Estilhaça-me - Tahereh Mafi

Sinopse:


Ninguém sabe por que o toque de Juliette é letal, mas O Restabelecimento tem planos para ela. Planos para usá-la como arma. No entanto, Juliette tem seus próprios planos. Após uma vida inteira sem liberdade, ela descobriu uma força para lutar contra todos pela primeira vez — e para obter um futuro com o garoto que ela pensou que fosse perder pra sempre. 


Juliette nunca teve uma vida normal. Era vista pela maioria das pessoas como uma ameaça, uma aberração, um monstro. Nunca pôde ter contato íntimo e verdadeiro com as pessoas, pois o seu toque é letal. Quando a história começa sabemos que ela está aprisionada há 264 dias. Todo esse tempo sem falar com ninguém, sem ver ninguém... Completamente sozinha. Até que ela ganha um colega de quarto — Adam.

O mundo em que eles vivem não é como o mundo que conhecemos. O mundo é governado pelo O Restabelecimento. A vegetação não cresce, é necessário racionar água e energia, os dias são cinzentos e nem mesmo os pássaros voam mais... Esse novo regime visa recriar tudo. Destroem livros, tentam criar uma nova língua Universal visando extinguir o inglês. Eles não querem que nada seja como antes, como se o mundo que conhecemos hoje estivesse todo errado, e está?

“O Restabelecimento prometeu um futuro perfeito demais para ser possível e a sociedade estava desesperada demais para não acreditar. Elas nunca perceberam que estavam vendendo suas almas a um grupo que planejava tirar vantagem de sua ignorância. Seu medo.” — Página 57

A ideia do livro é instigante, e durante, mais ou menos as 100 primeiras páginas ele consegue ser realmente interessante. Mas, a partir de um dado momento o romance toma espaço demais e não deixa que a história se desenvolva satisfatoriamente. Em situações de perigo onde o leitor está ávido por alguma cena de ação nós somos surpreendidos com algum pensamento de Juliette sobre como o Adam é irresistível e como ela não se lembra de como respirar e em como ela quer beijá-lo e tocá-lo e... Sério?!? Isso é frustrante.

Por ter vivido todos os seus dezessete anos sedenta de afeto e contato físico com outras pessoas era de se esperar que Juliette fosse um tanto abalada, insegura, talvez durona... Mas ela se solta e convive com tudo com tanta naturalidade que fica difícil acreditar que ela não teve uma vida ‘normal’.

O Restabelecimento também não funcionou muito pra mim. Para praticamente todos os atos de revolta os personagens facilmente encontravam uma brecha para realizar tal coisa. Nenhum Governo é capaz de monitorar ou controlar tudo, sim. Eu concordo. Mas, O Restabelecimento passa fracamente a ideia de autoritarismo. Isso — a meu ver — foi uma falha considerável por se tratar de uma distopia.

Confesso que não terminei o livro curiosa pela continuação. Digo honestamente que senti alívio ao termina-lo para assim, partir para outra leitura que espero que seja mais elaborada e proveitosa. Consta que o segundo livro — da até então trilogia — será lançado dia 5 de fevereiro de 2013 nos EUA com o nome de Unravel-me. (Desvenda-me).


BOOKTRAILER


SOBRE A AUTORA

Tahereh Mafi é uma garota. Ela nasceu em uma cidade pequena em Connecticut e, atualmente, mora no Condado de Orange, Califórnia, onde o clima é um pouco perfeito demais para seu gosto. Quando não consegue achar um livro, ela é vista lendo embalagens de balas, cupons e receitas antigas. Estilhaça-me é seu primeiro romance.



Classificação final: 



Livro: Estilhaça-me — Livro 1
Autora: Tahereh Mafi
Páginas: 304
Editora: Novo Conceito 

30 comentários:

  1. Olá,

    sério, sempre espero com muita ansiedade um post desse blog, e vale muito a pena.
    o blog é demais.
    E a respeito do livro, a sinopse me chamou atenção, mas a capa, apesar de bonita, me pareceu que seria um livro meloso demais. ahsuahauah
    Mas ainda sim, acho que pretendo lê-lo. Talvez.
    òtima resenha.

    Lucas / Era uma vez...
    http://livrosecontos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, Mandinha! Eu tive as mesmas impressões que você. A história tem uma ideia interessantíssima, mas a autora se perdeu e não conseguiu manter o nível. A narrativa que mais cedo tinha um brilho diferente, me pareceu tornar-se comum.
    Eu quero ler o segundo volume da trilogia (que eu espero que seja mesmo uma trilogia). Não estou ansiosíssimo, mas pretendo seguir com a série.
    Mandinha, parabéns pela resenha, por ter sido sincera.

    Beijos!
    @Jonathan_HGF

    ResponderExcluir
  3. li umas resenhas super positivas sobre esse livro e outras nem tanto...
    Estava bem ansiosa mas, como a sua resenha, as resenhas negativas me deixaram pra baixo com relação a esse livro!
    As vezes num livro o romance nem é tudo =P

    Beijos.
    #Resenha falada.

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei TAAAAAAAAAAAAAAAANTO D:
    Achei que nossa opinião ia ser a mesma, ora bolas '-'-

    beijo
    Matheus

    ResponderExcluir
  5. Essa é a segunda resenha desse livro que eu leio, por enquanto. Fiquei dividida ao ler a sua, pois a outra foi bem positiva. Gosto de ler resenhas um tanto negativas para não me deixarem com aquela falsa esperança de que o livro será 100% bom. É sempre bom colocar os pés no chão, e não ter tantas expectativas quanto à história. Fiquei curiosa pra tirar minha própria conclusão, acho que será uma das minhas próximas leituras.

    Beijinhos,
    May ;*

    ResponderExcluir
  6. GRAÇAS A DEUS alguém concorda comigo. A narrativa da Juliette é tão perfeita no começo e, de repente, ela muda tudo. Como se anos de sofrimento fossem compensados por uns amassos legais com um gostosão!

    Eu juro que terminei esse livro rindo. Foi um banho de água gelada no meio do inverno!

    Eu tava vendo tanta gente achando o livro maravilhoso e aceitando bem a coisa toda que eu tava começando a pensar que eu quem fui chata demais ao julgar o livro.

    Beijos!
    Nayá

    ResponderExcluir
  7. @Nayá
    hahaha #fato! Estava gostando muito do livro no início, mas depois tudo se perdeu. :\ Já estava um saco essa "necessidade de Adam" que ela passou a ter a partir de dado momento da história. >_< Mas teve gente que gostou ne... Pra mim não funcionou muito bem não.

    Beijos!
    ;]

    ResponderExcluir
  8. Oie!

    AFF, você falou tudo. A narração tava perfeita, os personagens tavam perfeitos - o Warner tava perfeito - até que de repende toda aquela coisa desesperada parou... E o que mais me miou de tudo foi a parte X-Men da coisa toda. Poxa, tava esperando algo completamente diferente e aí... Aff, só faltei chamar o povo de Magneto e Professor Xavier ><" hahaha

    Beijoooo!

    Ju
    julianagiacobelli.com

    ResponderExcluir
  9. Olha eu fiquei bem curiosa em comprar esse livro. Ainda bem que não comprei.
    Sinto que não é bem o tipo de coisa que procuro. E sinceramente, estou de saco cheio de trilogias e series com milhões de livros. O que aconteceu com uma bela história com começo/meio/fim e apenas um livro? hahaha

    Do resto, gostei da resenha querida!

    Beiijos
    http://aoinfinitoealem.com/

    ResponderExcluir
  10. Nossa você foi uma das poucas pessoas que vi/li dizendo que não gostou do livro :S e isso só me deixa com mais vontade de ler o livro HUEHUEHEUHEUHEU'.

    Beijos,

    Cantinho de uma garota
    @thalita0liveira

    ResponderExcluir
  11. Esse livro é igual a sushi. Tem gente que ama... tem gente que odeia :)
    Estou doida pra saber de que time vou fazer parte!
    Ótima resenha!
    Bj

    ResponderExcluir
  12. Nossa, se tivéssemos combinado de postar juntos não daria certo....kkkkk
    Eu meio que gostei do livro, tipo, ele é um GRANDE CLICHÊ, mas é um clichê que eu adoro, que são pessoas com super poderes. Confesso que no começo do livro, quando a Juliette ficava divagando no caderninho, eu tive
    vontade de cortar os pulsos, mas, ainda bem que isso passa...kkkkkk

    Abraços,
    http://www.vidadeleitor.com/

    ResponderExcluir
  13. @Matheus Braga

    hahaha, é mesmo! Postamos a resenha quase no mesmo dia. Nem sei se eu o considero clichê... Pra mim foi uma cópia meio descarada mesmo, haha.

    Bjo!

    ResponderExcluir
  14. Olá!!!

    Passando pra conhece-las pois já tinham me falado super bem do blog de vcs! Um beijo e uma Pascoa linda para as duas!!

    ResponderExcluir
  15. Eu vou logo para as impressões sobre o livro e, sinceramente, não vou mais ler o livro =/
    Aff... gosto de romance, mas "muito é demais".
    Beijo Mandita linda!

    ResponderExcluir
  16. É tanto comentário sobre este livro que não sei mais o que pensar. Alguns amam, outros odeiam, outros são meio-termo.
    Acho mesmo que só vou ter minha opinião formada a partir do momento em que eu terminar a leitura.
    Mas é legal saber o que o pessoal tem pensado.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. @Fernanda Falleiro

    Olá Fernanda!

    Obrigada pela visita e volte sempre! ;) Uma ótima páscoa pra você tb. =*

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Eu li esse livro e ao contrário de vc, adorei! Amei, para falar a verdade, virou um favorito. Sei que a parte distópica do livro não foi muito bem desenvolvida, mas mesmo assim eu relevei isso, por ter gostado MUITO do romance. Achei a narrativa da Tahereh muito boa!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Oi Mandinha
    estou na metade e gostando bastante. Apesar de alguns furos na história, achei o romance encantador e a distopia bem desenvolvida ( por enquanto)
    bjos

    ResponderExcluir
  20. Oie Mandinha.

    Sinceramente estou com um certo pé atras com Estilhaça-me. Experiencias anteriores me mostraram que quando o livro tem muita propaganda ele não é 25% do esperado. Foi assim com Julieta Imortal só para citar um exemplo.

    Estilhaça-me está entre as minhas proximas leituras, mas não tenho grandes expectativas não.

    Ótima resenha!

    bjus

    anereis.

    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  21. Gostei muito da resenha porque ela é a primeira que leio que não cai de amores pelo livro. É sempre bom ver opiniões diferentes, pra não lermos cheios de expectativa, sabe? Apesar de estar muito ansiosa pela leitura, já vou preparada =D

    Feliz Páscoa, meninas!

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  22. Eu tô muito saturada de histórias mais pesadas, meninas. A Shriver me esgostou, então estou com muita vontade de ler um YA bem fofinho, sem nenhuma grande reflexão, simplesmente uma leitura agradável! :)
    Essa é a segunda ou terceira resenha que leio e a primeira menos positiva das três. Acho que 3 semanas atrás, se eu tivesse lido, teria achado mais ou menos a mesma coisa, mas agora acho que será uma ótima leitura.

    Beijo,

    ResponderExcluir
  23. Amanda <3
    Eu estou desesperado para começar a ler esse livro D:
    Espero n demorar muito.
    Você disse a mesma coisa que o Jonathan do blog "No mundo de alguém". No começo o livro funciona que é uma beleza, e logo depois fica difícil ir até o final.
    E eu n sabia que teria continuação O_O achei que era um só.
    Eu estou cheio de expectativas com esse livro, espero n me decepcionar :/
    bjs!

    ResponderExcluir
  24. Oi Amanda,

    Eu estou curiosa para ler, gostei da capa e do tema. Mas esta coisa meio vampira do x-men me deixa cismada hehe. Espero gostar mais do que vc, mas acho que vou passar mais uns na frente na fila. :P

    beijos

    ResponderExcluir
  25. Ah, eu li este livro e AMEI
    Estou louca pela continuação e devorei o livro
    mas ainda não fiz resenha, então as ideias não estão no lugar

    To seguindo aqui *

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Eu AMEI este livro Mandinha rs. Claro que não é o melhor do mundo, mas me conquistou bastante.
    Acho muito legal como cada livro desperta emoções diferentes em cada leitor. Sua resenha ficou ótima ;)

    Beijos
    Livros e blablablá

    ResponderExcluir
  27. Eu comecei a ler o livro ontem e não consegui avançar muito então não da para ter uma opinião, mas algo me diz que ele não vai me agradar tanto quanto eu gostaria...
    Beijoos

    CC
    http://blogcabelosaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. gostei do enredo! (* Realmente lembra um pouco de Vampira do X-mem, masisso da ocupação mundial me recordou o enredo do livrosda Série "Amanhã, quando a guera começou".)
    Eu gosto de livros com uma abordagem diferente, e estou ansiosa para ler este também!
    Bjus, @Sonynha_h

    ResponderExcluir
  29. Pooxa, Amanda, eu gostei do livro, devorei em uma noite só, acredita?
    E não teria gostado tanto se o enfoque não fosse no romance. Eu senti a angústia da Juliette e até acho compreensível o que você diz sobre ela não ter sentido tanto receio em tocar alguém, mas ela não tocava ninguém há tanto tempo e saber que um pode ser invulnerável ao seu toque deve ter sido um alívio. A tensão entre os dois é muito forte, o desejo que eles sentem um pelo outro me contagiou, sabe? Só o final que foi X-Men demais, mas ok.

    Beijo!
    Ana - Na Parede do Quarto

    ResponderExcluir
  30. Achei essa capa maravilhosamente linda!!!
    da primeira vez que vi esse livro já queria comprá-lo...só não o fiz porque queria o kit completo...entao estou 'esperando' o meu nome sair em algum sorteio do kit estilhaça-me...rsrsrsrs...mas adorei a historia...achei um pouco triste o fato da garota não poder tocar as pessoas e viver isolada de tudo e de todos...que triste...
    mas admiro a criatividade da autora ao escrever o livro...

    ResponderExcluir