A Aposta - The Bet #1 - Rachel Van Dyken

Sabe aquele livro que você lê tão rápido que quando percebe ele já acabou e sempre tem aquele gostinho de "quero mais" quando termina a última página? Pois bem, então vocês vão entender que A Aposta é um desses. Estou com uma ressaca literária terrível por causa desse livro.

Kacey é uma jovem que tem que trabalhar como garçonete para poder pagar o resto do seu curso, ela não pode contar com a ajuda de mais ninguém nesse sentido já que seus pais morreram anos antes em um acidente.

Quando seu amigo de infância e ex-namorado surge com uma proposta tentadora de que ela se passe por sua noiva para acabar com a fama de mulherengo que tem, Jake tem que mudar sua imagem para assumir a presidência da renomada empresa de sua família e, na visão dele, quem seria melhor para o papel que a doce Kacey, sua família já a ama e sempre acreditaram que os dois acabariam se casando.

Ele sabia que Kacey adora história de princesas. Ela falava de como as meninas devem ser tratadas como princesas e os meninos devem ser príncipes.
Mas como poderia ser um príncipe se não havia dragões para matar?
Como poderia provar seu valor se não havia monstros?

Do outro lado temos mais um irmão Titus que não é nada parecido com o Jake, para falar a verdade o primogênito é o exato oposto. Não tem nenhum interesse em herdar a empresa, é muito mais simples e nem de longe tão mulherengo. Travis vive uma vida mais calma em seu sítio, de onde comanda seu negócio, sem toda a badalação que poderia ter, principalmente com o dinheiro que a sua família sempre teve e que se multiplicou substancialmente nos últimos anos, ou mesmo a pequena fortuna e ainda assim prefere continuar seu modo simples de viver.

Mas os irmãos tem suas consonâncias também, como estarem apaixonados pela mesma pessoa, sim meus querido leitores: os irmãos são apaixonados pela Kacey desde que eram apenas garotinhos, mas é claro que eles demonstram isso de diferentes formas, enquanto Jake era carinhoso e fazia de tudo para agradar a menina, Travis a irritava e tornava a sua vida um inferno — ela, claro, sempre devolvia o favor.

Depois de aceitar a proposta de Jake ela reencontra as pessoas que não via a alguns anos e tudo sai um pouco do controle, ela tem que lidar com os pais dele já planejando o casamento dos dois e com Travis ajudando a piorar a situação sempre que abre a boca. As complicações não terminam aí, uma amante de Jake chega a cidade e ele não consegue deixar de encontrá-la. Se alguém souber da farsa que criaram ela não poderá voltar para a única família que conhece. 

— Ah, ele costumava ter alguns acidentes e pesadelos, nada sério.
Kacey ficou radiante
— Sério? Bem, tenho certeza de que o coelhinho com quem ele dormia era um enorme consolo nesses momentos difíceis.
— Coelhinho? — Jake e o pai perguntaram ao mesmo tempo.  

O mais atordoante disso tudo é que seus sentimentos também não estão nada normais, ela tem se sentido cada vez mais atraída por Travis, quem ela sempre detestou e que nunca desconfiou que ele nutria um sentimento tão profundo por ela. O fim de semana se complica cada vez mais com a reunião de sua antiga turma e os pais de seu falso noivo acreditando que ela está grávida. Existe uma forma de ela sair dessa história sem se queimar?

Sabe quando você procura um livro leve, mas que não seja bobo? Que te faça dar algumas gargalhadas, mas sem ter aquele humor forçado? É esse o tipo de leitura que você pode esperar ao abrir e mergulhar nas páginas de A Aposta. Ele é leve e você chega a suas páginas finais sem nem perceber e isso te faz querer voltar e ler tudo outra vez.

A autora soube como me envolver no seu enredo, não consegui não me apegar a duas personagens em especial. A vovó Titus, que é uma figura, é ela que vai arrancar muitas risadas durante a leitura! E o Travis, por quem fiquei completamente apaixonada. Apesar de nem todas as personagens entrarem em foco, todas são foram muito bem criadas e de uma forma única acabam contribuindo da forma correta para o desenvolvimento da estória.

— Não. — Kacey sacudiu a cabeça. — Não, você não tem direito de falar. Você tem o direito de ouvir. Tarefa difícil pra você, tenho certa, mas tenta.
Ele fez que sim com a cabeça.
— Se eu estou aqui fazendo esse favor enorme pra você, é melhor você aprender alguma coisa sobre autocontrole. Você não pode ficar por aí dormindo com as suas vagabundas e não querer ser pego. Existem câmeras por toda parte, e um dia desses você vai ser descuidado. Você honestamente pensa que essas garotas se importam com você? Garanto que elas só querem seu dinheiro, seu status e seu corpo gostoso. Se não parar de sorrir desse jeito irônico, vou te dar um tapa na cara.

O livro é um romance sem muitas emoções, é um livro leve, mas absolutamente maravilhoso. Fazia bastante tempo que não ria tanto durante uma leitura. Para vocês terem uma ideia: a minha mãe raramente lê alguma coisa e terminou A Aposta em dois dias, já eu gastei apenas quatro horinhas. Acho que as minhas quatro horas mais divertidas do mês!

A Suma de Letras ainda não se pronunciou sobre o lançamento do próximo livro, que parece ser focado no Jake, e que não necessariamente precisa ser lido, se você não quiser. Esse livro fecha a história completamente. Mas acredito que ninguém vá querer deixar de ler o próximo!


10 comentários:

  1. Ah, o livro não me atraiu tanto... ele parece ser outro romance previsível. Me lembrou um pouco "Belo Desastre", no qual é terrível... não sei se devo dar uma chance a ele. Mas ótima resenha.

    The Lord of Thrones

    ResponderExcluir
  2. Jessi!
    Adoro romances e quando tem um triângulo amoroso, ainda mais.
    Com quem ficará Kacey, Titus ou Travis?
    E a tal aposta quem será que leva?
    Bem curiosa por poder descobrir através da leitura do livro.
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!

    ResponderExcluir
  3. A história parece ser boa e os personagens bem intensos. espero conseguir ler e saber mais desse triângulo amoroso. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Adoro este tipo de enredo e só tenho lido resenhas tão deliciosas quanto a sua sobre este livro! Com certeza entrou para minha wishlist!

    ResponderExcluir
  5. Espero que seja bom, eu gosto de romance clichê e triângulo amoroso então não sei o que pensar das resenhas que tenho lido, mas eu mesmo quero ter a opinião sobre o livro, pelo menos gostei muito da premissa e da capa.

    ResponderExcluir
  6. AAAAH quero muito.
    Sempre gosto cara chato da história, acho que vou acabar gostando desse Travis...

    ResponderExcluir
  7. "CONFESSO QUE NÃO DAVA NADA A ESTE LIVRO QUE ELE NÃO PASSE-SE DE UM TRIÂNGULO AMOROSO BOBO, AFINAL NÃO SOU CHEGADA A ROMANCE, MAIS CONFESSO, A HISTORIA DE TREVIS, KACEY E JAKE, ME SURPREENDEU, NÃO CONSEGUI PARAR DE LER..EU JÁ LI ELE, MAIS LI PELA INTERNET, MAIS GOSTARIA MUITO DE GANHAR ELE, SOU NOVA AQUI NO BLOG E ADOREI A SUA RESENHA ELA DESCREVEU EXATAMENTE COM O LIVRO PARABÉNS

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    Amei a resenha, o livro me chamou bastante a atenção! Deve ser uma leitura bem gostosa e divertida! Não gosto muito de romances clichês, este parece ser diferente, amei! Sou nova aqui, estou adorando tudo, beijos

    ResponderExcluir
  9. Não gosto muito de triângulos amorosos mas este parece ser do tipo "quente", gosto de livros que me façam rir, que tenham situações embaraçosas e engraçadas, este parece ser bem desse jeito, no final da resenha diz que o próximo livro será focado no Jake, então imagino que Kacey ficou com o outro irmão??? É um livro que me desperta muita curiosidade para ler...

    ResponderExcluir