalmente do contexto dos primeiros,a autora matou personagens sem necessidade, esqueceu de partes importantes tipo a (pérola) que Peeta da pra garota, e outra, ele do nada volta a ser bom e não quer mais matar ela, ela viajou nesse ultimo, e Gale que amava tanto a Katniss simplesmente sumiu...ficou apagado na historia, Odiei

    ResponderExcluir
  35. Aff odiei o fato da autora ter matado o Finnick! Foi o que mais me irritou, ele era meu personagem favorito :(((((( E nem pra Katniss empurrar o Gale (pessoa pela qual comecei a DETESTAR! Principalmente depois dele ter "arrumado um emprego legal no distrito 2" E simplesmente ter SUMIDO!) e entrar no buraco e puxar o bonitão do Finnick e explodir aquela porcaria toda com os bestantes dentro!Será que custava?????

    ResponderExcluir
  36. @suelen
    Simplesmente uma zona esse final. O fato de Peeta ficar junto de Katniss era obrigatório (e um alívio) pelo que passaram, mas deveria ter rolado um drama para ele "reencontrar" a sanidade e o amor dela. O livro até que não é ruim até ela chegar na mansão (embora bem mais frágil comparando com os dois primeiros). Mas depois dos bombardeios nas crianças, você se perde totalmente na narrativa. Collins te derrama um sem número de pensamentos da protagonista que você passa a duvidar do que é realidade e o que é delirio - você só se reencontra nos três capítulos finais. A morte de Prim foi ridícula do ponto de vista da história e, embora a morte da Coin seja razoável, a forma do fim de Snow é um desperdício. Sugeriria um clímax muito mais explosivo: ela escapa e entra na mansão. Depois de cambalear, finalmente encontra Snow, sozinho, já sabedor de seu destino. Consegue agir, mas é subjulgada, e aí ele despeja o discurso da inevitabilidade e sobre Coin. Passam-se segundos e Peeta aparece para salva-la. Mas aí, ele começa a perder de novo o sentido da realidade, estimulado pelos discursos de Snow. Katniss deve fazer aquilo que nunca foi boa, discursar. Ela então, começa a falar, enquanto Snow tenta aproveitar a oportunidade para se aproximar de uma arma. Enquanto isso, vê a urgência – é a última chance. Peeta a enforca. Ela diz que o ama, mas não funciona. Murmura mortes, dor, os Jogos, e nada. Daí, ela percebe que só há uma forma: diz a Peeta: “você disse que me amava desde que me viu pela primeira vez, quando fomos à Padaria eu e meu pai. E desde aquele dia, sempre me amou.” E pergunta: “Verdadeiro ou falso?” Peeta oscila, claramente tentando se lembrar. Seu rosto se contorce de dor. Dúvida. É a oportunidade de Snow. “Mate-a, agora!” E então ele fica calmo. Pega uma arma, com os olhos sem expressão voltados para Katniss. “Agora é o meu fim. Me perdoe, não consegui te proteger. De novo.” Peeta levanta, vira e atira em Snow. Quando Katniss olha para o rosto dele, lágrimas descem dos olhos dele, que larga a arma no chão, mão inerte. “Sempre. Sempre te amei. Nunca deixei de te amar. Desculpe.” Então cai sentado e coloca as mãos no rosto, chorando compulsivamente. Katniss corre para abraçá-lo, também chorando. De repente, Snow se ergue agonizante e dá um tiro em Peeta. Ele cai desmaiado. Katniss então em segundos pega o arco, retesa e acerta uma flecha, no coração do Presidente. Sua preocupação se torna Peeta. Ela não sabe o que fazer, muito sangue sai dele. “Me perdoe por tudo que te fiz passar”, diz ele. Ela responde “não foi culpa sua, nem minha. Foi dessa guerra idiota. Você tinha razão”. E mais lágrimas escorrem. “Você não vai morrer agora. Não agora que eu sei” Ele responde: “Sabe o que?” “Que minha vida será impossível sem você”. Ele sorri, mas começa a fechar os olhos. De repente, Prim aparece e um monte de gente a envolve. E ela não tem tempo de saber se ele está vivo ou morto.

    Daí,é só criar um desenlace decente e racional. O que acham?

    ResponderExcluir
  37. nossa. quando eu li the hunger games eu fiquei com vontade d quero mais.o final do livro me prendeu, "eu seguro sua mão abominando a hora de soltá-la" acho q me deixou muito apreensiva pra ler o proximo, certamente não me decepcionei em cating fire, mas eu acho q poderia ter mais massacre quaternário, as vezes eu me perdia, pensanso "peraí passou dois dias e ainda éh do mesmo? ou será q eu ñ tô prestando a atenção?" outra coisa é q a katniss ela se conforma em ser o Tordo pelo meu entendimento do livro2 na hora do vestido d noiva virar "fumaça" e o final q ela ver o chefe dos idealizadores finnick e haymitch conversando em deixá-la viva pelo q ela era "o tordo" e sem o q aconteceu com peeta me deixou com aflição pra querer ler o próximo só q quando as dádivas caem do céu e "aquela pessoa morre" realmente me fez pensar q todo o esforço da katniss ñ valeu a pena. outra coisa foi peeta e katniss na praia(quero ver o josh no filme kkk) os dois estavam apaixonados mais gale confunde a cabeça da katniss é amesma coisa do meu pai falar karollayne,seu amigo é tão legal, ele sempre está ao seu lado, vcs combinam tanto, são tão parecidos fisicamente e psicologicamente, é muita pressão e a katiniss ama o peeta mais se sente precionada pelo gale, q pra mim merece algo melhor do a katniss, cara o livro não era pra ter terminado "you love me? it's real or not real?" cara eu acho q era pra ter a vida deles. já que são os principais e esse negócio d "viveram felizes para sempre" não combina com jogos vorazes.então é isso parabéns pela resenha, pois a sua foi a única até agora q realmente me fez aceitar o fato d ñ fazer muito sentido


    bjs... karollayne costa :D

    ResponderExcluir
  38. Conheci 'Jogos Vorazes' pq vi o filme e me encantei pela historia, principalmente pelo personagem Peeta s2, haha, e fui ler a trilogia, devorei em menos de um mes os 3 livros, o segundo em apenas UM dia, gostei dos dois primeiros livros, estava suuper ansiosa pelo desenrolar da guerra, e claro do triangulo amoroso, que nao eh o foco do livro, porem nao mata ninguem, nem destroi o foco real do livro, gostei do livro, nao eh ruim, soh acho que DEIXOU MMMMT A DESEJAR o fim, por conta de Peeta e ela, era pra a autora der dado mais enfase, mais detalhes, foi mt vago, evasivo, simplismente Gale SOME, nem tem uma conversa decente com Katniss onde ela deixa claro que escolheu Peeta, Gale dizia, era descrito a amando tanto e depois SOME, o que aconteceu com Peeta foi de cortar o coracao, QUASE CHOREI, afinal tiram dele, o sentimento mais intenso, o que o faz mais bondoso, seu amor incondicional por Katniss, claro, foi uma otima jogada da autora tirar esse sentimento, mas ela pecou pq era pra Katniss ter conquistado ele, ter feito ele se apaixonar por ela, como ele fez ela se apaixonar por ele com o tempo, pq afinal segundo o livro ele a esqueceu, tanto que diz ''eu devo te-la amado muito.'', depois no fim ele simplismente aparece e fica com ela, sem nada, uma declaracao de mao,r uma conquista, TODO mundo sabe que o foco do livro nao eh romance, apesar da adaptacao pro cinema ter dado mmmmmt enfase no triangulo amoroso, mas nao ia matar a essencia do livro, uma declaracao da Katniss pro Peeta, uma conversa que fosse, com o tempo ela o conquistava, mas nao, nenhuma enfase foi dada, foi como deixar um ENORME ponto de interrogacao, uma questao que nao foi resolvida e eresultou naquilo, como ter esquecido de escrever uma parte, ODIEI isso, maaaaaaas pelos menos eles acabam juntos e com filhos,(liinda essa parte), o que da a entender que soh Peeta a convence a fazer algo que ela teve certeza que nunca faria, uma prova de amor dada por ela ne, afinal o Peeta conquista qualquer um e desde o INICIO a merecia.

    ResponderExcluir
  39. Laura Ventura Como uma team Gale sou suspeita pra falar, além disso já deixei minha posição clara na resenha hahahaha

    O ponto é, eu acho que ela teve filhos, não por causa do Peeta, mas porque não tinha mais os Jogos, então nada mais a impedia de ter uma família completa.

    ResponderExcluir
  40. Odiei o livro, gostei tanto dos dois primeiros

    Peeta é muito foda, não no termo foda pq ele é um bundão em luta, mas ele sacrificaria tudo por amor a katniss, ela deveria em algum ponto no final do livro deixar de ser egoista e pensar nele e pelo que eu entendi pelo desespero dela querer recuperar ele da capital ela o ama, e muito, mas nao demostra nada, o final faltou um pouco de sentimento , gostei de ela ter ficado com ele mas eu esperava mais :/ decepcionada

    ResponderExcluir
  41. Perfeitas palavras
    "PAULA MORGAN disse...

    Nossa, sem palavras. Odiei o livro tanto quanto amei os dois primeiros. De tudo, o que mais me revoltou foi o que aconteceu com Peeta. Ele era a melhor personagem da série, a pessoa que fez todos os sacrifícios para ficar ao lado de Katniss, e é esse destino que é dado para ele? Ele passa a maior parte do livro ausente - ou pq está sendo torturado na Capital ou pq está louco e não é mais ele, e aí a gente fica esperando que ele se recupere, ou que a Katniss pelo menos demonstre que ama ele de verdade, e nada acontece. Ela se torna uma louca egoísta, preocupada só consigo mesma, a ponto de querer ver ele longe qdo vê q ele está doente. Nem um pouco de amor, depois do quanto ele amou ela. É que nem o Haymitch diz, nem em um milhão de vidas ela vai merecer ele. Aí, quando todos aquele desfile de torturas, batalhas enlouquecidas, mortes e insanidade, você espera um final que resolva um pouco as coisas, que mostre que aquilo tudo valeu realmente a pena, mas a gente só continua tendo uma Katniss louca, um final raso para Peeta, sobre o qual a gente nem sabe direito do processo de recuperação. E qdo ela fica com ele, não parece por amor, mas sim por necessidade de ter alguém ao lado dela. Sinceramente, a autora foi muito cruel e muito injusta para com o Peeta. Eu queria mais para ele!

    ResponderExcluir
  42. Acho que é uma opinião quase unanime que o terceiro livro deixou muito a desejar...
    Como as ultimas declarações do Snow eram "Verdade verdadeira"
    e com isso ela poderia ter desenvolvido mais a parte do distrito 13 vir a se tornar uma nova capital

    ResponderExcluir
  43. Concordo com vc !!!!! acabei de ler o livro e vc disse td que eu pensava !!!!!

    ResponderExcluir
  44. Olá, parabéns pela crítica. Acabei de ler a trilogia e concordo com você em praticamente tudo! Acho que a história merecia um final mais decente! As mortes que ocorreram foram pouco exploradas, principalmente a do amigo que morreu nas mãos do bestante.. depois de tudo que ele fez por Katniss e por Peeta... e a segunda morte, então? Fiquei me perguntando... De qe adiantou tudo isso ter acontecido?
    E a Katniss votar a favor de mais uma edição dos Jogos com crianças da Capital só fez Peeta se manter como o meu personagem favorito, de longe!!
    Sem contar que ficamos sem saber sobre um monte de coisas... Será que realmente aconteceu a falada nova edição dos Jogos? Fica meio confuso já que depois da conversa onde isso é decidido, a Katniss faz algo que supreende a todos (exceto a mim haha).. E não se sabe se com o rumo que tudo tomou, isso vai acontecer..
    E realmente, muitas outras coisas ficaram em dúvida..
    Mas por outro lado, eu tiro meu chapéu pra autora por ter abordado tão bem muitas questões sociais importantes.. Principalmente quando analisamos o efeito que uma guerra causa na população... Insanidade, desesperança... Foi isso que eu senti no final do livro.. Desesperança (até irônico pela escolha ilógica dessa tradução).. é por isso que não achei o final "felizes para sempre".. Senti mais algo como se eles estivessem lutando diariamente por uma sanidade que foi roubada deles... Como se aquilo nunca fosse realmente os deixar... E talvez seja isso que ela quis passar.. Que os efeitos de uma guerra são irreparáveis... :)

    ResponderExcluir
  45. Horrível! Horrível! Se alguns acharam o começo do 1 livro sem ação se preparem pra muito de doenças, hospitais e conversas sem nenhum sentido. Mortes desnecessárias e histórias cortadas sem nenhum fim. Várias frustrações! Katniss agrupa seu "batalhão", invadem o Capitol sozinhos, por baixo da terra, Finnick morre, eles entram no Capitol, entrão na multidão e quando tu achas que eles vão realmente fazer algo acontecer de importante e serem cruciais ao fim da históriaaaa... Benw! Katniss e Peeta em fogo, Gale preso, e os 2 que saíram na frente simplesmente somem do livro.. Tipo.. Haan?? São totalmente inúteis à captura de Snow, a tomada do poder, como isso se reflete nos distritos e no povo de Panem. Continuando as cagadas a autora mata a irmã que foi o sentido de tudo, a força de katniss. A vontade de parar de ler bateu forte, mas continuei pra ver no que dava, e quando finalmente penso que teremos algo emocionante, que lave a alme do povo oprimido (Depois de mais baboseira de Katniss se recuperando em hospitais) com um Hunger Games com as crianças do Capitol e a Mockingjay matando o Presidente Vilão... Quen quen quen... Mais fatos alheios ao leitor. Snow morre engasgado?? RIDÍCULO! Ao menos um Hunger Games com os GameMakers, sei lá, algo que fizesse os da Capitol humilhados, mas nem isso sabemos, já que nada é falado a não ser Katniss, PELA MILÉSSIMA VEZ num hospital se tratando. Volta ao 12, GALE SOME E TRABALHA NA TV?! E vemos um final chato, com 1 página ridícula de crianças cantando a certeza que a autora teve com prioridade passar as questões sociais aos leitores, sobre guerras e etc, deixando de lado Panem, seus distritos, seus moradores e todo o resto. Como fica o país? Qual o sistema de governo? Parlamento? República? Como isso acontece? E o povo de Capitol, o que fazem? Haymitch acaba o livro como começou? Apenas bebendo? O futuro do mundo do livro foi deixado de lado pra mostrar, "mais-uma-vez-de-novo-novamente" Katniss se recuperando de algo irrecuperável, com a irmã morta e a mãe distante, longe de seu companheiro de caçada, apenas cantando como uma maluca com 2 crianças.

    Horrível, simplesmente isso, no fim das contas Katniss, Peeta,Gale Finnick, ao meu ver, foram completamente inúteis e alheios a vitória dos Rebeldes.

    E no livro onde li a palavra morfina e hospital umas 100 vezes, pergunto... CADÊ Johanna? hahahaha. Decepção.

    ResponderExcluir
  46. muito bom o livro.. e eu nem gostava da série. vocês não estão entendendo nada! kkk ela disse que sim, aprovaria um novo hunger games pra ganhar a confiança de Coin, que ela percebeu que seria uma autoritária tão nojenta quanto Snow, para poder matá-la. Afinal a idéia de um hunger games com as crianças da capital veio de Coin. O livro trabalha muito bem a questão de que numa guerra não existe resultado que envolva paz. A insanidade e melancolia de Katniss refletem todas as perdas. Não houve final "feliz para sempre". Ela tentou se matar diversas vezes no pós guerra.. foi muito realista. Mas poderia ser melhor, sim.

    ResponderExcluir
  47. Parece que eu escrevi essa resenha....concordo com você. Odiei o final. A autora ficou sem imaginação para o desfecho e saiu matando geral, arruinando uma obra que eu li apaixonadamente até o final do terceiro livro...=/

    ResponderExcluir
  48. Respostas
    1. Oi Victória,

      Não, o Peeta não morre (:

      Beijos
      Jessie

      Excluir
  49. Nossa, você resumiu muito bem o sentimento que ficou desse último livro. Concordo com a parte em que tal personagem simplesmente some da história e vai para o 12. Eu achei que ele fosse voltar, e aí sim o final do livro teria sido bem melhor. To com raiva até agora. O que essa autora estava pensando? Não sei se encaro alguma outra obra dela. Queimação total de filme!! Tô com raiva

    ResponderExcluir
  50. Também não gostei nada do terceiro livro. Concordo em tudo.
    Parecia que a autora estava com preguiça de escrever.
    A historia por ela contada poderia muito bem encerrar-se com mais 1 volume, pelo menos.

    Faz 2 semanas que acabei de ler o livro e até hoje não me conformo, sinto que perdi tempo e que uma historia que tinha tudo para ser excelente foi perdida. Decepção.

    ResponderExcluir