O Julgamento De Gabriel - Gabriel's Inferno #2 - Sylvain Reynard

Sinopse

Eles estão vivendo uma paixão arrebatadora. Mas muitas pessoas são contra esse amor. Gabriel Emerson e Julia Mitchell se conheceram há muito tempo, quando ela ainda era adolescente, numa noite mágica e confusa. Mas, apesar de todo o sentimento que nasceu entre eles, no dia seguinte seus caminhos se separaram. Anos depois eles se reencontraram quando Julia começou o mestrado na Universidade de Toronto. Gabriel era um professor enigmático, sedutor e muito arrogante que a atormentava e perseguia. No entanto, o que mais fazia Julia sofrer era ele não se lembrar dela. Mas nem mesmo o insensível Gabriel é capaz de resistir à profunda conexão que existe entre eles e logo os dois embarcam numa tórrida paixão proibida. Com o fim do semestre e do curso ministrado por Gabriel, eles deixam de ser professor e aluna e enfim estão livres para viver seu amor. Ou pelo menos era o que pensavam. Após uma viagem romântica para a Itália, durante a qual Gabriel ensina a Julia todos os mistérios do prazer e, em troca, aprende com ela o significado do amor verdadeiro, os dois veem seus sonhos ameaçados. Duas denúncias junto ao Comitê Disciplinar da Universidade põem em risco o emprego de Gabriel e a carreira brilhante e promissora de Julia. Será que o professor vai ceder às ameaças ou irá lutar até o fim por sua amada? Será que essa paixão conseguirá resistir a um julgamento implacável? Na apaixonante sequência de “O inferno de Gabriel”, Sylvain Reynard constrói uma bela história de amor, da qual os leitores jamais se esquecerão.

Faz um tempinho que li esse livro e nem ia postar a uma resenha dele aqui no blog, mas mudei de ideia e cá estou eu, trazendo um pouco do que achei do segundo livro dessa trilogia que já me conquistou.

Gabriel e Julia estão juntos na Itália, um país maravilhoso e romântico. Nada mais de problemas para eles dois agora, não há mais empecilhos para a relação que eles tinham no Canadá. Eles não viajam por uma boa parte do país para se conhecerem e acabam desenvolvendo um sentimento ainda mais profundo um pelo outro.

Mas todas as férias acabam e com ela o "conto de fadas" que estavam vivendo. De volta a Toronto eles precisam voltar a se esconder, afinal quem acreditaria que um relacionamento começou assim do nada? Mas o professor Emerson e Julianne não conseguem esconder o relacionamento e o Conselho da Universidade acaba descobrindo sobre os dois, isso acaba fazendo com que eles tenham que separar até que a investigação termine para que possam se proteger mutuamente. 

O problema é que a separação que  Julia acreditou ser apenas momentânea acaba se tornando um pouco mais definitiva. Gabriel decidi que para protegê-la (e proteger a carreira de ambos - principalmente a dela) é melhor que eles fiquem longe até que algumas coisas se acertem (se é que elas irão se ajeitar!), mas eis um outro contratempo aparece: Julia não sabe sobre o plano de seu amado e Paul está sempre por perto e ele está disposto a tentar fazê-la esquecer o professor. Será que o amor dos dois pode passar por mais essa prova.

Nem todo mundo sabe, mas eu me tornei uma grande fã de Sylvain depois de ter lido o primeiro desta trilogia, não é só mais um livro picante os livros são carregados de noções e lições. Mas falando especificamente de O Julgamento de Gabriel agora, esse livro tem uma carga maior de emoção do que o anterior e muitas questões que trazem a tal "carga emocional" que mencionei um pouco antes.

Nesse livro, depois que Gabriel e Julianne se separam ele começa uma viagem para ficar longe dela, evitar a tentação, e acaba entrando em uma busca por virtudes que ele nem acreditava que poderia ter... A viagem acaba transformando a forma como ele se vê e como ele enxerga a vida. O professor Emerson acaba adquirindo algumas das qualidades que só conseguia perceber em sua amada e isso pode acabar deixando a relação deles num futuro mais equilibrada (se eles voltarem...)

Julia por outro lado não me agradou tanto (ôôôô novidade!). O sofrimento dela foi muito intenso e teve o foco do livro durante o tempo que eles não estavam juntos. Realmente achei que ela iria evoluir neste segundo volume, mas acontece que ela permaneceu praticamente igual. Teve também a questão do final deste livro foi tããããããoooo previsível que me irritou. Achei um tanto "piegas" não precisava desse desfecho.

Bem, preciso dizer que gostei muito de como o Paul acabou aparecendo um pouco mais nesse volume, independentemente do que ele sinta, nosso "caipira" mostra que amigos de verdade vão sempre estar ali para te ajudar. Tom (pai da protagonista) faz com que vejamos uma evolução no quesito "evolução" da relação com a filha, provando que a relação entre eles tinha salvação apesar dos pesares.


Sou extremamente suspeita pra falar desses livros porque sou apaixonada por eles, mesmo nesse não tendo tanto foco em Dante e Beatrice (Divina Comédia). A rica pesquisa de Reynard é percebida em cada linha de seu livro rico em detalhes de outras obras e da própria Itália. 

Bem, o próximo livro será lançado em dezembro deste ano e estou bastante curiosa sobre ele, mesmo com os pontos negativos desse livro. Se não me engano a Editora Arqueiro falou que "A Redenção de Gabriel" será publicado no primeiro trimestre do ano que vem. Não tenho certeza. Se for, acho que vou esperar por aqui. 


E para quem leu e se interessou pela obra fiquem atentos porque amanhã entra uma promoção aqui no L&C em parceria com a Arqueiro. Vamos sortear os DOIS LIVROS já lançados aqui no Brasil. Então não percam mais essa super promoção!

Classificação final:

16 comentários:

  1. Assim como o inferno de gabriel, o julgamento de gabriel eu também baixei pela internet em e-book, como eu não tenho dinheiro para comprar o livro tenho que conseguir de algu lugar não é? Só não vou deixar de ler.
    Enfim, estou nas ultimas 80 páginas e amei o desenrolar da estória a Sylvain, senti que sua escrita cresceu mais, que o livro ganhou mais forma, assim como Gabriel se transformou de uma forma que não pareceu tão forçado quanto no primeiro livro. Tudo que começou com um mar de rosas desmoronou no momento certo, no tempo correto para não deixar o leito enjoado apenas com o amorzinho entre eles. Eu adorei esse livro, senti mais firmeza e trabalho nele.

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li esta série, mas tenho muito interesse, ainda mais por ter dividido tanto as opiniões.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Parece-me que é uma trilogia. Ainda não li e pretendo ler. Alguém sabe o nome do terceiro livro? Pois vou ler os três juntos.

    ResponderExcluir
  4. Não tinha lido nada sobre essa trilogia mas já vi comentários que tem alguma coisa a ver com o livro o Inferno de Dante.

    ResponderExcluir
  5. Amanda
    Eu fiquei bem interessada no primeiro volume pelo fato de ter a referência à historia de Dante e Beatriz, e lendo a sinopse de O julgamento de Gabriel pude observar que a trama fugiu um pouco dessa temática, o que posso está enganada. De qualquer forma, o meu interesse pela trilogia já é o mesmo. Provavelmente é uma trilogia que irei ler.
    Ótima Resenha
    Bjus

    ResponderExcluir
  6. Quero muitooo!! Participando do sorteio *----*

    ResponderExcluir
  7. O bom é que se viaja junto com os personagens! Itália! *-*

    Beijos!
    www.livrosqueinspiram.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li O Inferno de Gabriel, mas pelo jeito, O Julgamento de Gabriel tem umas reviravoltas mas não deixa cair o tom da história, que deu a impressão de continuar com um bom ritmo. É uma trilogia que pretendo ler, acho que tem fatos que o diferenciam dos outros eróticos que temos por aí.

    ResponderExcluir
  9. To no comecinho de O Inferno de Gabriel, então não li a resenha por medo de achar spoiler... sei lá, sou paranoica com isso hahahahaha Depois volto aqui pra dizer o que achei.

    ResponderExcluir
  10. Como ja disse estou mega afim de ler esse livro, essa autora pra mim é muito boa. Ainda vou ler esses livros!


    xx

    ResponderExcluir
  11. Esse livro também parece ser ótimo assim como o primeiro da série, estou doida pra ler!

    ResponderExcluir
  12. Amei a sua resenha, não foi tão longa quanto a primeira, mas o que reparei e só vou poder confirmar depois é que o primeiro livro, foi bem melhor do que esse o julgamento, mesmo tendo questões de evolução nas emoções por parte de Gabriel, mas Julia nossa, a mesma babaca...rsrsrrss mas ainda estou curiosa para ler...Que venha redenção...
    :D

    ResponderExcluir
  13. Não sei, mas tenho a impressão de que iria gostar mais do primeiro volume. Algo que me chamou atenção nessa continuação, foi o fato de se passar em um país que gosto muito, Itália. Gosto bastante das capas dessa trilogia, são muito bonitas.

    umadosemaisforte.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Estou lendo este livro, estou nas últimas 30 páginas. Gostei mais deste do que do primeiro volume. Não o classifico como um livro erótico, porque é o que todos achavam porque o primeiro volume foi lançado na época da febre de 50 tons. É um livro romântico e sedutor e não há quem se apaixone por Gabriel, um homem inconstante mas muito atraente. Recomendo e a resenha está ótima! E que venha logo o lançamento da Redenção!

    ResponderExcluir