Concurso Cultural: Votação!

Oi gente! Hoje começa a segunda etapa do nosso Concurso Cultural gritinhos de alegria onde vocês vão escolher a melhor história de verão enviada! A votação vai até o dia 13/03. Antes de passar para a seleção gostaria de dizer que foi muito difícil chegar a apenas três histórias para colocar aqui nesse post (sério, vocês não têm ideia!), mas regra é regra. Para cada pessoa que quebrou a cabeça inventando ou simplesmente contou uma das coisas que aconteceu durante o verão, deixo o nosso agradecimento, foi maravilhoso saber um pouco mais sobre vocês, mesmo quando a história não era real deu pra conhecer um pouco a pessoa. Então, sem mais enrolação, bora conhecer as três finalistas?

Lembrando apenas que as histórias estão na ordem em que recebemos e não da que gostamos mais ou algo do tipo, ok?

Primeira finalista: Amanda Carolina Fabeni

Ainda não era verão quando isso aconteceu. Mas era um final de semana tão quente quanto. Havia um evento de anime na minha cidade, onde eu e minhas amigas iríamos, no sábado pelo inicio da tarde. Caminhando pelo evento, conhecendo pessoas legais, provando docinhos exóticos e gastando todo o dinheiro em bugigangas, eis que vimos uma barraquinha que vendia plaquinhas! Isso mesmo, plaquinhas, por R$10,00. Não era tão caro e já vinha com o canetão! Compramos uma e nela escrevemos "Abraços Grátis" (depois tentamos vender nossa amiga também, mas isso já é outra história), não demorou muito para filas formarem e outras pessoas aparecerem com plaquinhas iguais a nossa! Foi aí que o evento começou de verdade – pelo menos pra gente! Entre muitos abraços, um menino voltou pra fila. Tudo bem ué, nos abraçamos de novo e continuamos a perambular pelo evento.  Mas aí, “trombamos” novamente com o mesmo menino, mas que diabos... Dei outro abraço nele e quando ele estava indo embora, fiz questão de perguntar se ele não ia abraçar minhas amigas também! Mas oras, isso ficava cada vez mais estranho. Quando ele chegou para o quarto abraço, foi a gota d’água. Não que o abraço dele não fosse bom, por que era bom. Mas convenhamos, estávamos em um evento de anime, um menino moreno de andar no sol mesmo, não muito alto – o suficiente para ser mais alto do que eu  –sorriso enorme no rosto, olhos azuis era perfeito! Se ele não estivesse usando uma toquinha do Pedobear. Porém, dessa vez ele parou para conversar, prazer, Venera. Venera? Ah, ele era aqueles meninos populares que são chamados pelo sobrenome, ótimo.  Como ele ficou de papo, muito papo por sinal, com a minha amiga, segui meu caminho rumo aos docinhos (sim, de novo). Não tardamos ao ir embora do evento naquele sábado e domingo voltamos ainda mais animadas! E com a plaquinha de abraços. Tudo bem, veio um menino alto, moreno de andar no sol, sorriso enorme, olhos azuis me abraçar. Abracei ué. Mas ele ficou parado na minha frente e eu não tive pra onde ir. Até que ele perguntou “Você não se lembra de mim, não é?” e eu bem sincera “Não”, ele suspirou, puxou a mochila e colocou a toquinha. Ah. Lembrei-me.  Pelo menos ele pediu meu MSN! Apesar de ter escrito meu sobrenome no e-mail errado, tive que pedir pra ele arrumar. Isso aconteceu em setembro de 2010. Pode não ter sentido na hora, nem por algum tempo depois. Eu me apaixonei por outra pessoa, assim como ele. Mas quase um ano depois, final de 2011, voltamos a nos falar. E a história, que aconteceu no verão de verdade, fomos nós comemorando um ano de namoro no final de dezembro de 2012. E sabe? Nossa história não tem como ser melhor.


Segunda finalista: Julia G

Sempre gostei de verões. Desde pequena, o sol despertava em mim uma vontade de viver como poucas outras coisas. E a cada verão eu me sentia mais viva. Todos os anos, passava a melhor época do ano em uma velha casa de praia bem próxima ao mar, e ir caminhar na areia sozinha nunca foi grande novidade ou dificuldade. Aos dez anos, eu e uma prima minha conhecemos alguns garotos, que descobrimos "veranear" a duas casas da nossa.  Era aquele primeiro contato com o sexo oposto que realmente desperta, no fundo, aquele sentimento de ser mulher. Um deles se destacou: de pele morena, sorriso fácil e olhos claros que se destacavam naquele rosto debochado. Não havia malícia ali, mas algo começava a florescer. Três verões depois, dividindo brincadeiras e discussões típicas da idade, uma balinha me foi entregue, com aquelas mensagens escritas no papel: “ama-me ou deixa-me”. Era a forma tímida de declarar o que se sentia. E só então percebi que era recíproco. E como quando do primeiro amor, o medo e a felicidade se misturavam.  Faltava a fome, perdia o sono, e desconhecia a maneira de agir. Dois meses de olhares e sorrisos; já não era mais tão fácil ficar perto, até que, à beira mar, o primeiro beijo. Um único, longo e doce beijo. Mas era o fim do verão e aquela casa próxima à nossa ficou vazia. Não vivíamos ainda a era da informação, então simplesmente acabou... até o verão seguinte.


Terceira finalista: Gabriela Gomes

Acho que história de verão mais marcante, foi aquela em que eu me descobri. Nem toda história de verão é feliz, nem todo amor de verão dura pra sempre, mas tem coisas que você carrega consigo por toda a vida. Nunca vou esquecer do verão em que eu me sentia perdida, logo depois da separação dos meus pais. Em que eu me sentia sozinha em uma sala lotada, que não sabia meu lugar no mundo e não reconhecia mais quem via no espelho. Até que tudo foi demais, até que eu olhei pra dentro e pensei "Não, essa não sou eu. Mas... quem eu sou?". E parti para descobrir isso. Cansei de ter medo do que iam pensar, cansei de ligar pras gordurinhas a mais, cansei de esperar o príncipe encantado. Larguei tudo e fui atrás do que eu, Gabriela, sempre quis. De todos os sonhos e vontades que eu tive medo de perseguir até ali. Cortei o cabelão, que batia na cintura, chanel; Descolori todo o cabelo que sobrou e pintei de rosa-shocking; Fiz um piercing no nariz; Troquei as roupas largas por saias de babados bem curtas, aquelas que disseram que eu não podia usar por causa do quadril largo; joguei a balança pela janela e picotei todas as revistas de moda que tentavam me dizer o que eu podia ou não vestir; troquei as rasteirinhas pelos maiores saltos que encontrei, uma dádiva concedida à todas as baixinhas, podemos usar e abusar deles e todos os caras ainda são mais altos que nós. Nesse verão, eu encontrei alguém mais que especial, alguém que, sem dúvida, vai me acompanhar por toda a minha vida. Eu me encontrei.


Vocês devem estar se perguntando: Jessie você não falou sobre como eu voto na minha história favorita, como eu faço? Muito simples! Deixe um comentário neste post com o nome da sua autora favorita \o/ maaaaaas só vale um voto por pessoa (as autoras podem votar em si mesmas, claro!)

Bom, meninas vocês já podem fazer suas respectivas campanhas nas redes sociais: twitter, facebook, skoob, blog (vale até orkut nessas horas hahahaha). Desejo boa sorte para todas as três e parabéns, as histórias estavam realmente lindas!

LEMBRANDO: VOTAÇÃO VÁLIDA ATÉ DIA 13/03

Até o próximo post...
Beijinhos
 

30 comentários:

  1. Yeeeees! Sou finalista. :D
    Voto em mim, claro: Julia G

    Obrigada pela oportunidade meninas.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito de duas histórias e fiquei muito na dúvida em qual votar. Mas assim como a Gabriela, um dia eu também me descobri. Então meu voto vai para a História de Verão da Terceira finalista: Gabriela Gomes... ^_^

    ResponderExcluir
  3. aii, difícil eiim!
    mas meu voto vai para: Amanda Carolina Fabeni :D

    ResponderExcluir
  4. yay, sou uma das finalistas!
    Lindas histórias, mas meu voto vai pra mim, Gabriela Gomes ;P

    ResponderExcluir
  5. Puxa, bem difícil escolher, pois as três são ótimas.
    Mas meu voto vai para Amanda Carolina Fabeni :)

    ResponderExcluir
  6. Voto na Julia G.
    Achei lindo os abraços grátis da Amanda e gosto muito da idéia de auto-conhecimento, mas a Julia me conquista com a simplicidade e inocência que só o primeiro amor pode trazer...

    ResponderExcluir
  7. Voto na Julia G, legal esse concurso

    bjos

    ResponderExcluir
  8. Meu voto vai para Gabriela Gomes.
    Adoro mudanças, e odeio o normal!
    Quem disse que histórias de verão precisa ser um amor com o sexo oposto. Nada melhor que o amor pessoal
    GABRIELA GOMES (:

    OBS.: cabelo pink <3

    luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oinn, fiquei tão triste em não ter participado. Infelizmente não consegui pensar em nada para escrever, olha que idiota eu!! Porque depois que li as histórias simplesmente lembrei que foi no verão de 2005 que conheci meu marido e uma forma muito curiosa.. isso com certeza também daria uma boa história.. kkk (marido, me perdoe, esqueci da nossa história.. tenho bloqueios para escrever quando "quero" ou "preciso" escrever algo.. kkk).

    Anyway.. vamos ao voto. Adorei os 3 textos, mas meu voto vai para:
    Primeira finalista: Amanda Carolina Fabeni

    Beijos e parabéns a todas que participaram.

    Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  10. Nossa, é realmente bem difícil escolher. Mas apesar de gostar muito de todas, meu voto vai para a Julia G!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Amei todos os textos, vocês escrevem muito bem, parabéns.
    Mas como tem que ser escolhido só um, meu voto vai para Júlia G, como falei no blog dela, me deu um gostinho de lembrança boa de tempos bem vividos, deu saudades de umas coisas também, enfim, boa sorte pra todas e beijão!

    http://beletrismos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Vou votar na Julia G. mas amei os outros textos, bjs!

    ResponderExcluir
  13. Todos os textos são ótimos, muito difícil escolher.
    Mas meu voto vai pra Julia G.
    Bjo

    ResponderExcluir
  14. A ideia do concurso é legal. Mas esta coisa da autora votar em si mesma é estranho hehehe
    Meu voto é pra Segunda finalista: Julia G (gostei muito do que ela escreveu) e sinceramente eu não gostei das outras histórias.

    ResponderExcluir
  15. Essa foi uma ótima proposta de concurso. Não tive a oportunidade de participar, mas quero deixar o meu voto para a Julia G.

    clandestina-a-bordo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá! Meu voto vai para a Julia G. Gostei mais do texto dela, mas os demais são muito bons também.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Boa noite,

    Todos textos são bem escritos, mas irei votar no da Julia G...parabéns pelo blog também....abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Adorei as três histórias, a meninas se sairam muito bem. Mas eu escolho a segunda da Júlia G.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  19. Julia G sem sombra de dúvida!
    Livros em Série #06
    Confere lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
  20. Julia G com certeza! com um texto pequeno e simples ela conseguiu passar uma inocência, um romantismo, sei lá... fiquei sem palavras! Ficou muito fofo!Entre os três é o mais bem escrito. :)

    ResponderExcluir
  21. Todos os textos ficaram maravilhosos, mas meu voto vai para a Julia G, a segunda finalista :D
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  22. Todas as meninas estão de parabéns, mas votarei no texto da Julia G. Foi como disseram anteriormente: ela colocou sentimentos lindos em poucas palavras.
    Arrasou!

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  23. Oi!
    Gostei MUITO do texto da Julia G.
    Enfim, torcendo por ela. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  24. Voto na Julia G, apesar dos três textos estarem realmente muito legais. Parabéns pela ideia do concurso e pela seleção, meninas!

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  25. Oiii, tudo bem??
    Gostei muito dos três textos, mas meu voto vai pra Júlia G ;)
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  26. Textos super bacana!!
    Meu voto vai pra Julia G.!!

    ResponderExcluir
  27. As histórias foram muito lindas, parabéns meninas!
    Mas o meu voto vai para a Gabriela Gomes.
    Boa sorte a todas!

    Beijos,
    http://viciadas-em-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Voto na Julia G, achei história dela meiga e apaixonante.

    Beijinhos,
    ficcaoporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  29. Que difícil meninas, todas nos contaram histórias deliciosas de se ler, cada uma deixou uma imagem em minha mente, porém, meu voto pode ser apenas de uma, então eu voto na Julia G.

    Beijos e boa sorte para todas!
    http://miirandah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir