Paixão - Fallen #3 - Lauren Kate

Sinopse

Luce morreria por Daniel. E morreu. De novo e de novo. Ao longo do tempo, Luce e Daniel se encontraram somente para serem dolorosamente separados: Luce morta, Daniel deixado machucado e sozinho. Mas talvez não precise ser dessa maneira... Luce está certa que algo - ou alguém - em uma vida passada pode ajudá-la em sua vida presente. Então ela começa a jornada mais importante desta vida... voltando eternidades para presenciar em primeira mão seus romances com Daniel... e finalmente descobrir o segredo para fazer seu amor durar. Cam e a legião de anjos e Exilados estão desesperados para pegar Luce, mas nenhum deles está tão agitado quanto Daniel. Ele vai atrás de Luce através de seus passados em comum, com medo do que pode acontecer se ela reescrever a história. Porque então seu romance corre o risco de acabar... para sempre.


Todo mundo na blogosfera já ouviu falar da enfadonha série Fallen. Muita gente gosta bastante da série eu, particularmente, a detesto. Só leio porque gosto das capas e mesmo assim acho a de Paixão bem feinha. Essa resenha possui spoiler dos livros anteriores!

Depois de uma briga entre anjos caídos, demônios e um terceiro grupo de seres no quintal de casa, Luce decide fugir através dos Anunciadores (aquelas sombras que ela vê o tempo todo), assim começa a viagem da adolescnte ao longo de eras. Seu objetivo é entender melhor o que aconteceu com ela e seu grande amor, como essa maldição terrível surgiu. Lucinda (argh a tradução desse nome!) quer saber o começo disso tudo e como Daniel não conta nada ela decidiu procurar tais respostas por si mesma.


Em todas as suas vidas ela se vê morrendo por Daniel, vê a dor nos olhos dele toda vez que seu corpo entra em combustão nos braços do amado, percebe o quão difícil é para ele ter que conviver com as lembranças de todos os momentos que eles passaram e esperar que ela volte, mas o que a impressiona mais é que ele continua amando-a cada vez mais. Enquanto à ela restava o esquecimento e alguns anos de uma vida normal.

Assim que ela embarca nessa jornada seu eterno protetor também entra em um Anunciador, mas o problema é que Daniel nunca consegue chegar na hora certa. Ele sempre está um pouco atrasado, quando tem sorte. E eles ficam nessa brincadeira de gato e rato durante quase todo o livro. 

Dentro do seu Anunciador, porém, Luce encontra um amigo que se mostra mais do que disposto a ajudá-la com sua missão (se é que isso pode ser chamado de missão) fazendo com que ela chegue aos lugares certos e nas horas corretas, mas ela corre um grande perigo e agora precisa, mais do que nunca, de seu anjo caído próximo a ela.

Eu nem sei por onde começo a reclamar sobre esse livro. Bom, primeiro preciso falar que a Luce é uma das personagens mais idiotas de todos os tempos, depois de fugir de Daniel no final de Tormenta, ela passa Paixão inteiro reclamando sobre ele estar longe. Se era assim pra que correu dele?! Segundo, ela é uma songa-monga! Eu fico me perguntando se Luce e a Bella (Crepúsculo) não foram separadas em alguma maternidade literária, porque convenhamos, elas são muito parecidas (não é um elogio). Também preciso comentar o fato de que a Lauren Kate criou uma personagem masoquista, quem é que vai ficar voltando através dos milênios para se ver morrer além dela? Ela volta só pra isso gente, só pra se ver pegando fogo nos braços de Daniel. Uma vez que eu me visse passando isso bastava para mim, porque eu sou normal!

E esse é o ponto mais importante do livro para mim! A autora queria fazer a personagem viajar no tempo, até aí tudo bem. Recentemente li uma obra que também possui uma viagem pelo tempo e ela é fantástica, só que a Lauren Kate tem o dom de tornar coisas interessantes em tediosas. Durante umas 250 páginas do livro (mais ou menos) que tem 377 páginas (segundo o skoob) a Luce está voltando no tempo pra se ver morrer, ou seja, uma repetição de fatos que não eram de forma alguma necessários! 

A minha vontade era de ir saltando páginas e mais páginas para ver se eu me cansava menos da narrativa, que pra piorar ainda as coisas é feita em terceira pessoa! [começo do spoiler] E quando eu penso que a Lauren Kate já tinha se superado ela me coloca uma cena no livro onde Daniel barganha com Deus durante a queda dos anjos! Também não tenho absolutamente nada contra com o fato de envolver Deus em histórias, mas acho que isso deve ser feito com brilhantismo e caso não saiba fazer é melhor nem tentar. [fim do spoiler]

Fora todo o problema da história eu ainda encontrei um erro de data no livro, Lauren Kate decide nos colocar de volta na passagem do prólogo de Fallen, mas as datas não batem, não sei se foi erro na tradução ou da própria autora, fato é: ele está lá pra todo mundo ver. Mais um ponto negativo pro livro, que já tem poucos comigo ¬¬.

Acho que posso estar até sendo cruel em analisar o livro assim, mas com a sutil melhora em Tormenta eu esperava um pouco mais de Paixão, não que tenha me decepcionado também, pois esta nunca foi uma das minhas séries favoritas, como eu disse antes leio porque gosto das capas e apenas isso.

Bom, quanto à capa eu nem preciso me pronunciar, apesar de esta não ser a minha favorita e eu não achá-la tão bonita assim, mas muitos leitores acham. Quanto a diagramação do livro, ela continua idêntica a dos livros anteriores.

Sei que essa série agrada muita gente e que fique claro que eu respeito isso, então espero que não haja comentários desrespeitosos nessa resenha como aconteceram com as duas anteriores, sendo esses os comentários que tinha para fazer da série para esse livro dou uma estrela.

Classificação final:

13 comentários:

  1. Nossa Jessie, uma estrela? hehehe Eu nem li direito a resenha, só li o início e o fim pq nunca li nada da série e gosto de surpresas.. hehe Vai que um dia eu resolvo ler Fallen, melhor não ler os spoilers. Mas pelo visto não é uma série que vc recomenda né? hehe
    Bjs, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  2. sinceramente? fiquei feliz com a sua resenha! hahaha
    eu sempre pensei que fosse a unica a detestar esta serie, pois todos sempre falam bem dela :P
    achei que eu é que estava louca quanto a este fato das datas que vc comentou... acabei de perceber que eu estava certa hahaha

    ResponderExcluir
  3. Por um acaso tu és doutora em Teoria Literária pela USP, Jminha cara Jessie? Se são obras de entretenimento para meninas_ entre 12 e 18 anos_ não devemos esperar muita qualidade literária mesmo. As duas sagas são bonitinhas e feitas sobre medida para agradar essa faixa etária, e só.

    ResponderExcluir
  4. @Microcosmos de Renna Shantal Oi, tudo bem?
    Eu não sou doutora em literatura pela USP, mas em momento algum tomei posse de um título que não tenho.
    Essa resenha transmite apenas a minha opinião sobre uma obra, eu não gosto e fundamentei isso durante vários parágrafos. Se você gosta, que bom.
    Na minha opinião faltam qualidades à escrita da Lauren Kate e não vou indicar para os leitores do meu blog algo que não gostei.
    Sobre o fato de ambas as séries serem para um público infanto-juvenil, acho que está um pouco enganada jovem-adulto, por favor, pesquise sobre esse estilo de escrita um pouco mais afundo.
    Mas aceitando ainda a sua teoria de que seja para um público com uma faixa etária menor que a minha (diferença de dois anos!), tenho duas ponderações a fazer.
    A primeira delas é que Harry Potter e a Pedra Filosofal foi idealizado para um público mais novo e nem por isso eu falo mal dele e olha que reli recentemente o livro em questão. O fato é que quando uma obra é boa, não importa a idade.
    A segunda é de que, ainda admitindo seu argumento sobre a faixa etária você não acha que justamente por isso, por poder influenciar uma pessoa em fase de desenvolvimento, a personagem deveria ter mais força e não apenas fazer sua vida girar em função de um garoto?

    Só mais uma coisa, antes de tratar as pessoas com tamanha falta de educação pense se gostaria que a tratassem assim.

    Att

    ResponderExcluir
  5. Não vejo a hora de ler o final desta série para saber como tudo termina. Lucy muitas vezes me irritou ao longo dos volumes.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Oi. Comecei a ler essa série por causa da capa também e achei o primeiro livro mediano, então continuei e achei cada vez pior. Já li o quarto volume e apesar de ter achado que Paixão é o pior da série, achei o final bem fraco também. Parece que durante toda a série a autora tentou fazer um suspense para algo que era bem tosco no final das contas.Concordo que Luce é uma personagem boba e tão sem brilho quanto a Bella. Enfim, me identifiquei com a resenha!
    Abraços;
    Niki
    http://www.meigaemalefica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu adorei Fallen e achei Paixão o melhor livro da série. Para quem gosta de romance é uma boa opção.

    http://www.leiasempre.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi Jessie <3
    Enfim, essa série não me chama atenção, as capas sim, mas a história em si não chama. Muito disso claro vem de seus comentários que não me estimulam a ler. E como eu CONFIO nas suas críticas, nem me arrisquei a comprar livros onde a personagem principal parece ser uma irmã da Bella ¬¬
    Sua resenha ficou ótima, expôs muito bem os pontos, deixou claro o que não gostou e nunca faltando com respeito a obra e nem a editora. E esses são elementos que sempre estão em suas resenhas, é um apena que existam pessoas que não sabem respeitar a opinião alheia e ainda vem com comentários chatos e que poderiam nem ter existidos.
    Enfim, bola pra frente que ainda existem leitores respeitadores e que entendem muito bem a opinião de blogueiros ;DD

    Mil beijos minha flor
    http://minhasalaprecisa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é uma bomba. Péssimo do início ao fim. Luce é uma anta por acreditar no primeiro bicho que aparece e Daniel um lerdo que fica correndo atrás dela. Muito mimimi pra pouca história. Se prepara pra êxtase, pois consegue ser ainda pior. Parabéns pela resenha!

    Beijooooos

    Gleice
    www.murmuriospessoais.com

    ResponderExcluir
  10. Sinceramente eu li Fallen e adorei o livro, apesar de a principal ser meio idiota, digo isso por causa de muitos de seus atos precipitados ou até mesmo alguns sem sentido, bom, continue lendo a série porque eu tinha gostado e eu adorava o Cam (nunca gostei muito do Daniel), mas conforme fui lendo as continuações fui perdendo um pouco da paixão que eu tinha pelo primeiro, eu me decepcionei bastante com a autora, esperava bem mais, odiei Paixão, sinceramente podia tirar esse livro, não ia fazer muita diferença para mim.
    Li o último faz pouco tempo e para mim a história se perdeu,com isso passei a gostar apenas dos dois primeiros livros da série, nada mais.

    Beijos,
    Cyntia
    pelerinedesmots.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Desculpe a sinceridade, mas nunca li tanta porcaria junto, eu não sei de onde a autora se baseou para fazer essa série, os livros São ridiculos do 1 ao último. Eu continuei lendo pra vê se no final dava uma melhorada, mais infelizmente, só perdi meu tempo. O último que eu esperava algo extraordinário, uma total decepção. Não recomendaria jamais.

    ResponderExcluir
  12. Paixão é surpeendente só quem entende sabe julgar é fácil vai e escreve um livro melhor então aff

    ResponderExcluir
  13. Olha, eu respeito a opinião de quem gosta. Não obrigo ninguém a concordar comigo, tampouco acho que a minha opinião é melhor que a dos outros. Mas EXIJO respeito. Que bom que você gosta da série, mas como acontece com muitos outros leitores não convenceu a mim e durante toda a resenha expliquei os motivos. Julgar uma obra (ainda mais com tantos fãs) não e fácil exatamente pela falta de respeito que estes mostram quando encontram algo que não estava elogiando a história pela qual são apaixonados, mas no Lendo & Comentando primamos pela sinceridade, não vou postar uma resenha recomendando e elogiando uma obra da qual não gostei.

    Espero mesmo se você um dia voltar a comentar no blog em qualquer outra postagem lembre de respeitar a opinião alheia, a diversidade de ideias e importante também.

    Atenciosamente.

    ResponderExcluir