Como eu era antes de você - Jojo Moyes

Conformismo. Palavra perigosa. Você gostaria de viver sempre na mesmice? Simplesmente aceitando sua rotina. Sem projetos, sem pretensões, sem expectativas de mudança, de melhora? Acredito que muitos — quero acreditar que todos — responderam um alto e sonoro não. Pode ser que vivamos conformados sem perceber. Apenas aceitando os fatos diários e, nem ao mesmo percebendo a diferença de uma segunda-feira para uma terça, quarta... Mas quando chega o domingo sentimos falta de algo. É aquele dia vazio, sem graça, que se arrasta. Isso mostra o quanto podemos estar presos a certos hábitos.

Usar os dias da semana foi só um exemplo — talvez falho — de mostrar que a vida está passando diante dos nossos olhos. Que um dia livre vira um dia vazio. Que sem a rotina ficamos apenas esperando o ponteiro do relógio dar mais uma e mais uma e mais outra volta. Talvez a gente caia na rotina por não prestar atenção na nossa própria vida. Por não buscar nada além, por não arriscar. Outros podem estar presos a ela por circunstâncias alheias a sua vontade. Nesse livro iremos conhecer a história de dois personagens que se enquadram nessas características (ou se enquadravam). 

Louisa Clarck — ou Lou — tem 26 anos, tem um namorado — Patrick — que parece muito mais interessado em seus projetos de corrida que em qualquer outra coisa, eles não parecem ter muito em comum e isso não parece incomodar a nenhum dos dois, trabalha como garçonete em um café e mora na casa dos pais. Enquanto Will tem 35 anos e, antes de sofrer um acidente que o deixou preso a uma cadeira de rodas, ele era bem sucedido em sua carreira, gostava de viajar e praticar esportes. 

Quando o café em que Lou trabalhava fecha as portas ela começa a procurar outro emprego. Ela vai até uma agência e nada lhe parece muito apropriado. Mas ela acaba aceitando o emprego para ser cuidadora de Will. O relacionamento dos dois não é fácil no começo. Depois do acidente, Will não vê mais graça na vida. Ele detesta a sua atual condição e direciona grosserias a qualquer pessoa de seu convívio. Ficou amargo com o sentimento de estar vivendo sem propósito. 

Não foram poucas as vezes em que Lou desejou abandonar o emprego. Por não saber lidar com a indiferença e grosseria de Will. Mas ela persiste e, com o tempo, a convivência entre eles vai ficando mais fácil, mais agradável. Antes eles apenas se suportavam, Lou fazia o seu trabalho e ponto final, mas depois a relação ali existente vai muito além de trabalho, pois existe um real interesse na vida do outro. 

Como o título do livro nos diz — Como eu era antes de você — mostra como é possível que façamos a diferença na vida de outra pessoa. Pode ser utópica a ideia de fazer a diferença no mundo, mas mudar algo na vida de pessoas próximas a você é algo possível. Soa brega, muito, eu sei, mas que mal há nisso? Basta acreditar que é verdade e estar disposto a realizar tal mudança. É brega? Que seja! Que eu, você, nós usemos meia calça de abelhinha — se leu o livro entendeu a piada —, se isso quer dizer que tentamos mudar a vida do outro e que permitimos que o outro nos mude também. Então, sim, por favor, que sejamos bregas. Lou e Will, duas pessoas que não tinham aparentemente nada em comum. Duas vidas que não pareciam ter a menor possibilidade de se cruzarem, mas aconteceu. E não foi em vão. Cada um interferiu na vida do outro como tinha de interferir.

Sinto que fui superficial e talvez confusa ao falar da história. Mas a mensagem que o livro transmitiu para mim foi essa: como uma pessoa pode aparecer na nossa vida por acaso e proporcionar muitas mudanças, mesmo que, talvez, a princípio, a gente não queira deixar que ninguém interfira na nossa rotina. Que mude algo que estamos acostumados e que consideramos adequado. E acima de tudo, a importância de saber aceitar que, por mais que o outro permita que entremos em sua vida, o que nós podemos fazer é lhe apresentar novas opções, novas perspectivas, dar apoio, incentivo... mas a decisão real, o que fazer, como agir, só cabe a cada um de nós.





Livro: Como eu era antes de você
Autora: Jojo Moyes
Tradutora: Beatriz Horta
Editora: Intrínseca
Páginas: 320

PS: a história do livro lembra — um pouco — o filme Intocáveis {2011}. Que aliás, é um excelente filme, recomendo! E o epílogo do livro, anh... *spoiler* tem um 'q' de P.S. eu te amo {2007}.

* não sei se isso seria, propriamente um spoiler, mas por via das dúvidas deixei o aviso. | se você leu o livro e viu ao filme diga se concorda comigo! ;)

35 comentários:

  1. Pode ser que a resenha saia confusa para aqueles que não conhecem a história, mas para mim foi perfeita! O livro realmente passa essa ideia de mudança a todo momento - o título é o primeiro a não deixar você esquecer do propósito do livro.
    Esse foi um livro que mexeu comigo profundamente! Creio que como qualquer pessoa que leu o livro, eu não gostei do fim e chorei muito muito muito.. mas dizer que todas as atitudes foram perfeitamente compreensíveis seria mentira. Isso foi o que me emocionou, era tudo muito humano!
    Essa autora tem um dom que vou dizer.. sempre me abala! haha

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser repleto de lições de vida e de uma carga emotiva muito grande. Nunca li nada da autora e agora que estão lançando muitos livros dela, esse em especial me despertou a atenção.
    Gosto da ideia (que seja brega, isso faz bem para nossa vida!) de que outras pessoas podem influenciar a vida de outras. Isso é simplesmente real, acontece a todo momento. Desde a nossa criação (nossos pais nos transmitem valores, certo?) até nossas amizades e amores. Nós aprendemos com as quedas e com o convívio, e isso só ocorre se tem, pelo menos, duas pessoas e um contexto. Quando há um fluxo de ideias. E é bem bonita essa perspectiva da vida :)
    Adorei seu post. Achei que não foi superficial, pelo contrário. Me expôs características do livro suficientes para querer lê-lo.
    Beijos!
    Mell Ferraz
    http://www.literature-se.com/

    ResponderExcluir
  3. Um dos livros mais tristes do ano! Fiquei extremamente angustiada com essa leitura, e ainda não concordo com o que o Will fez - é difícil, eu sei, mas não se justifica, sabe? De qualquer forma, legal ver sua perspectiva sobre a mudança na vida dos outros. O que seria de nós sem nossos semelhantes?

    Clara
    @mmundodetinta
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. li este livro inicio do ano, e achei ele incrível! a mensagem que ele transmite é bela demais...
    adorei a forma como você transmitiu as suas visões e sentimentos do livro em sua resenha. me fez ficar com uma imensa vontade de ler o livro novamente :P
    as vezes Will me deixou bem irritada, mas as atitudes dele são totalmente compreensíveis na situação que ele se encontra.

    ResponderExcluir
  5. Esse livro parece bem interessante. Algumas amigas leram e gostaram bastante.
    A questão do conformismo é muito complexa, pelo menos para mim. Eu acredito que a maioria das pessoas acham que não estão conformadas, deixando a vida levá-las, mas que na verdade são poucos os que tentam se redescobrir a todo novo dia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Ainda não havia ouvido falar deste livro, mas ele parece ser bem interessante! A mensagem que o livro passa parece muito legal e nos faz pensar, quero ler! :D

    Beijos,
    Rafa Mello-Eu + Livros
    www.eumaislivros.com.br

    ResponderExcluir
  7. Amanda, adorei sua resenha, mais focada nas coisas que o livro te transmitiu do que em personagens/enredo, porque afinal, é isso o que é mais importante nos livros, não?

    Eu já ouvi de várias pessoas diferentes que Como eu era antes de você é uma ótima leitura, muito bonita e emocionante, e tenho bastante curiosidade de ler. Quando li a descrição lembrei na hora de Intocáveis também, que é um filme que eu amei. Depois que der conta de pelo menos parte da pilha de livros não lidos que tenho aqui em casa, vou ler esse.

    ResponderExcluir
  8. Amanda, esse livro está na minha lista de livros faz teeeempo! Já li várias resenhas sobre ele, e cada vez que eu leio me apaixono mais. Só pelo fato de você expor o que o livro te transmitiu, é algo diferente e 'novo' levando em consideração as resenhas que ando lendo. Minha curiosidade para lê-lo está cada vez maior rs

    ResponderExcluir
  9. Resenha muito boa, e o livro parece ter uma história interessante e cativante. Abraço, Amanda.

    ResponderExcluir
  10. Há muuuito tempo eu quero ler esse livro, as pessoas sempre falam muito bem dele e, ao usar suas palavras para descrever a estória, fui cativada ainda mais e a ansiedade para fazer essa leitura agora é ainda maior. Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Eu quero muito ler algo da Jojo, os livros dela parecem ser fofos e muito bom.

    Beijos,
    Mands - Outbreaks.

    ResponderExcluir
  12. Tudo que digo desse livro é que é uma história impactante, na qual a autora despeja uma questão polêmica, a qual não posso escrever aqui, por ser spoiler. Então, acredito que sua resenha foi o livro! Ele passa isso sim, mas sinceramente fiquei um tanto indignada. Mas, não posso falar com o quê também. Mas, fiquei.

    ResponderExcluir
  13. Já é a segunda resenha que vejo desse livro e cada vez mais me dá vontade de lê-lo...

    ResponderExcluir
  14. Ainda não li este livro, mas todas as resenhas que eu leio eu desejo mais ainda tê-lo. haha Parece ser uma história linda, e com lições. Ótima resenha! :)

    ResponderExcluir
  15. Esse livro já está adicionado na minha lista de livros desejados :)

    ResponderExcluir
  16. Adorei a resenha! Faz um tempo já que quero lê-lo e ler resenhas sobre ele só aumenta minha curiosidade! :3

    ResponderExcluir
  17. Adorei a resenha! Quanto mais leio sobre esse livro mas desejo lê-lo, haha. :3

    ResponderExcluir
  18. Com certeza vou adicioná-lo ao skoob, adorei a resenha! Bjs, feliz natal!

    ResponderExcluir
  19. Gosto de romances e este me parece cheio de sensibilidade e emoção... Está na minha lista de desejados. Já li muitos comentários positivos. Fazer a diferença, fiquei pensando nisso e como adorei o filme "os intocáveis", só a menção ao filme já me deixou com uma vontade louca de ler.

    ResponderExcluir
  20. Adoro esta autora e depois da sua resenha, fiquei mais ansiosa para ler este livro. Ele parece muito lindo mesmo, está super na minha lista de desejados ♥ Beijos!

    Chel Lima
    http://corujando.org

    ResponderExcluir
  21. Adorei a resenha! A proposta do livro é linda, acho que todas as pessoas acabam "esbarrando" em outras em algum momento, e mudam a direção da sua vida, se tornam pessoas diferentes. Pessoas fazem mais diferença na nossa vida que coisas, dinheiro, momentos. Já quero ler o livro.


    Mallú Ferreira
    semclichesporfavor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Eu amei este livro...foi um dos melhores livros que li este ano!

    Gostei muito de sua resenha!

    ResponderExcluir
  23. Esse foi um dos livros que mais me emocionou em 2013, uma leitura fantástica! Recomendo mto =]

    ResponderExcluir
  24. Não precisei chegar ao finalzinho, lá no detalhe do " * " para lembrar do filme Intocáveis que me emocionou muito, rss, pelos comentários que publico nas resenhas da até impressão de que sou chorona. Mas não, é porque eu busco algo que mexa comigo, e é muito raro, kk e quando acontece tenho que expor :3 (enfim) então assim que comecei a ler a resenha já gostei e a sinopse me chamou bastante atenção (o que a capa não fez). Acho a capa bem afeminada, - NÃO QUE ISSO SEJA PROBLEMA - mas geralmente livros com esses títulos assim um pouco melancólicos, carentes, geralmente abordam um romance meloso e tal e não sou muito fã de romantismo em livros :$ então não gostei muito da capa e título, mas de repente tem haver com a história :) Enfim, adorei a resenha e acho que vou ver o filme de novo ><' é um filme lindo <3
    Beijinhos, Mandy :)

    ResponderExcluir
  25. Parece ser um livro ótimo! Além da capa linda, sua resenha me deixou bem animada com a história! Estou participando do sorteio *-*

    ResponderExcluir
  26. Parece ser muito bom . Vai pra listinha de desejados :3

    ResponderExcluir
  27. Sua resenha ficou perfeita. Eu que já conheço a história entendi tudinho o que você quis dizer. E pra ser sincera, Como eu era antes de você é bem mais emocionante que A culpa é das estrelas. Minha opinião né. Eu conheci o livro porque minha amiga virtual (que também escreve fanfics comigo) adaptou o livro pra ser uma fanfic Laliter, daí eu me apaixonei e chorei horrores e entrou pra minha lista das melhores histórias que ja li e, claro, está em primeiro lugar. Jojo não coloca apenas a situação de um tetra na nossa frente, mas também nos faz despertar, abrir os olhos pra certas coisas. Tenho certeza que esse livro mudou a vida de muita gente. E parabéns, sua resenha está lindíssima.

    ResponderExcluir
  28. Sua resenha ficou perfeita e o livro é para mim, sem dúvidas, o meu favorito e o melhor de todos que já li. Participando do sorteio *o*

    ResponderExcluir
  29. Este livro já estava na minha lista de desejados há algum tempo. Nunca fui fã de livros de romance, confesso. Porém sempre vejo resenhas positivas e lindas sobre o livro. Desde então a minha vontade de ler só vem aumentando! E meus parabéns, sua resenha está linda. É incrível como esses livros nos emocionam!

    ResponderExcluir
  30. Gostei muito da resenha, não vejo a hora de ler.

    ResponderExcluir
  31. Adorei a resenha! Esse livro com certeza vai estar na minha lista de leitura de 2014.

    ResponderExcluir
  32. Bom, me parece que esse é um ótimo livro. Gosto muito de livros desse tipo, colocarei ele na minha lista de metas leitura de 2014.

    estacaoproblema.blogspot.com

    ResponderExcluir
  33. Você escreve muito bem, gostei da resenha! A capa desse livro sempre me chamou atenção por ser tão linda, meiguinha. Nunca tinha lido sobre a história e agora vi que parece ser muito bonita.
    Aliás, não conhecia esse blog também, fiquei um bom tempo observando o banner lá de cima, que coisa mais linda!! Adorei e pretendo acompanhar. :D
    (my-paperskies.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  34. Amandaaa, que resenha linda!
    Eu já vi essa capa pela blogosfera, porém não lembro de já ter lido alguma resenha a respeito dele.
    E olha, eu sinceramente achei o enredo incrível, através do teu olhar, que foi bastante emocionante. Amei essa resenha, vai entrar na minha lista de futuras leituras, com certeza <3
    Beijocas!
    @pirulitolimao | http://agarotadalivrariia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  35. Bom adorei sua resenha Amanda esta perfeita já tinha lido o livro, gostei bastante da historia é bem emocionante chorei no final, mas não gostei da atitude de Will de ter desistido de viver eu acho que ele deveria ter tentado.

    ResponderExcluir