Para Sempre Sua - Crossfire #3 - Sylvia Day

Bom, vamos continuar a nossa conversa sobre a série Crossfire. Hoje vou compartilhar com vocês as minhas impressões sobre o terceiro livro escrito pela Sylvia Day, Para Sempre Sua. Se você quiser saber o que eu achei de Toda Sua e Profundamente Sua é só clicar nos nomes dos livros que você será direcionado para sua respectiva resenha.

É importante que saibam que se não quiserem receber spoiler da série: pule direto pra minha opinião porque esta resenha contém informações dos livros anteriores.

Eva e Gideon passaram por tantas coisas e a última coisa com a qual ela tem que lidar é o fato de que o homem que ama matou alguém por sua causa. A existência de Nathan não é mais um problema, mas também pode mudar absolutamente tudo no relacionamento do casal.

Ela fica em choque, claro, mas acaba decidindo que não consegue ficar sem Gideon e mais uma vez o jovem casal tentará reconstruir o relacionamento que têm. Mesmo ele tendo um álibi, praticamente sólido, qualquer passo em falso pode colocá-lo na mira da polícia, por isso os dois devem permanecer separados aos olhos da mídia.

O maior medo dela não é que ele seja capaz de matar, longe disso, é que ele seja pego e pague pelo crime que cometeu. Gideon fez isso pela amada então ela sente que tem uma grande parcela de culpa pela morte do algoz de sua infância, mas não lamenta que ele esteja morto. 

Como se isso não bastasse eles ainda precisam lidar com ex's de ambos tentando tê-los de volta. Corine não consegue desistir de ter o ex-noivo de volta e irá usar todo tipo de trama para conseguir isso. Brett, ex-namorado de Eva, quer reconquistar a mulher e usa todo o seu charme de badboy-vocalista-sexy em sua missão.

Por outro lado é só o casal se encontrar que as coisas fogem do controle e eles se perdem na intensidade do que sentem um pelo outro. Mas será que o amor que Gideon e Eva sentem um pelo outro pode, não apenas sobreviver, mas mantê-los juntos? E com o que mais eles ainda terão que lutar para finalmente conseguirem viver em paz?

Esse livro realmente me chocou, mas não teve nada a ver com as cenas de sexo. O que me deixou verdadeiramente pasma foi o fato de que, ao contar pra Eva que havia matado Nathan, esta nem pestaneia ao voltar para ele. Entendo que, como ele fez um mal inimaginável para ela no passado, Eva sinta alívio ao saber de sua morte, mas em certa parte há uma cena onde a jovem agradece seu amado por tê-lo matado. Qual o nível de doença desse pessoal?

Bom, além disso nós temos o fato de que há tanta bagunça na vida de Gideon e Eva que ao tentar consertar as coisas eles acabam fazendo mais confusão ainda. Pelo menos as cenas de ciúme que me matavam de raiva nos livros anteriores não estão presentes neste volume da série, o que é uma grande coisa.

Tem outro fator que me irrita muito, Gideon é um dos vinte cinco homens mais ricos do mundo, mas realmente parece que só atende ao telefone e faz algumas ligações, nada de reuniões e está sempre disponível quando solicitado. Além disso o cara é dono de Manhattan inteira! Não tem um só lugar que Eva foi nos últimos livros na cidade que não pertença a ele.

De novo eu fiquei irritada com o fato da Sylvia Day simplesmente jogar o Cary de lado, ele mais parecia uma mobília que às vezes era notada, outras vezes não. Isso porque ele divide um apartamento com a protagonista do livro e é seu melhor amigo. Quem vai entender a cabeça da autora?

Bom, tem pontos positivos também, alguns dramas novos (como se já houvessem poucos!) são trazidos e apresentados pra gente. Além disso ambos os protagonistas sofrem uma mudança bem grande, mas ela é gradual e nenhum deles está nem perto de estar bem e isso faz muito sentido.

Acredito que o fator decisivo para você gostar ou não de Para Sempre Sua seja o fato de como você vê a conduta do Gideon, acredito que esse tenha sido o fator decisivo para que eu não gostasse tanto do final do segundo e do terceiro volume da série Crossfire.







4 comentários:

  1. Oie Jessie!!

    Esse livro me deixou bem dividida, por um lado eu gostei e por outro eu achei muito absurdo, mas a Sylvia escreve muito bem e esse foi o X da questão pra mim, tem essas contradições entre os sentimentos dos dois mas isso chama atenção.

    Beijinhos lindinha
    Bia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia!

      Então, eu fiquei do mesmo jeitinho que você... Os conflitos entre os dois realmente chamam atenção.

      Beijos

      Excluir
  2. Não sei se vou ler essa série não... A Sylvia Day não me atrai muito.
    Beijo! ^_^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Duda <3

      Então eu entendo, só fui ficar interessada nos livros dela esse ano e tem muita gente que não vai ficar nunca, gosto literário né? Obrigada por comentar <3

      Beijos

      Excluir