O Assassinato de Roger Ackroyd - Agatha Christie

Sou uma leitora recente dos livros da Agatha Christie. Tive o meu primeiro contato com uma de suas obras no ano passado, 2014. E comecei com um de seus livros mais elogiados: “E não sobrou nenhum” (ou “O Caso dos dez negrinhos”). Gostei da leitura, porém com algumas ressalvas (se quiser saber mais, já falei sobre ele aqui). Mas ainda assim, soube que procuraria por mais livros da rainha do crime. E que bom que o fiz.

“O assassinato de Roger Ackroyd” foi o terceiro livro da Agatha que li e é o meu favorito até então. E, confesso, fiquei me perguntando se outro livro da autora será capaz de tomar o seu lugar. Sim, eu gostei mesmo dessa leitura. Fui fisgada na primeira página e a sensação de êxtase se manteve do início ao fim. E que final, amigos.


A história acontece em um pacato vilarejo britânico onde todos se conhecem e, fazer suposições sobre a vida dos outros é uma prática mais do que habitual. Porém, alguns acontecimentos recentes acabam dando mais força para os mexericos e trazendo certa emoção — e complicações — para os moradores.

Três mortes misteriosas acontecem — não ao mesmo tempo, mas próximas — e muitos passam a especular. Elas teriam alguma relação?


Hercule Poirot — detetive belga, famoso por sua competência — está passando férias nesse vilarejo e, depois da terceira morte, passa a investigar o caso e tentar descobrir o que aconteceu.

O Poirot tem um ar de superioridade. Ele sempre está um passo à frente de nós, leitores. Ele não chega a ser arrogante, eu não achei. É instigante a forma como ele conduz as investigações e, ao mesmo tempo, dá certa aflição. Porque eu queria também saber o que ele já sabe. Ele samba na nossa cara, sem dó! — Desnecessário, sr. Poirot.

Perto do final, eu tive um vislumbre de quem poderia ser o culpado. Mas eu suspeitava de um... de outro... às vezes de todos. A Agatha construiu uma trama incrível. Todos são suspeitos. Todos tem algo a esconder. Everybody lies. E o Poirot percebe e nos mostra isso de forma magistral na história.


Um desafio tão grande quanto descobrir quem é o culpado dessa história é falar sobre essa história. Porque não quero falar demais e correr o risco de estragar a experiência daqueles que ainda não leram.

Leiam esse livro. Garanto — ousada — que além de terminar a leitura de boca aberta, vai ficar aquela vontade de reler para prestar mais atenção nos detalhes e pistas capazes de indicar quem é o culpado.

Título: O assassinato de Roger Ackroyd
Título Original: The Murder of Roger Ackroyd
Autora: Agatha Christie
Tradução: Renato Rezende
Editora: Globo Livros
Páginas: 312

6 comentários:

  1. Nunca li nada da Agatha Christie. Sempre vejo boas recomendações, mas devido as leituras atrasadas, as vezes fica impossível colocar mais um autor na fila. Tem que ir com prudência.

    O genêro que ela escreve muito me chama a atenção, apesar de tudo, ainda quero ler. Me lembrou um pouco o livro O Chamado do Cuco, quando li, fiquei pensando até a última que deveria ser o culpado que eu acreditava e não o do livro. Ótima Resenha!

    Att,
    http://combopop.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabrihel! Não tem muito tempo que comecei a ler Agatha. O Primeiro livro dela que li foi no ano passado. Com certeza, tem tantos livros... tantos autores, né? Alguns acabam ficando pra depois mesmo. Mas como você se interessa pelo gênero, acredito que vai gostar bastante da autora!
      Eu tenho "O Chamado do Cuco" aqui, mas ainda não li!

      Obrigada! Beijos e boas leituras! :)

      Excluir
  2. Oi querida, até hoje nunca li nada da autora, mas devia, afinal, amo livros policiais. Me remetem à minha infância. E imagina, preciso conhecer o famoso Poirot que todos falam.. hehe Gosto quando o autor consegue nos surpreender e criar uma trama bem amarradinha, e amei a capa desta edição. Valeu pela dica. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi! Leia sim! Como você gosta do gênero, acredito que gostará de conhecer as obras da autora! Hehe, pois é! Dos 3 livros dela que li, esse foi o primeiro em que o Poirot aparece e gostei bastante do personagem!
      Beijos e obrigada pela visita <3 boas leituras!

      Excluir
  3. Tenho um livro da Agatha desde 2013,e ele nunca foi lido. Houve até uma época em que pensei em trocá-lo em algum sebo,mas ultimamente tenho lido tantas resenhas elogiando as obras dessa autora que estou até ficando motivada para ler rsrs.
    Seu blog e o canal são uns amores de tanta fofura.
    Beijoss

    http://livroscafeepoesia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria!
      Ah, recomendo que leia sim o livro dela que já tem aí! Eu não li muitos da autora, mas os que li gostei muito da experiência!
      Obrigada! Fico feliz que tenha gostado do blog!
      Beijos! ^^

      Excluir