Métrica - Slammed #1 - Colleen Hoover

Sinopse

O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Eu comecei esse livro na segunda-feira porque estou um tanto doentinha e não de ficar na frente da TV quando estou assim (a menos que seja para assistir filme, mas estou cansada dos meus) e o livro Métrica chegou para mim justamente nesta situação. Eu estava bastante curiosa sobre ele, mas achei que seria como os outros New Adults que li, legal mas só isso. Não poderia estar mais enganada.

Layken acaba de passar por uma grande perda: alguns meses atrás seu pai faleceu, ele teve um infarto e, subitamente, ela acabara perdendo não só a figura paterna, mas também um amigo, um herói. Isso tudo já seria muito, mas agora ela tem que se mudar para o outro lado do país, para a cidadezinha de Ypsilant que fica nos arredores de Detroit, porque sua família está falida.

Ao chegar lá, Kel, seu irmãozinho de apenas nove anos, acaba fazendo amizade logo de cara com Caulder, um vizinho. A questão toda é que Caulder possui um irmão mais velho (e que irmão!), Will Cooper. Ao conhecê-lo algo acontece com Lake, ela pode ver um "algo a mais nele" que a faz se sentir diferente em sua presença. Dois dias depois ele a chama para sair e nesse encontro Will apresenta a Layken o slam, um tipo diferente de apresentação de poesia que os autores apresentam em uma espécie de competição.



— Lake — diz ele baixinho, enquanto contorna meu pulso, indo até os dedos com um movimento fluido. — Não sei o que você tem... mas gosto de você.

Tudo isso maravilha a jovem e ela descobre que a vida em Michigan pode não ser a pior das coisas que lhe aconteceu nos últimos tempos, isso até ela ir para a escola e descobrir que Will deve ser o Sr. Cooper para ela, seu professor. As chances de eles terem um relacionamento depois disso são tão baixas que ela se recusa a acreditar, mas depois de ele contar que é o tutor de Caulder porque seus pais morreram quando tinha apenas 19 anos elas passam a ser nulas. Como poderia pedir que ele abdicasse do irmão por ela quando ela mesma nem sonharia em fazer o mesmo por ele (ou qualquer outra pessoa)?


Em meio a esse tumulto de emoções ela conhece a fantástica Eddie, que acaba se tornando uma melhor amiga (sim, Eddie é uma garota!) que nunca teve, e o namorado dela Gavin. Ambos muito divertidos e totalmente loucos. Ahh e também temos Nick, um quase-pretendente que ela na verdade usou foi para fazer ciúme em Will durante algumas aulas. Não tem um ditado que diz que coisas ruins sempre atraem coisas ruins? Pois é, Lake está prestes a ver sua vida virar de cabeça para baixo de novo, como passar por uma segunda reviravolta tão drástica?


Eu estive procurando por um livro que me fizesse refletir como este fez durante muito tempo, para falar a verdade, com essa coisa de ler muitos YA's que abordam o sobrenatural eu estava sentindo falta de um livro que me abordasse coisas mais reais, mais palpáveis. Nada de anjos sentimentais, vampiros sexys, drama de lobisomens ou qualquer coisa assim, Métrica traz em seu enredo uma situação pela qual todos nós podemos passar. Não foi só isso que me encantou na leitura, a forma como a autora aborda a morte de forma natural, mas nunca mórbida faz desta uma leitura especial.



— Will? O que está fazendo aqui?
Ele retribui meu abraço apenas por um segundo antes de segurar meus pulsos e tirar meus braços de seu pescoço.

— Lake — diz ele, balançando a cabeça. — Onde... O que está fazendo aqui?
Eu suspiro e enfio o horário no peito dele.
— Estou tentando achar essa aula idiota, mas me perdi — digo, choramingando. — Me ajude!
Ele dá outro passo para trás, encostando-se na parede. 

Por outro lado, Colleen (será que a genialidade está no nome?) traz para gente um romance construído página após página, há a atração em um primeiro momento, o sentimento que surge entre Will e Lake só acontece porque eles convivem diariamente e durante meses. Durante todo esse tempo eles tentam se afastar, correr da atração, mas a medida que eles se conhecem melhor por causa da amizade entre Kel e Caulder ela vai se transformando. Sempre falo que é disso que sinto falta na maioria dos livros que leio, não consigo aceitar essa história romântica de "amor à primeira vista", pode haver atração (como é o caso), mas amor se constrói ou não com o convívio diário, depois de conhecer qualidades e defeitos do companheiro.


Eu realmente preciso falar com vocês sobre Eddie, uma das minhas personagens favoritas, a garota é completamente insana e muito divertida. Mas o que realmente gosto sobre ela é que pelo fato de ter um passado terrível ele não a tornou uma pessoa amarga, Hoover soube fazer uma personagem com medidas certas de fidelidade, carisma, loucura e sarcasmo, com certeza ela será uma das suas personagens favoritas. E o que dizer de Kel? O garotinho me conquistou! Todo mundo sabe que tenho uma irmã mais nova? Pois bem, eu tenho, então durante certas passagens realmente conseguia vê-la no livro. Ele também é uma personagem super carismática e vai lhe render algumas lágrimas!


Por falar em lágrimas... Foi impossível ler Métrica e não chorar, em certa parte as lágrimas caiam tão desesperadamente um amigo que está aqui em casa (supostamente para cuidar de mim...) veio correndo para saber o que havia de errado comigo. Acabou que ele ficou comigo para terminar o livro (fazemos isso desde crianças!) e chorou até mais que eu!



Um milhão, cinquenta e um mil e
duzentos minutos.
É mais ou menos a quantidade de minutos
que amo você,
É a quantidade de minutos que
pensei em você,
A quantidade de minutos que me
preocupei com você
A quantidade de minutos que agradecia a
Deus por você
A quantidade de minutos que agradeci a
todas as divindades do

Universo por você (...)

— Poema escrito por Gavin para Eddie.

Preciso comentar que desde que vi a capa do livro fiquei encantada por ele, ao ler a sinopse sabia que ia gostar, mas não imaginei que pudesse amar o livro da forma como aconteceu, demorei menos de doze horas para terminá-lo e prevejo uma ressaca literária chegando para mim. A parte interna do livro é muito fofa, cada capítulo começa com a citação de uma música da banda The Avett Brothers, uma banda muito pouco conhecida mas que teve grande influência sobre Hoover e, consequentemente seus protagonistas. Fora isso a diagramação é simples o que só deixa o livro ainda mais bonito.


Há duas coisas que não posso esquecer jamais de comentar. A primeira delas é que com o slam, Métrica nos mostra um lado da poesia (presente de forma massiva no livro) não é essa coisa "engessada" que muitos aprenderam durante a escola, a poesia tem muito mais a ver com os nossos sentimentos e com o que queremos passar e mostrar da nossa alma para outras pessoas. A segunda é que ao invés de ficar reclamando sobre a pouca sorte que assola a nossa vida devemos reconhecer que ainda há alguma sorte e sermos gratos por ela.


Não me entendam mal, não estou falando que este é um livro de autoajuda, mas é uma leitura carregada de sentimentalismos e com situações tão terrivelmente reais que abrem muitas janelas para reflexão. Logo de cara posso falar do nome do livro! Ao ler "métrica" logo nos vem a matemática à cabeça, não é? Mas na literatura, especialmente na poesia, é o jeito como o intérprete apresenta aquele poema que decorou de uma forma diferente, com uma entonação especial, quase como uma mágica. Nós brasileiros temos algo perto do slam, o Cordel.



— Will? — sussurro. — Eu vou esperar por você... até me formar.
Ele solta o ar e fecha os olhos, alisando a parte de trás da minha mão com o polegar.
— É muito tempo Lake. Muita coisa pode acontecer em um ano. — Com a palma da mão consigo sentir sua pulsação acelerando.

Acredito que já deixei claro o que essa leitura significou para mim, espero ter conseguido fazer alguém se interessar por essa obra maravilhosa. Gostaria de falar com alguém que já leu o livro, mas acredito que número seja bastante reduzido uma vez que ainda é um lançamento recente. O que posso dizer? Mal posso esperar pelo próximo volume.


Classificação final:


51 comentários:

  1. Estou ficando cada vez mais curiosa com esse livro, resenha atrás de resenha, só vejo gente elogiando/falando bem! A princípio parece uma história comum, chatinha, mas não é bem isso. Ainda não li, mas quero muito. Gosto bastante de livros emocionantes, que nos fazem chorar e refletir. Dá até impressão que faz uma limpeza na alma, né? A gente fica mexido por um tempo...Gosto quando isso acontece; a única parte ruim é a ressaca que vem depois =/

    ResponderExcluir
  2. Nossa Jessie, não tinha ideia de que o livro fosse assim, fosse tão bom. Amei sua resenha. Fiquei louca de vontade de lê-lo. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Jessie!
    Em primeiro lugar: você já melhorou do resfriado? Espero que sim! =)
    Menina, a sua resenha me deixou tão empolgada...tão empolgada...que eu não sei se vou na loja comprar o livro ou se compro pelo Kobo pra poder ler mais rápido. Sério, eu juro que não esperava absolutamente nada desse livro até ler cada palavra carinhosa que você usou para descrever o quanto a história mexeu com você. Preciso de uma leitura exatamente assim!
    Espero que você não fique com uma ressaca literária e encontre muitos livros maravilhosos no mesmo nível deste.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua resenha, minha vontade de ler este livro só aumentou. Estou naqueles fase que preciso de livros que trazem uma mensagem, que despertem sentimentos que seja mais que apenas uma leitura para passar o tempo.

    http://www.profanofeminino.com/

    ResponderExcluir
  5. Sua resenha me deixou mais empolgada ainda, odo mundo lendo, várias resenhas e eu aqui morrendo de vontade de ler, mas a falta de tempo impedindo e tal. Amei sua resenha, apesar de ter feito minha vontade só aumentar rs

    http://utopiaincessante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. gemeeeeeeeeeeeeea kkkk li esse livro em ingles no me contive tive que ler ele e demorei em menos de 12 horas tambem, esse livro é perfeito vale todas as 5 estrelas de olhos fechados

    ResponderExcluir
  7. Estou vendo muitas pessoas fazendo ótimos comentários sobre o livro, são tantas criticas positiva, que tenho lê-lo para conferir!

    ResponderExcluir
  8. Conseguiu sim, me interessei muito pela obra, mesmo não sendo a primeira resenha a ler, a cada uma que vejo tenho mais certeza que vou adorar a leitura, estou um pouco cansado de só ler YA's sobrenaturais, gosto de "coisas palpáveis" também. Espero ler Métrica, ansiedade define.

    bjs

    ResponderExcluir
  9. gosto de livros que me fazem chorar! ontem terminei de ler Como eu era antes de você e chorei horrores!!!
    não intendi esse negocio de Slam ai ;x
    terá continuação??? não sabia! :O
    gosto de livros assim, mais "reais", e não daqueles cheios de seres sobrenaturais...
    parece mesmo ser um livro muito emocionante, e acho que a capa não retrata tudo o que o livro aparenta ser! mas sei lá, talvez eu leia o livro e intenda melhor sobre isso :P

    ResponderExcluir
  10. Ownnn!

    Amanda,


    O livro parece ser muito emocionante para ser descrito em palavras neh?
    Preciso comentar que desde que vi a capa do livro fiquei encantada por ele, ao ler a sinopse tive a certeza que ia gostar.
    Os personagens que foram descritos parecem bem legais.
    Acredito que é uma história triste, bela, forte, avassaladora, encantadora e linda. Acredito que ela mexe com nosso maiores medos e com todos os nossos sentimentos.
    Parece ser uma leitura carregada de sentimentalismos e com situações tão terrivelmente reais que abrem muitas janelas para reflexão.
    Adoro livros carregados de romance e sei que com esse não vai ser diferente.
    Adorei a resenha! Rápida e objetiva
    Bjus

    ResponderExcluir
  11. Jessie meu bem, assim que fiquei sabendo que esse livro era um New Adult - e foi em um post aqui - eu fiquei realmente encantado. Primeiro, porque é quase impossível você achar um NA que não tenha como capa algo sexy ou que apele para a sexualidade. E eu acho isso tão pouco criativo e tão forçado, que mesmo sem ler nada do gênero já fiquei saturado.
    Eis então que você nos apresenta um livro que envolve amor, poesia, família e tudo isso de uma forma que parece bem interessante. Sua resenha só me fez ver o quanto Métrica parece se destacar entre os NA, e eu já estou querendo ler, de verdade. Já vou adicionar lá no skoob *-*

    Elder Koldney

    ResponderExcluir
  12. Rayme Então Rayme eu deixei um pouco confuso sobre o slam, né? É assim, a pessoa escreve a poesia e se apresenta em uma competição e recebe notas, mas não é só o poema que conta, tem também a interpretação, a performance. Será que ficou mais claro?

    ResponderExcluir
  13. Desde que vi a capa sou louca para ler o livro! Não sabia da história e fiquei bem interessanda *-*
    Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  14. Deve ser muito legal mesmo esse livro. Depois que vi em um canal literário o marcador com uma chave fiquei bastante interessado. A Galera Record normalmente capricha nos livros deles :)

    ResponderExcluir
  15. Estrear com estilo não é pra qualquer um, e esse livro pelo visto esbanja maravilhosidade capa afora! Adorei essa trama, vai virar favorita com certeza pelo que vi aqui. é bem feita, tem romance, tem química, tem tudo, pelo menos pelo que entendi..
    E aaah, as lágrimas. Quem não gosta de ler um livro e se debulhar chorando não sabe o que é uma experiencia literária daquelas! Desejado demais.

    ResponderExcluir
  16. Lá fora esse livro é o queridinho do momento, e por isso estou muuuuuuuuito curiosa e ansiosa para lê-lo!
    Adorei sua resenha, sério, fiquei com mais vontade..

    ResponderExcluir
  17. Mds Jessie, se eu não ganhar esse livro no sorteio, você vai ter que me emprestar! hahahahahaha. Adoro esse tipo de romance meio que "impossível", sabe? Sempre rendem boas histórias, se bem escritas, claro. Não pude deixar de me apaixonar pelo jeito que você o descreveu. Caramba, tô curiosa!

    ResponderExcluir
  18. Ei Jessie, que resenha. Enorme, mas li até o fim. Amei ^^
    Eu vi pelo Skoob que este livro estava em lançamento aqui no Brasil, e bem, com certeza vai demorar pra que possa ler o livro, mas depois de sua resenha, fiquei com muita vontade de ler.
    Espero que essa oportunidade chegue logo. Aaah, eu adoro essa melhores amigas dos livros, acho que na minha vida não encontro muitas como as dos livros, e tem autores que criam personagens tão bem que dá muito gosto de ler.

    Beijinhos
    Carinho das Palavras

    ResponderExcluir
  19. Uau..eu tinha certeza pela capa que era um livro erotico..nem sei porque pensei, mas achei rs.
    E fico muiiito feliz em saber que é um romance..eu sei NEw adult..mas é um romance, e achei muito fofo, e aluna/professor la nos EUA é complicado aqui nos sabemos que rola tranquilamente..
    Quero muito ler, ja foi para o começo da minha lista, e um livro que trz um sorriso e lagrimas, tudo de bom, so espero que o sorriso seja na parte final...que medo.
    beijos.

    ResponderExcluir
  20. Muito ansiosa para ler este livro, a historia parece ser super interessante, não
    tinha dado muito atenção para o livro antes, mas depois de ler varias resenhas
    falando maravilhas do livro me deixou curiosa, além de apresentar poesias que adoro.

    ResponderExcluir
  21. Resenha tão linda quanto o livro. Estou in love.

    Beijos
    @_RayPereira
    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Já estava super empolgada para ler este livro depois que li o primeiro capítulo agora depois dessa resenha (que me deixou mais desesperada ainda) estou roendo as unhas que me restam e contando os segundos para o meu livro chegar logo….

    ResponderExcluir
  23. O livro é completamente diferente do que eu imaginei! Assim que vi a a capa e título, não gostei. Muito menos quando descobri ser de poesia, mas depois da resenha e me aprofundar na história fiquei com muita vontade de ler!

    ResponderExcluir
  24. querendo muuuuuuuuuuito ler esse livro, ainda mais depois da sua resenha! adorei...

    ResponderExcluir
  25. gostei muito da sua resenha e o livro parece ser bom quero ler ^^

    ResponderExcluir
  26. Terminei de ler esse livro ontem e ainda estou pensando nele. Na verdade, principalmente no final, quando Lake percebe as graças que têm em sua vida e a chance que lhe foi dada em poder aproveitar os últimos momentos com sua mãe. Quando ela fala sobre a Eddie e sua alegria e força tb fiquei emocionada.
    Igual a você, também chorei como uma criancinha!

    ResponderExcluir
  27. Terminei de ler esse livro ontem e ainda estou pensando nele. Na verdade, principalmente no final, quando Lake percebe as graças que têm em sua vida e a chance que lhe foi dada em poder aproveitar os últimos momentos com sua mãe. Quando ela fala sobre a Eddie e sua alegria e força tb fiquei emocionada.
    Igual a você, também chorei como uma criancinha!

    ResponderExcluir
  28. Estou com muuuuita vontade de ler esse livro *oo*

    ResponderExcluir
  29. Aw, que história fofa e triste, mas sem anda daquilo de melancolia só porque é algo mais "pé no chão" e sim mais perspicaz. Percebi que os personagens iram me cativar e instigar a leitura, pois nada melhor quando eles te envolvem sem o menor esforço e você simplesmente se deixa levar. Espero ler em breve!

    ResponderExcluir
  30. Eu li e amei... devorei o livro em um dia !!!

    ResponderExcluir
  31. Pela empolgação da sua resenha, minha vontade de ler este livro triplicou.
    Adoro livros que trazem uma mensagem. Espero que eu consiga ler ele logo o/.
    bjs!

    vivendoentrepalavras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Só leio bons comentários sobre esse livro! E a sua resenha me fez ficar ainda mais ansiosa por ele! EU PRECISO DESTE LIVRO!!!

    ResponderExcluir
  33. Olá!
    Eu concordo com você que esses "new adults" sobrenaturais cansam um pouco, eu prefiro muito mais uma história que chegue mais perto da nossa realidade e pelo que você descreveu Métrica é assim.
    Gosto de livros que mexam com o leitor, a ponto de se emocionar e chorar, gosto de sentir isso nas leituras, e quero muito ler pra saber o que vou achar!
    Beijos ;)

    ResponderExcluir
  34. Quando eu fico muito interessada em um livro eu começo a ler várias resenhas para ver a opinião da galera, até agora só vi resenhas positivas, o que acabou me deixando mais animada com a leitura.

    Beijokas da Mylloka :*
    Blog da Mylloka

    ResponderExcluir
  35. Amei! Quero muito ler ele. Que capa linda!

    ResponderExcluir
  36. Fiquei empolgada em ler o livro, adoro livros que surpreendem e tocam a gente.

    ResponderExcluir
  37. Esse livro parece ser muito bom. Sua resenha foi perfeita, muito curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  38. Nossa!, você passa tanta sensibilidade nessa resenha. Fiquei muito comovida só ao lê-la. Que linda!
    Já li outras resenhas sobre esse livro, mas essa me comoveu.

    ResponderExcluir
  39. Amei sua resenha! Completa! Agora fiquei tão pertiho do livro, compreendi bem o alvoroço dos leitores por esse livro! Eu quero ler tb!
    Adoro um drama real, daqueles que acontecem de verdade, estão perto de mim e de você. Que me emocione e tenha personagens envolventes. Que mostre o lado bom e ruim das situações, das escolhas, que a vida não é fácil, mas as amizades podem tornar os problemas mais leves e suportáveis.
    Essa leitura está nos meus desejados, com certeza!

    ResponderExcluir
  40. Nossa, você realmente me deixou extremamente interessada nesse livro! Eu já estava curiosa sobre ele, mas a sua resenha me deixou muito intrigada. Eu realmente não sabia que Métrica iria ter continuação, curioso. Métrica estava na minha lista de "talvez" pra comprar na Bienal, mas agora já entrou na lista de "comprar"..rs.

    ;***

    ResponderExcluir
  41. Simplesmente empolgada com este livro!
    Ja estava na minha lista , mas depois dessa resenha foi pro topo haha!
    Muito linda a resenha e amo livros que nos façam chorar

    ResponderExcluir
  42. Eu quero muito ler esse livro e só lendo a resenha pra isso por que achei a capa bem feinha por ela não tinha dado bola pro livro, gostei muito de tudo que escreveu , gosto de livros sobre algum sofrimentos e romances então prato cheio pra mim.
    Bem curiosa com a história da Angie e sobre as poesias.


    ResponderExcluir
  43. Achei que a historia seria muito diferente, o titulo talvez proponha algo menos sentimental, pelo menos para mim. Mas gostei da proposta, da historia de como as coisas são contadas, finalmente me interessei pelo livro. Bjksss

    ResponderExcluir
  44. Eu fiquei meio perdida com o título, não me vinha nada à mente, até que comecei a ler algumas resenhas e percebi a ligação com poesia. Fazia uma ideia totalmente diferente da história, mas pelo que você disse tem muita coisa e tudo regado a sentimento e poesia. Parabéns pela resenha tão completa!

    ResponderExcluir
  45. Tanta gente falando bem desse livro, ai tanta gente falando mal, meu Deus, não sei o que pensar... Acho que vou ter que dar uma chance né, pra ver o que EU vou achar, hahhahaha
    Adorei sua resenha *--*

    Beijo

    ResponderExcluir
  46. Maravilhoso esse livro!! estava tão triste com fim!! mas já sei que deram só um "PAUSA" !!! Doida para ler a Pausa!!

    ResponderExcluir
  47. Maravilhoso esse livro!! estava tão triste com fim!! mas já sei que deram só um "PAUSA" !!! Doida para ler a Pausa!!

    ResponderExcluir
  48. Fiquei muito empolgada pra ler este livro depois da resenha.
    Comprei ele e deixei de lado pois vi que muitas pessoas o comparavam com o livro Belo Desastre que eu detestei.
    Mas pelo que você escreveu vi que é totalmente diferente do que dizem por aí e espero ler em breve. Ótima resenha!

    ResponderExcluir