O Oceano no Fim do Caminho - Neil Gaiman


Sinopse: Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem. Quando os tempos ficaram difíceis e os pais decidiram que o quarto do alto da escada, que antes era dele, passaria a receber hóspedes. Ele só tinha sete anos. Um dos inquilinos foi o minerador de opala. O homem que certa noite roubou o carro da família e, ali dentro, parado num caminho deserto, cometeu suicídio. O homem cujo ato desesperado despertou forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas, inclusive os do menino.
O Oceano no Fim do Caminho foi o segundo livro do Neil Gaiman que li. Minha primeira experiência com o autor foi com o livro Stardust – O Mistério da Estrela. E, quando o li aconteceu uma coisa que raramente acontece, gostei mais do filme Stardust que do livro. Mas não me entendam mal, não é que eu não tenha gostado do livro, mas a forma como a história foi abordada no filme me cativou mais. Mas ainda assim tinha vontade de conhecer outros livros do autor, então li O Oceano no Fim do Caminho.

Comecei a leitura desse livro sem saber praticamente nada da história. Quando li o título e vi a capa pela primeira vez tive a impressão de que não teria um mundo mágico incluído, pensei que seria um livro com personagens reais envolvidos em situações comuns, mas eu não poderia estar mais enganada. Mas posso dizer que foi delicioso ir descobrindo essa história na medida em que virava as páginas.

O livro conta a história, ou melhor, as lembranças de um garoto — sim, um garoto, pois não sabemos o nome dele. Quando a história começa alguns anos se passaram e ele já é um homem de meia-idade, mas ele precisa voltar à cidade em que passou a sua infância para um funeral. E, sem entender muito bem o motivo ele entra no carro e parte em direção à rua onde está a casa em que viveu dos 7 aos 12 anos.

Ele passa por sua antiga casa e continua descendo a rua, pois, no final dela está a fazenda das Hempstock. Chegando lá ele senta em um banco em frente ao lago — lago que a Lettie Hempstock dizia ser o oceano — localizado nos fundos da fazenda. E é assim que mergulhamos nas lembranças do nosso narrador para descobrir acontecimentos um tanto bizarros da sua infância.

As memórias da infância às vezes são encobertas e obscurecidas pelo que vem depois, como brinquedos antigos esquecidos no fundo do armário abarrotado de um adulto, mas nunca se perdem por completo. Página 14

O livro é narrado em primeira pessoa pelo garoto. Ele tem sete anos de idade, então, apesar de ser um livro adulto do Neil Gaiman, ele tem uma narrativa fácil e fluida. O fato de o livro ser narrado por uma criança dá a narrativa aquele toque de inocência e pureza de alguém que ainda está descobrindo o mundo.

O garoto é um grande leitor e diversas vezes ele fala sobre os livros. Em alguns momentos em que ele está com medo, inseguro, se sentindo sozinho ele pega um livro e o lê. Ele tem os livros como companhia, como um refúgio. E eu acho que muita gente vai se identificar com isso.

Livros eram mais confiáveis que pessoas, de qualquer forma. Página 18

É difícil falar sobre a história desse livro com clareza, porque ele é um livro meio “sem noção”, mas não interpretem isso como sendo algo ruim, porque não é. É um livro meio louco, mas é muito bom. Enquanto eu lia, eu não conseguia imaginar aonde a história iria me levar. As coisas vão acontecendo e não dá pra ter muita noção do porquê de tudo. Mas essa falta de clareza nos acontecimentos é compreensível, afinal, são lembranças de quando ele era criança, então talvez por isso o livro tenha esse tom mais obscuro.

Eu gostei muito desse livro, mas acabei tirando uma estrela porque eu gostaria que algumas coisas tivessem sido mais trabalhadas, mais exploradas. Como eu disse anteriormente eu entendi essa “falta de clareza” na história, mas algumas coisas ficam tão no ar que é difícil até cogitar. É difícil até bolar teorias sobre alguns fatos que não ficam muito bem explicados.

Mas é um ótimo livro. Conseguiu me deixar tensa em alguns momentos. Eu ficava apreensiva e tinha medo de virar as páginas por temer que alguma coisa acontecesse com o garoto ou com a Lettie. Conseguiu me deixar triste porque as últimas páginas são de cortar o coração. E apesar da apreensão que eu senti em alguns momentos, o livro tem uma atmosfera gostosa. Tem toda essa pureza da infância e a amizade do garoto com a Lettie é linda.

Eu sei que apesar de ter escrito vários parágrafos para essa resenha, eu acabei não falando muito sobre a história, mas acreditem em mim. É melhor assim. A magia desse livro é ir descobrindo as coisas aos poucos.


:: Resenha em vídeo ::

Classificação final: 




Livro: O Oceano no Fim do Caminho
Autor: Neil Gaiman
Editora: Intrínseca
Páginas: 208
Tradução: Renata Pettengill

28 comentários:

  1. Haha, agora estou louca pra ler esse livro :)
    Amei a resenha!
    Poliana
    http://www.vicioempaginas.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Acho esse livro perfeito demais. Foi o primeiro que li do Neil e simplesmente me apaixonei pela escrita dele. Mas confesso que o que eu mais gostei foi a história toda que tem por trás do livro, o fato dele ser autobiográfico, de ter sido escrito de presente para a Amanda e de conter metáforas lindas que podem nos ensinar muito sobre a vida e sobre as nossas escolhas. Super recomendo. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  3. Neil Gaiman é simplesmente maravilhoso. Ele é meu autor queridinho e morro de ciúmes dos meus livros dele. Ainda não li esse e apesar de não gostar das traduções da Intrínseca vou encarar em amor ao Neil!

    Beijos, @_RayPereira
    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. to lendo ele agora *-*
    to simplesmente encantada com ele
    Boa dica Mandinha ;)

    ResponderExcluir
  5. Eu estou muito curiosa para ler esse livro, mas esse mistério todo em torno do enredo meio que me preocupa, tenho medo de ser algo muito sem noção e acabar não gostando da história, rsrs.
    B-jussss! ♥

    ResponderExcluir
  6. Já li dois livros do Neil, Coisas Frágeis 1 e 2, e não tenho como explicar o quanto eu amo esses livros. Acho que, apesar de não conhecer muito bem as obras desse autor, posso dizer que gosto da maneira como ele escreve e aborda os temas... Não sei o porquê, mas acho que vou acabar gostando muito desse livro. Já está na minha lista de desejados do Skoob há séculos! HUAEHUAHEUAHEAE

    ResponderExcluir
  7. oi flor
    Quando li a sinopse desse livro pela primeira vez, não me interessei nenhum minuto por esse livro. Confesso que somente a capa me chamou muita atenção.
    Nunca li nada de Neil Gaiman, mas acredito que ele acertou no tema porque nós sempre temos memórias de infância. Temos também aquilo que lembramos e nos perguntamos se de fato aconteceu. Parece que a história tem detalhes mágicos e personagens interessantes.
    Agora preciso ler sobre esse Oceano.
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Sempre fico com um pé atrás quando se trata de Neil Gaiman. Não curto muito esse alarde em torno dele. Mas acho que se eu fosse ler algo dele, seria O Oceano no Fim do Caminho (ou Coisas Frágeis).

    Muito boa a resenha. E o vídeo da Amanda <3 #fã
    Beijos
    Jackson,
    http://connectquatro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Quero muito ler! A resenha está muito boa. A capa do livro é espetacular!!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Quero muito ler! A resenha está ótima. E a capa do livro é sensacional...

    ResponderExcluir
  11. Estou morrendo de vontade de ler esse livro, já li algumas páginas enquanto namorava ele na livraria e a vontade só aumentou! Muito boa a resenha, me deixando ainda mais curioso sobre o livro e a história do menino! Beijo

    ResponderExcluir
  12. Aumentou ainda mais a curiosidade... Parabéns pela Resenha...

    ResponderExcluir
  13. Olá Amanda, eu vi a sua vídeo resenha e gostei muito dela, me deixou curiosa, esse livro sempre aparece no meu caminho em todo blog que entro, mas nunca me chamou a atenção, tenho interesse em ler Neil Gaiman principalmente Stardust que já li uma coisinha aqui e outra ali, pareceu realmente que o livro é meio vago e não gosto muito disso em livro nenhum, mas vou dar um chance, parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  14. Neil Gaiman tem essa qualidade de sempre criar histórias meio nebulosas. Nada é muito certo. Achei boa a resenha e quero muito ler!

    Luciana

    ResponderExcluir
  15. As resenhas desse livro só faz aumentar minha ansiedade e curiosidade pra ler esse livro. Amei sua resenha pois ela deixa no ar a curiosidade pra saber mais da estória. Não vejo a hora de conseguir ler esse livro. ^^

    ResponderExcluir
  16. Quero muito ler esse livro, todos que o leram estão falando bem dele, e a marioria dos blogs estão comentando ele, participando da promo *-*

    ResponderExcluir
  17. Ainda não li nada de Neil Gaiman apesar de ter o livro Lugar Nenhum e vi alguns filmes baseados em suas obras. quero muito começar a ler estão todos falando muito desse livro, que retrata em algum ponto a propria vida do aitor gostaria de saber qual foi, quero muito ler pra tentar decobrir.

    ResponderExcluir
  18. Eu amei o livro. É muito bom! Uma escrita bem simples pra uma história tão complexa e que fica aberta a tantas interpretações. Acho incrível a maneira como o Neil Gaiman escreve seus livros. Sou super fã dele!

    ResponderExcluir
  19. Agora estou morrendo de vontade de comprar o livro! haha
    Parece ser bom, apesar de como você mesma disse "ser meio sem noção". Mas mesmo assim sua resenha me fez ficar querendo ele!
    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Adorei a resenha,fiquei ansiosa para ler esse livro.

    ResponderExcluir
  21. Ótima resenha! Já tenho um marcador dele, agora só falta o livro, que parece ser muito bom... :)

    ResponderExcluir
  22. ótima Resenha, quero muito este livro! *-*

    ResponderExcluir
  23. Terminei de ler o livro a pouco. Achei melhor do que Deuses Americanos. A narrativa dO Oceano é simples e tocante. A mitologia de Gaiman é fantástica e, pra mim, inexplicável. Recomendo muito!!

    ResponderExcluir
  24. acompanho o sua rede social primeiro porque gosto das suas resenhas, depois voce posta citações com o numero da pagina muito bem .. a gente fica mais atento com as marcações, poste sempre os números das paginas. obrigada!

    ResponderExcluir